ARTIGO – Especialista alerta para importância da estimulação precoce de crianças

ARTIGO - Especialista alerta para importância da estimulação precoce de crianças - saude, artigosFoto: Divulgação

Por Bianca Reis – psicóloga 

Todo ser humano precisa de estímulo para se desenvolver, e desde o momento em que um bebezinho nasce ele começa a receber incentivos por meio de tudo o que acontece no mundo à sua volta. Crianças prematuras ou com síndromes e atrasos neuromotores, no entanto, precisam de um trabalho mais direcionado para se desenvolver e alcançar determinados marcos. É aí que entra a estimulação precoce.

De acordo com a psicóloga Bianca Reis, estimulação precoce é um programa de acompanhamento e intervenção de crianças de 0 a 3 anos de idade. Nessa fase, nós temos uma poda neural bastante importante e é nesse período que sinapses são criadas ali e estão sendo desenvolvidas e nos acompanharão pela vida inteira.

Os primeiros anos de vida de uma criança são fundamentais para seu desenvolvimento neurológico — isso porque, nesse período, em especial nos primeiros mil dias, as células cerebrais estão a todo vapor e são capazes de realizar centenas de novas conexões a cada segundo.  As sinapses cerebrais criadas nesse período formam estruturas que influenciarão no funcionamento do cérebro e na capacidade de aprendizado do indivíduo por toda a vida — e elas são geradas a partir de estímulos. (mais…)

Enem: confira dicas de alimentação antes da prova, para aliviar o estresse

Enem: confira dicas de alimentação antes da prova, para aliviar o estresse - saudeImagem Ilustrativa de Pexels por Pixabay

A poucos dias do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que será em 13 e 20 de novembro, o estresse dos estudantes aumenta e sintomas como dor de cabeça, insônia e ansiedade se tornam ainda mais frequentes. Além de cuidar do aspecto mental para ter um bom desempenho, é fundamental ter uma alimentação adequada, a fim de evitar qualquer mal-estar, antes e durante a prova.

O nutricionista e professor do curso de Nutrição da Unic Beira Rio, Wesley Santana, explica que, em momentos de tensão, o suprimento de glicose no organismo se esgota mais rapidamente, por isso é importante se alimentar de forma equilibrada, considerando tanto a quantidade como a qualidade.

“Sem sombra de dúvida esse não é um período para extrapolar nas refeições. Além de alimentos que fermentam, como repolho e feijão, que podem provocar flatulências e desconforto intestinal; bebida alcoólica, comida com excesso de gordura e açúcar podem bagunçar o funcionamento do organismo e provocar a queda do rendimento do estudante no ato da avaliação. A alimentação leve e balanceada ajuda a manter o equilíbrio e tranquilidade na hora da prova também”, pontua.

(mais…)

Já é lei dispensa da autorização de cônjuge para realização de vasectomia e laqueadura, e redução da idade mínima para o procedimento

Já é lei dispensa da autorização de cônjuge para realização de vasectomia e laqueadura, e redução da idade mínima para o procedimento - saude, artigosFoto: Divulgação

Por Dr. Jailton Campos – urologista

Sancionada em 2 de setembro, a nova legislação, que entra em vigor em 180 dias, alterou a lei de 1996 que trata do planejamento familiar a fim de reduzir a idade mínima anterior, que era de 25 anos, para homens e mulheres. Fica mantido que quem tem ao menos dois filhos vivos também já pode realizar os procedimentos de planejamento familiar.

Para o urologista Dr. Jailton Campos, trata-se de um “avanço” que possibilita mais liberdade a homens e mulheres.

“Vejo com um avanço, tendo em vista que muitas pessoas sofrem uma imposição do cônjuge sobre a questão de ter ou não mais filhos. Agora, a própria pessoa tem autonomia para decidir isso e, esta redução da idade mínima também é uma grande vitória para aqueles que desejam realizar o procedimento e tinham que esperar mais tempo”, afirma o urologista.

Dr. Jailton lembra que a opção por uma laqueadura ou vasectomia é acompanhada por especialistas, que garantirão que o paciente esteja de que deseja realizar o procedimento.

