ARTIGO – Queda do WhatsApp pode gerar indenização aos usuários que tiveram prejuízo

ARTIGO - Queda do WhatsApp pode gerar indenização aos usuários que tiveram prejuízo - direito, artigosFoto: Uanderson Alves/ Tribuna do Recôncavo

Por Marco Antonio Araujo Junior – Bacharel em Direito

O WhatsApp, o Instagram e o Facebook ficaram fora do ar na tarde dessa segunda-feira (4/10). O fato foi confirmado pela empresa que gerencia os três aplicativos e relatado por usuários de todo o planeta em outras redes sociais, como por exemplo o Twitter e o Tiktok.

A depender da justificativa que a empresa vai dar para a falha técnica ocorrida, usuários poderão demandar em juízo indenização por prejuízos materiais ocorridos em razão da interrupção na prestação de serviços.

Para o advogado especialista em Direito do Consumidor na Era Digital, Marco Antonio Araujo Junior, o serviço prestado pela empresa proprietária do WhatsApp, a Facebook, se enquadra no conceito de serviços do Código de Defesa do Consumidor e, nessa linha, havendo falhas na prestação de serviços, a empresa poderá ser condenada a indenizar os prejuízos causados aos seus usuários, desde que devidamente comprovados. (mais…)

ARTIGO – Distúrbios do sono podem causar acidentes de trânsito

ARTIGO - Distúrbios do sono podem causar acidentes de trânsito - artigosImage by Wokandapix from Pixabay

Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), em parceria com a Academia Brasileira de Neurologia e o Conselho Regional de Medicina, indicou que cerca de 42% dos acidentes de trânsito no país estão relacionados ao sono.1

A privação de sono lentifica as reações a estímulos, diminui a acurácia de resposta e leva a longos lapsos de atenção de acordo com o estudo conduzido pela AAA Foundation for Traffic Safety. Um estudo americano identificou que o risco de colisões aumenta de maneira inversamente proporcional à quantidade de horas de sono entre os motoristas. Períodos de sono entre 6 e 7 horas levaram a uma taxa de risco de acidentes de 0,3 vezes maior em relação a indivíduos que dormiram ao menos 7 horas nas 24 horas anteriores, podendo chegar a 10,5 vezes mais em períodos de sono inferiores a 4 horas. 2

Muitos fatores responsáveis por afetar o sono e gerar insônia são comumente conhecidos. Porém, entre eles, está também a Apneia Obstrutiva do Sono (AOS), um distúrbio ainda pouco conhecido pela maioria da população no qual os músculos da garganta relaxam a ponto de entrar em colapso, restringindo o fluxo de ar, o que faz com que a respiração se torne superficial e até pare por segundos ou minutos, privando o corpo e o cérebro de oxigênio.3 Mesmo que os despertares sejam geralmente muito curtos, eles fragmentam e interrompem o ciclo do sono. Essa fragmentação do sono pode causar níveis significativos de fadiga e sonolência diurna4, o que pode causar inúmeros prejuízos à pessoa e à sociedade, como o aumento do risco de acidentes de trânsito.5 (mais…)

ARTIGO – Como usar a suplementação para ampliar sua performance na corrida de rua

ARTIGO - Como usar a suplementação para ampliar sua performance na corrida de rua - saude, artigosImagem de Daniel Reche por Pixabay

Por Amanda Guimarães – nutricionista. 

Manter o corpo em movimento e praticar exercícios físicos com constância é essencial para uma vida saudável. Deixar o sedentarismo de lado é fundamental para prevenir uma série de doenças ou até mesmo para controlá-las. Nos últimos anos, o número de praticantes de esportes no Brasil vem aumentando, mas isso ainda precisa melhorar. E essa necessidade foi colocada ainda mais em destaque desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a última Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019 e divulgado ao final de 2020, 30,1% dos brasileiros com 18 anos ou mais praticam o nível recomendado de atividade física no lazer. Enquanto em 2013, a média foi de 22,7%.

