Motociclista é atingido por árvore na BR-420 entre Mutuípe e Jiquiriçá

Motociclista é atingido por árvore na BR-420 entre Mutuípe e Jiquiriçá - mutuipe, destaqueImagem ilustrativa | Foto: Alberto Coutinho/ GOVBA

Um motociclista ficou ferido na manhã de terça-feira, dia 13, ao trafegar pela BR-420, no trecho entre Mutuípe e Jiquiriçá. Uma árvore caiu no momento em que Daniel Barreto passava pelo local. A vítima estava de capacete, o que evitou maiores ferimentos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) socorreu e levou Daniel para o hospital improvisado de Jiquiriçá.

Edição: Tribuna do Recôncavo | Informações: Midia Bahia.

Mutuípe: Homem é encontrado morto na Água Fria

Mutuípe: Homem é encontrado morto na Água Fria - mutuipe, destaqueFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

Um homem foi encontrado morto por volta de meio da última segunda-feira, dia 12, na zona rural de Mutuípe (BA).

‘Bilisquinho’, como era conhecido, saiu de casa montado em um burro, passado algum tempo, o animal retornou sozinho, posteriormente ele foi encontrado morto, com várias perfurações de faca.

O crime aconteceu na região da Água Fria, distante 23 quilômetros de sede do município. A Delegacia Territorial vai investigar a autoria e motivação do crime.

Edição: Tribuna do Recôncavo | Fonte: Mídia Bahia.

Moradores de Laje, Amargosa, São Miguel e região relatam tremores de terra

Moradores de Laje, Amargosa, São Miguel e região relatam tremores de terra - mutuipe, destaque, amargosaImage by Tumisu from Pixabay

A terra voltou a tremer na madrugada deste domingo, dia 11, em cidades do Vale do Jiquiriçá na Bahia. Moradores notaram os tremores após às 2h. O primeiro às 2h06, o segundo as 2h17 e o último 2h20min.

“Tremeu tudo aqui em casa, só que não sabia se era carro ou tremor, quando eu consegui pegar o celular era 2h15, meu coração quase sai”, disse Jicy Lima, morador de Laje.

Relatos indicam que os tremores foram sentidos em Laje, Mutuípe, São Miguel das Matas, Brejões Brejões e Amargosa.

Fonte: Mídia Bahia.

Mutuípe: Rajada de vento destelha várias casas

Mutuípe: Rajada de vento destelha várias casas - mutuipeFoto: Maria do Carmo

O município de Mutuípe (BA) foi atingido por uma forte ventania durante tempestade neste domingo, dia 11. Era por volta de 11h45min quando rajadas de vento começaram a destelhar casas, derrubar muros, árvores e arrancar coberturas.

No bairro do Alto da Cajazeira os estragos estão espalhados por diversos pontos. Na rua projetada 49 uma cobertura foi totalmente derrubada, e uma casa teve paredes derrubadas na rua Projetada 46.

No Centro da cidade fachadas de lojas foram parcialmente danificadas e árvores arrancadas na Orla.

Texto: Midia Bahia.

Embasa informa redução no fornecimento de água em Mutuípe e Jiquiriçá

Embasa informa redução no fornecimento de água em Mutuípe e Jiquiriçá - mutuipe, destaqueFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

A Embasa informou nesta quinta-feira, dia 1º, a redução temporária no fornecimento de água nos municípios de Mutuípe e Jiquiriçá (BA).

O fornecimento de água foi temporariamente reduzido devido a mudança brusca da qualidade da água do manancial, causada pelas fortes chuvas que ocorreram na região entre os dias 25 e 26/01.

A Equipe Tecnica da embasa trabalha para regularizar o fornecimento para que o abastecimento de água possa ser retomado de forma gradativa a normalidade, com expectativa de plena regularização em até 72 horas.

Edição: Tribuna do Recôncavo | Informações: Mídia Bahia.

Mutuípe: Prefeitura decreta situação de emergência em decorrência das chuvas

Mutuípe: Prefeitura decreta situação de emergência em decorrência das chuvas - mutuipe, destaqueFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

A Prefeitura de Mutuípe oficializou nesta terça-feira, dia 30, o decreto de emergência em decorrência dos estragos provocados pelas chuva. Na sexta-feira (26), a cidade foi atingida por uma forte tempestade que evidenciou a necessidade de intervenção da Defesa Civil em vários pontos.

O decreto se baseou no alto índice pluviométrico registrado, na quantidade de pessoas que ficaram desalojadas, na quantidade de pessoas que foram afetadas pelas chuvas, nos danos materiais em decorrência dela, nos problemas gerados e na dificuldade da prefeitura em resolvê-los sozinha. Após as chuvas houve interrupção de estradas vicinais, necessidade de ampliação e modificações na rede pluvial da cidade.

Edição: Tribuna do Recôncavo | Informações: Midia Bahia.