“É importante ressaltar, que entre a data que alguém define que quer fazer isso até a data da cirurgia tem um período de 60 dias. Esse período foi inserido na legislação para que aconteça todo acompanhamento médico e psicológico, para que a pessoa tenha tempo de definir se realmente quer fazer esse procedimento” acrescentou o especialista.

(mais…)

Com estoque crítico, Hemoba faz apelo por doação de sangue

Com estoque crítico, Hemoba faz apelo por doação de sangue - saudeFoto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Com estoque crítico agravado por desabastecimento durante os feriados de outubro, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) faz apelo por doação de sangue, com o objetivo de suprir as necessidades dos hospitais do estado. As transfusões são indicadas em casos em que as pessoas sofrem lesões graves, se submetem a cirurgia ou fazem tratamento contra câncer ou outras doenças, a exemplo da anemia falciforme. Na Bahia, a Hemoba conta com 27 unidades fixas de coletas, sendo seis na capital e 21 no interior.

Em Salvador, o Hemocentro Coordenador, na Av. Vasco da Gama, recebe os doadores de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h30. Nos shoppings Salvador e Salvador Norte, o atendimento ocorre de segunda a sábado, das 9h às 18h; nos hospitais do Subúrbio e Ana Nery, a doação ocorre de segunda a sexta, das 7h30 às 16h30. Já no Hospital Irmã Dulce, a coleta funciona de segunda a sexta-, das 7h10 às 11h30 e das 13h às 16h. Os horários de atendimento no interior do estado estão disponíveis no site http://hemoba.ba.gov.br/.

Para doar é preciso ter entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. Os doadores também devem apresentar um documento original com foto, estar com o peso acima de 50 kg, bem de saúde, descansados e alimentados, ter evitado alimentos gordurosos algumas horas antes da doação, não fumar por pelo menos duas horas e não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes.

Bahia.Ba

Saiba mais sobre práticas alimentares erradas antes de dormir

Saiba mais sobre práticas alimentares erradas antes de dormir - saude, artigosImagem de raulrodriguez_861 do Pixabay

Por Ruth Lima – nutricionista

Muitos fatores podem levar a uma noite de sono ruim. Uma das razões principais é a forma como uma pessoa se alimenta antes de deitar para descansar. Algumas refeições podem atrapalhar a qualidade do sono e devem ser evitadas por quem deseja dormir mais e melhor, além de atingir um sono profundo.

É importante entender que a última refeição deve corresponder a um percentual de 5% a 10% do total de calorias totais que você precisa. “Alimentos ou refeições que ultrapassem essa quantidade de energia devem ser evitados. Além disso, alimentos que, em sua composição, contenham substâncias excitatórias, como cafeína, também devem ser evitados”, esclarece a professora do curso de Nutrição do UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Salvador, Ruth Lima.

A nutricionista explica também que o horário da última refeição do dia também interfere no sono. “O ideal é sempre se alimentar 3h após o jantar. Por exemplo, se uma pessoa janta às 18h, 21h deve ser o horário da sua última refeição. Se ela janta às 19h, sua última refeição deve ser às 22h”, destaca. (mais…)

Estudo alerta que fumar perto de filhos aumenta chance de asma em futuros netos

Estudo alerta que fumar perto de filhos aumenta chance de asma em futuros netos - saude, artigosFoto: Divulgação | Editada pelo Tribuna do Recôncavo

Por Dr. Clay Brites –  pediatra e neurologista infantil

Infelizmente ainda é um hábito comum adultos fumarem perto de seus filhos. Um novo estudo, publicado na revista científica European Respiratory Journal, mostrou que ser fumante passivo traz riscos não só para a criança, mas também para as futuras gerações.

Pesquisadores de instituições da Austrália, Sri Lanka, Reino Unido e Noruega descobriram que a exposição ao cigarro durante a infância e adolescência pode afetar a próxima geração, aumentando as chances de desenvolverem asma. De acordo com o trabalho, crianças cujo pai foi exposto recorrentemente à fumaça do cigarro durante a infância têm um risco 59% maior de desenvolver quadros de asma não alérgica.