E, enquanto muito se falava sobre essa importância dos exercícios físicos, as academias foram fechadas por conta do isolamento social. Então, como se manter em movimento quando não há um lugar para treinar? É aí que entra a corrida rua, que vem ganhando cada vez mais adeptos e não exige muitos equipamentos além de um tênis e, atualmente, da máscara. (mais…)

ARTIGO – Como transformar uma discussão em uma oportunidade para crescimento do relacionamento

ARTIGO - Como transformar uma discussão em uma oportunidade para crescimento do relacionamento - artigosImagem de Sasin Tipchai por Pixabay

Por Margareth Signorelli – especialista em Relacionamentos, Sexualidade e EFT.

A maior convivência entre os casais provocou o aumento do número de divórcios e separações durante a Pandemia. O fato de as pessoas ficarem mais próximas e submetidas a uma convivência integral acabou provocando a sobrecarga física e emocional entre os parceiros e, consequentemente, muitos conflitos.

Posso imaginar o que você sentiu quando leu este título se pergunto e é possível existir um “Conflito Saudável?”. A resposta é sim! Deve existir.

Segundo John Gottman, PHD em Relacionamentos e uma das maiores autoridades no mundo nesta área, os conflitos são extremamente importantes em um relacionamento, pois são a forma que cada um tem para expressar sua opinião e fazer com que o casal consiga chegar a um consenso. Para o especialista “o conflito saudável” leva o casal a um patamar superior ao que estavam anteriormente, consolidando a conexão entre os dois”. (mais…)

ARTIGO – Primavera-verão: o calor pode afetar a sua saúde ginecológica?

ARTIGO - Primavera-verão: o calor pode afetar a sua saúde ginecológica? - saude, artigosImagem de Engin Akyurt por Pixabay

Por Camila Ramos – ginecologista e Luna Azevedo – Nutricionista.

Vivemos no Brasil, onde o clima costuma parecer brutalmente quente o ano todo. É importante nos protegermos, não só esquecendo do “protetor solar”. Reconhecer que o calor pode impactar no nosso corpo de maneira geral, e especificamente em relação à saúde ginecológica.

Com a chegada do verão, aumentam os casos de uma das doenças que mais afetam a saúde feminina: a candidíase. Trata-se de uma infecção localizada nas regiões da vulva e da vagina, causada por um fungo, em geral a Cândida Albicans. Para evitá-la, além de ficar espertos ao consumir alguns alimentos, os cuidados com a higiene pessoal devem ser redobrados nesta época do ano, onde há o aumento da temperatura.

A ginecologista carioca Dra. Camila Ramos (@dracamilaramos), explica que o calor causa a alteração da acidez na vagina e a redução dos bacilos de defesa da flora de proteção, facilitando a proliferação da doença. “Inchaço, coceira, inflamação vulvar e vaginal, além de secreção esbranquiçada e densa, são os principais sintomas da candidíase. A doença tem a alteração da flora vaginal, sua principal causa”, ressalta a médica. (mais…)

ARTIGO – Transtorno e prejuízos financeiros na clonagem do WhatsApp

ARTIGO - Transtorno e prejuízos financeiros na clonagem do WhatsApp - direito, artigosFoto: Allan White/ Fotos Públicas

Por Leo Rosenbaum – advogado.

Dificilmente você encontrará uma pessoa que não use o celular nos dias de hoje. Junto a ele o WhatsApp, a rede de mensagens instantâneas mais popular do Brasil e que, segundo uma estimativa superficial realizada pelas operadoras de celular, é utilizada por 120 milhões de brasileiros.

No entanto, na mesma proporção em que cresce o uso, crescem, a cada dia, os golpes de criminosos que invadem o aplicativo para tentar extorquir os contatos do dono do celular. Porém, há uma modalidade de golpe que traz consequências mais danosas ao consumidor: a clonagem do chip do celular, seja por meio de WhatsApp Web e até mesmo, por descuido da operadora na hora de vender um novo chip ou não estar atento ao fornecimento de dados pelo telefone. O dono da linha tem seu telefone invadido e pode até perder o número.

