Com o objetivo de contribuir para a formação empreendedora dos artistas santoantonienses, o município de Santo Antônio de Jesus (BA), firmou uma parceria com o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) para a execução do projeto piloto LAB BTCA.  A iniciativa visa a formação de dançarinos e tem como tema “O espaço do eu”.  Os participantes serão treinados pelo corpo de bailarinos do BTCA. Os grupos de dança cadastrados na Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Juventude (SCTJ) indicaram seus representantes que terão aulas semanais com certificação pelo BTCA ao final do curso.

O projeto, coordenado pelo diretor de Cultura, Ney Dunningham, é mais uma alternativa da cidade na busca pela reinvenção da cultura diante do cenário pandêmico que afeta o mundo, conforme sinaliza a titular da SCTJ, Silvia Brito. “Seguimos nos reinventando para manter nossa cultura viva em tempos de pandemia. Esta ação – de formação ímpar –, sem dúvida alguma, vai contribuir muito para a formação de nossas dançarinas e dançarinos.”, avalia Brito.

O LAB BTCA existe há mais de uma década com aulas que proporcionam aos participantes a experiência de criação de um produto artístico, incluindo dinâmicas de gestão e produção. Já o BTCA, companhia pública de dança contemporânea fundada em 1981, tem direção artística de Wanderley Meira e se configura como um corpo artístico estável do Teatro Castro Alves (TCA), vinculado à Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e à Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA).

Ascom/ PMSAJ