A asma é uma doença inflamatória crônica do pulmão, mais especificamente dos brônquios e bronquíolos, e de difícil tratamento. Depende para uma boa evolução da criança, um engajamento grande dos pais no tratamento medicamentoso, mas também no tratamento preventivo e nos cuidados que essa criança precisa ter a todo momento na vida. (mais…)

ARTIGO – A obesidade feminina e as consequências na saúde ginecológica

ARTIGO - A obesidade feminina e as consequências na saúde ginecológica - saude, artigosImagem de Anja-#orar pela ucrânia# #mãos que ajudam#pare a guerra from Pixabay

Por Cristina Laguna Benetti – ginecologista

O Dia Nacional de Prevenção da Obesidade foi celebrado em 11 de outubro, com intuito de alertar sobre os diversos riscos que a doença apresenta e conscientizar sobre a importância do cuidado com o corpo para prevenção.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade é um dos problemas de saúde mais graves hoje em dia. No ano de 2025, a estimativa é de que 2,3 bilhões de adultos ao redor do mundo estejam acima do peso e 700 milhões de pessoas com obesidade.

Estar atento à obesidade feminina é essencial, visto os malefícios que ela pode causar para a fertilidade e a saúde da mulher. De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNE), o sobrepeso atinge mais as mulheres: 62,6% estão obesas ou com excesso de peso, enquanto entre os homens o problema alcança 57,5%.

A ginecologista e presidente da Comissão Nacional Especializada em Ginecologia Endócrina da Federação Brasileira de Ginecologia Obstetrícia (Febrasgo), Cristina Laguna Benetti, explica porque essa doença é mais frequente com público feminino. (mais…)

Prevenção da trombose baseada em evidências de coágulos sanguíneos

Prevenção da trombose baseada em evidências de coágulos sanguíneos - saudeImagem de Selina Toonen do Pixabay

Preze de outubro é o Dia Mundial da Trombose, efeméride que integra a campanha de conscientização global liderada pela Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia (ISTH) para conscientizar as condições causadas pela trombose. Também conhecida como coágulos sanguíneos ou trombos, a doença é responsável por uma em cada quatro mortes em todo o mundo, segundo a própria ISTH.

Em sua nona edição e com o tema “Olhos Abertos à Trombose”, a campanha deste ano dedica-se a divulgar os sintomas e fatores de risco de coágulos sanguíneos com a ajuda de mais de 3 mil organizações parceiras em todo o mundo, que organizam mais de 10 mil ações de conscientização ao redor do planeta. A campanha global deste ano compartilha histórias pessoais de pacientes e sobreviventes que sofreram tromboembolismo venoso (TEV), com risco de vida, para destacar a prevalência dessa condição muitas vezes negligenciada.

Os coágulos sanguíneos são a causa subjacente de ataques cardíacos, derrames isquêmicos e tromboembolismo venoso (TEV), os três principais assassinos cardiovasculares. O TEV ocorre quando um ou mais coágulos sanguíneos se formam em uma veia profunda, mais frequentemente na perna (trombose venosa profunda, TVP), e podem viajar na corrente sanguínea e se alojar nos pulmões (uma condição conhecida como embolia pulmonar, EP). (mais…)

ARTIGO – Você costuma roer unhas? Veja como isso pode danificar os seus dentes e como parar com esse hábito

ARTIGO - Você costuma roer unhas? Veja como isso pode danificar os seus dentes e como parar com esse hábito - saudeImagem de Jana D do Pixabay

Por Paulo Zahr – dentista

Roer as unhas pode ter várias razões, como questões emocionais, estresse, raiva ou preocupação com algo específico. Com o passar do tempo esse ato se torna um hábito automático que pode trazer vários problemas para a saúde bucal. Mas, então, como parar?

Antes disso, é necessário entender como ele afeta a saúde. O cirurgião dentista, fundador e presidente da OdontoCompany, maior rede de clínicas odontológicas do mundo, Paulo Zahr explica os principais problemas causados pela prática.