As ações contra as companhias telefônicas por motivo de WhatsApp clonado por meio do chip já são uma realidade e o cliente pode receber indenização pelo transtorno, pelos prejuízos financeiros e pelo próprio risco sofrido. Manter-se informado e alerta é o primeiro passo para a busca da defesa dos seus direitos. (mais…)

ARTIGO – As diferenças entre as variantes e por que devemos tomar cuidado

ARTIGO - As diferenças entre as variantes e por que devemos tomar cuidado - saude, artigosImagem de Alexandra_Koch por Pixabay

Por Euclides Matheucci Junior – Mestre e Doutor em Ciências.

Muitas dúvidas surgem desde o início da pandemia da Covid-19. Após termos técnicos como variantes, mutações e cepas virem à tona, pode parecer cada vez mais difícil entender como um vírus funciona no corpo humano e como é possível se proteger dele. Os novos casos da variante Mu confirmados no Brasil e a velocidade do aumento de casos da Delta também preocupam em relação ao controle da pandemia no país, já que o avanço da vacinação têm contribuído com a queda de casos mais graves, internações e óbitos.

Para ajudar a entender melhor o assunto, o diretor científico do laboratório de biotecnologia DNA Consult e professor na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Euclides Matheucci, Jr., tirou as principais dúvidas sobre situação atual e as diferenças de cada tipo de variante. Confira:

Afinal, o que são variantes?

Segundo o especialista é tudo parte da versão original do vírus. “Podemos dizer que uma variante é a nova versão de um vírus após ele sofrer uma mutação ao replicar nas células. Com isso sua composição genética se altera e não é mais idêntica à primeira versão dele”, explica. (mais…)

ARTIGO – Como tirar sua empresa do vermelho

ARTIGO - Como tirar sua empresa do vermelho - economia, artigosImagem de Steve Buissinne por Pixabay

Por Claudio Lasso – especialista em tributos.

De acordo com um estudo elaborado pela consultoria britânica Oxford Economics, empresas de países emergentes, como o Brasil, tiveram aumento nas dívidas entre 10% e 20% durante a pandemia. E tirar a empresa do vermelho é um desafio para boa parte dos empreendedores.

CEO da Sapri Consultoria, Cláudio Lasso, que atua no mercado de consultoria e auditoria Contábil e Tributária há 15 anos, orienta que o primeiro passo para  ecuperar a saúde financeira do seu negócio é dimensionar o saldo negativo do seu negócio, antes de tomar qualquer atitude.

“Além da conta bancária, é preciso analisar as movimentações do caixa, previsões de recebimentos futuros e o orçamento da empresa. Só assim o empreendedor terá um cenário real do seu negócio e poderá elaborar um plano de ação eficiente”, aborda.

(mais…)

ARTIGO – Pensamentos suicidas: Como evitá-los?

ARTIGO - Pensamentos suicidas: Como evitá-los? - saude, artigosImage by Anemone123 from Pixabay

Por Felipe Laccelva – psicólogo.

Setembro é o mês destinado à prevenção ao suícidio, com disseminação de mensagens e informações públicas com objetivo de conscientizar as pessoas sobre como agir e lidar com o assunto. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, 12.895 pessoas cometeram suícidio no Brasil em 2020, evidenciando uma tendência de alta durante a última década, visto que o número de casos em 2012 era de 6.905.

A prevenção ao suicídio requer o esforço da sociedade, alinhando estratégias que englobem o trabalho em nível individual e coletivo. Felipe Laccelva, psicólogo e CEO da plataforma de atendimentos Fepo, explica que o suícidio é apenas o último ato de uma pessoa que já passou por diversas situações.

“O suicídio é o desfecho de eventos anteriores e nunca um fato isolado da vida individual. Envolve questões psicológicas, biológicas, culturais e ambientais. Uma pessoa que pensa em suicídio está pedindo ajuda, e já chegou em um ponto que o sofrimento se tornou impossível de suportar, sendo a única saída que consegue encontrar”, declara Felipe.

(mais…)

ARTIGO – Falta de Containers & frete marítimo subindo: o que está acontecendo?