Desgaste dos dentes- Ao roer as unhas, é feita uma pressão repetitiva e contínua sobre os dentes, o que provoca o desgaste do esmalte e aumenta a possibilidade de ocorrer pequenas fraturas ou fissuras, deixando-os mais sujeitos à formação de cáries e sensibilidade. Além disso, essa pressão pode causar problemas de alinhamento da arcada dentária. (mais…)

ARTIGO – 80% das mulheres sobrevivem ao câncer de mama, mas podem se tornar inférteis com o tratamento

ARTIGO - 80% das mulheres sobrevivem ao câncer de mama, mas podem se tornar inférteis com o tratamento - saude, artigosFoto: Divulgação | Editada pelo Tribuna do Recôncavo

Por Tirza Ramos – médica ginecologista

Receber o diagnóstico de câncer de mama é uma situação muito difícil para qualquer mulher. E quando ela está em idade reprodutiva e ainda não teve a oportunidade de ser mãe, a condição ainda é mais traumática. O problema é que cada vez mais mulheres jovens têm sido afetadas pelo câncer de mama. Felizmente, a taxa de sobrevida é em torno de 80% em cinco anos. Por isso, é tão importante o papel de um especialista para avaliar a repercussão nos âmbitos da autoestima, sexualidade e, também, da fertilidade.

Os números de cura crescem graças aos avanços da medicina, mas nem estes avanços foram suficientes para assegurar que a quimioterapia e a radioterapia – tratamentos mais comuns para pacientes oncológicas – não sejam tão agressivos ao sistema reprodutor. Entre os efeitos colaterais de um tratamento contra o câncer estão os danos causados ao tecido ovariano e o possível comprometimento da fertilidade. Mulheres em idade reprodutiva representam cerca de 10% dos casos de câncer de mama. Com a tendência atual de se postergar a maternidade, é possível que se dê cada vez mais o diagnóstico da doença antes mesmo de a mulher ter pensado em engravidar.

A insuficiência ovariana é uma complicação possível do tratamento do câncer de mama, normalmente como sequela da quimioterapia. Tal consequência pode aparecer depois do tratamento e, muitas vezes, é definitiva, levando à infertilidade. “Mais de 80% das mulheres em idade reprodutiva sobrevivem à doença. E muitas delas ainda não têm filhos, quando recebem o diagnóstico. Por isso, é fundamental falar da possibilidade de preservação da fertilidade antes de iniciarem qualquer tratamento potencialmente tóxico aos ovários”, a médica Tirza Ramos, do IVI Salvador.

(mais…)

Como a prática de exercícios físicos ajuda na prevenção do Câncer de Mama

Como a prática de exercícios físicos ajuda na prevenção do Câncer de Mama - saudeImagem de intographics por Pixabay

O mês de Outubro é marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O movimento, conhecido mundialmente como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que, pelo menos, 66 mil mulheres tenham diagnóstico de câncer de mama, por ano, até o final de 2022. Por isso, além conhecer os fatores de risco e os sinais da doença, é fundamental entender como é possível evitá-la.

Apesar de ser conhecida como uma doença com potencial fator genético, apenas 10% dos casos são por motivos hereditários – 9 em cada 10 casos de câncer de mama são devido a fatores não genéticos – e a atividade física pode ser uma abordagem preventiva bastante acessível.

“Exercícios físicos regulares podem atuar de maneira direta e indireta na prevenção do câncer de mama. Eles provocam uma diminuição da circulação de estrogênio e inflamações, reduz a gordura visceral e aumentam a imunidade”, explica Renata Rabelo, Coordenadora da Rede Alpha Fitness, unidade Vitória Boulevard.

(mais…)

ARTIGO – Saiba tudo sobre trombose hospitalar e seus tratamentos

ARTIGO - Saiba tudo sobre trombose hospitalar e seus tratamentos - saude, artigosImagem por Terri Cnudde de Pixabay

Por Marcelo Melzer Teruchkin – médico

Ficar internado no hospital devido a algum problema de saúde já implica uma série de dores de cabeça aos pacientes e pessoas próximas a eles. Mas as internações podem se desdobrar em problemas ainda mais sérios, como o desenvolvimento do tromboembolismo venoso (TEV). Dados da Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia (ISTH) indicam que 60% dos casos de trombose ocorrem durante ou após o período de hospitalização. Além disso, determinados procedimentos médicos são considerados de maior risco para o desenvolvimento de trombose, como cirurgias ortopédicas, cirurgias plásticas, neurocirurgias, cirurgias urológicas e gineco-obstétricas, cardiotorácicas e quimioterapia em pacientes em tratamento oncológico.

O TEV é uma condição em que ocorre a formação de coágulos do sangue, denominados trombos, nas veias. Trata-se de uma doença responsável por pelo menos 43 mil internações na rede pública brasileira em 2021, de acordo com levantamento do Sistema Único de Saúde (SUS), porém perigosa e que deve ser tratada com atenção.

Por isso, no mês em que se lembra o Dia Mundial da Trombose, em 13 de outubro, para alertar, conscientizar e prevenir a doença, Marcelo Melzer Teruchkin, médico graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), cirurgião vascular formado no Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPA), membro da Sociedade Brasileira de Trombose e Hemostasia (SBTH) e de Cirurgia Vascular (SBACV) e coordenador do Grupo de Medicina Vascular do Hospital Moinhos de Vento (Porto Alegre, RS), responde perguntas importantes sobre a TEV e sua ocorrência em pacientes hospitalizados. (mais…)

ARTIGO – Outubro Rosa: a importância da mulher se autoconhecer

ARTIGO - Outubro Rosa: a importância da mulher se autoconhecer - saude, artigosImagem de Foundry Co do Pixabay

Por Débora Gagliato – médica oncologista

Qual o melhor método para diagnosticar o câncer de mama? No Brasil, alguns casos da doença são percebidos pela própria mulher, mas o autoexame é uma iniciativa que não deve substituir os exames de rastreamento radiográfico. “O autoexame vai detectar lesões provavelmente mais avançadas, localmente aparecendo com sinais, como nódulo endurado, alteração da pele da mama ou a secreção que sai pelo mamilo. Mas não deve substituir a rotina de exames de rastreamento”, explica a médica oncologista especialista em câncer de mama Débora Gagliato, do Centro de Oncologia e Hematologia da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, hub de saúde de excelência, eleita entre as Top 4 do setor em Oncologia do país pela revista Newsweek. “É importante que a mulher se conheça e se, eventualmente, notar alguma diferença da mama, seja na pele ou na apalpação com sensação de nódulo, que possa antecipar sua avaliação clínica”, recomenda a médica.

Com base nessa orientação, a BP está propondo para mulheres no Outubro Rosa, mês dedicado ao cuidado e prevenção ao câncer de mama no país, uma reflexão: quanto tempo você gasta por dia se olhando, conhecendo seu corpo e as mudanças que nele acontecem? A ideia é estimular que elas invistam um minuto por dia para se olharem e não terem medo dos sinais que o corpo pode dar. “Olhar para si e garantir um cuidado integrado são iniciativas essenciais para a prevenção. Estar alerta, conhecer o seu corpo e eventualmente tomar uma conduta frente a qualquer mudança é importante, mas isso não pode substituir os exames de rastreamento de rotina”, contou a médica Débora.

A BP Medicina Diagnóstica, centro de diagnósticos da instituição, registrou de janeiro a agosto deste ano um aumento de 16% na procura por mamografias e ultrassom de mamas em relação a 2021. O volume é ainda 8,7% maior que o mesmo período da pré-pandemia, em 2019.   (mais…)

ARTIGO – Setembro amarelo: qual a relação entre hormônios e saúde mental?

ARTIGO - Setembro amarelo: qual a relação entre hormônios e saúde mental? - saude, artigosNa foto, Dr. André Moreira | Divulgação

Por André Moreira – médico 

O mês de setembro é voltado ao combate e conscientização contra o suicídio. Pelo estigma presente na sociedade, o tema ainda é cercado por tabus. Muitas pessoas precisam apenas de um momento de atenção, outras, no entanto, precisam de controle médico e de medicação específica. “Os neuro-hormônios ou ‘hormônios da felicidade’ podem estar em desordem, com níveis alterados. E essas pessoas podem ter modificações de humor e de comportamento, assim como ocorre em algumas mulheres na TPM, porém de forma mais intensa e grave, levando a pessoa num desespero absoluto que culmina com a mais trágica atitude que se pode realizar, tirar a própria vida”, explica o médico pós-graduado em endocrinologia, André Moreira.

Em certos momentos, ao se deparar com frustrações, o indivíduo não tem suporte ou não consegue tolerar tal situação, se vendo incapaz de sair ou de procurar soluções. “Essas situações do mundo atual podem gerar alterações neuro-hormonais que causam ansiedade, angústia, tristeza e até a vontade de desistir ou de morrer”, completa.

Corpo e mente

Quando a saúde emocional não vai bem, o corpo sente. “Pode-se também desenvolver várias compulsões alimentares a partir disso, como forma de compensação momentânea para uma tristeza. Por exemplo, maior ingestão de alimentos, doces, bebidas alcoólicas ou refrigerantes e, assim, ter outro fator de risco, a obesidade”, frisa o especialista. (mais…)

ARTIGO – 5 dicas para quem tem pouco tempo para treinar

ARTIGO - 5 dicas para quem tem pouco tempo para treinar - saudeImagem de Daniel Reche por Pixabay

Por Paula Moraes – jornalista 

Muitas pessoas não têm tempo para malhar ou se dedicar a atividades físicas regulares. Se você é uma dessas pessoas, confira 5 dicas para treinar com pouco tempo. Elas vão te ajudar a focar na dieta e na suplementação, além de tornar os treinos mais eficientes. Para isso, não esqueça também de consultar profissionais, como nutricionistas e personal trainer.

Confira!

O que fazer quando se tem pouco tempo para treinar? O ponto primordial para que não tem muito tempo para se dedicar ao treino é a organização. É importante que você comece a analisar tudo o que você faz ao longo do dia para entender o momento ideal para encaixar os treinos.

Outro aspecto importante é verificar a possibilidade de eliminar alguma atividade desnecessária do seu dia para poder criar espaço para o treino. Talvez você possa eliminar uma série de tarefas que consomem tempo e não te ajudam em nada, como, por exemplo, ficar muito tempo vendo vídeos no celular ou assistir televisão. Definir os seus objetivos com os treinos é outro ponto importante. Para ser persistente nesses objetivos, conte também com o apoio de uma clínica de emagrecimento. (mais…)

Depilação: quais são os cuidados com a pele em épocas mais quentes

Depilação: quais são os cuidados com a pele em épocas mais quentes - saudeFoto: Pixabay

Altas temperaturas, cloro e água do mar podem causar manchas e irritações na pele recém depilada

O verão está chegando e, com ele, é o momento de colocar a depilação em dia. Nas épocas mais quentes do ano, a tendência é deixar a pele mais à mostra e muita gente opta pela remoção dos pelos, seja temporária ou definitiva. É justamente neste período que os cuidados devem ser redobrados.

“A pele após a depilação fica muito sensível, passível de irritações caso não haja o cuidado necessário no pós procedimento. Em épocas mais quentes, procuramos nos refrescar, porém, para aproveitarmos e evitar qualquer desconforto é necessário cuidar bem da pele”, explica Regina Jordão, CEO da rede de franquias Pello Menos, pioneira nos serviços de depilação à cera indolor e laser sem hora marcada no Brasil.

Para quem vai se expor ao sol, é bom lembrar que, para peles recém depiladas, somente o protetor solar não é suficiente. É aconselhado esperar pelo menos 24 horas antes de tomar sol. Em casos de depilação com cera morna, o ideal são 48, evitando assim o surgimento de manchas. (mais…)