ARTIGO - Falta de Containers & frete marítimo subindo: o que está acontecendo? - artigosImagem de Kai Pilger por Pixabay

Por Larry Carvalho – advogado e árbitro.

Quem trabalha com Comex ou com Shipping têm reparado que nos últimos meses o mercado tem sofrido com impactos de falta de containers, aumento drástico dos fretes marítimos aliado a uma grande redução do período de free time. Para se ter noção, o frete marítimo de um container de 40ft da Ásia para o Estados Unidos da América bateu máxima histórica recentemente.

Você deve estar se questionando: qual o motivo disso tudo estar acontecendo?

Nas últimas semanas tenho visto muitos absurdos sendo divulgados. Diariamente, vejo pessoas culpando transportadores marítimos e os acusando de serem exploradores. A premissa basicamente é sempre a mesma: armadores subiram frete para compensar o que deixaram de faturar no primeiro semestre.

Calma! Muita calma nessa hora! Compartilho com vocês que a realidade é outra e bem mais complexa. O Shipping enfrenta uma verdadeira “Tempestade Perfeita”, como os especialistas têm chamado. Uma tempestade gerada pela pandemia! Durante o lockdown (março-junho) as atividades econômicas globais foram drasticamente reduzidas. Consequentemente, os portos se viram com mão de obra reduzida para movimentação de contêineres. (mais…)

ARTIGO – Alta da Selic pode movimentar aplicações da renda variável para a fixa

ARTIGO - Alta da Selic pode movimentar aplicações da renda variável para a fixa - economia, artigosImagem de Bruno /Germany por Pixabay

Por Paulo Cunha – especialista em investimentos.

Há uma pergunta que não quer calar “como a alta taxa de juros influencia na tomada de decisão do investidor?”. Por meio de dois mecanismos os juros podem interferir no momento da aplicação do dinheiro em investimentos. O primeiro é a expectativa de retorno da renda fixa pós-fixada, aquela que acompanha a rentabilidade e a subida dos juros, considerada com menor risco.

Desta forma, o investidor ao perceber que está recebendo um percentual mais satisfatório mês após mês, ao deixar seu valor aplicado neste segmento, pode querer aumentar sua alocação lá ou até mesmo retirar de outro lugar, onde ele acha que terá um rendimento menor.

Atualmente, com a taxa Selic a 5,25% ao ano, o investidor já recebe próximo a 0,50% ao mês na maioria das aplicações pós-fixadas, alguns meses atrás esse rendimento não passava de 0,20% ao mês. (mais…)

ARTIGO – STF forma maioria e isenta contador em execuções fiscais

ARTIGO – STF forma maioria e isenta contador em execuções fiscais - direito, artigosFoto: Ricardo Stuckert/ EBC

Por Sandro Ribeiro – advogado

Em plenário virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para declarar que os contadores não podem ser incluídos nas execuções fiscais movidas contra os seus clientes. A corte analisa a constitucionalidade do trecho do Código Tributário de Goiás, inciso XII-A, parágrafo 2º, do artigo 45 da Lei nº 11.651, de 1991, com redação dada pela Lei nº 17.519, de 2011.

Para o advogado tributarista Sandro Ribeiro, sócio do Ribeiro Dutra Sociedade de Advogados, a tese proposta pelo relator, ministro Luís Roberto Barroso, e acompanhada por outros sete ministros, é a síntese da ordem constitucional. “O Código Tributário Nacional (CTN) já regulamentou a matéria, não podendo a lei do Estado de Goiás ampliar a lista de responsáveis solidários pelo tributo ou penalidade pecuniária”.

Com a maioria formada pela inconstitucionalidade da lei no STF, por ora, acalma-se o sentimento de que textos semelhantes, que pudessem refletir em outras categorias, como economistas, auditores e advogados, por exemplo, venham a ser criados. (mais…)

ARTIGO – Cada vez mais mulheres recorrem ao explante de silicone como Fiorella Mattheis

ARTIGO - Cada vez mais mulheres recorrem ao explante de silicone como Fiorella Mattheis - saude, artigosFoto: Reprodução Instagram/ @fiorellamattheis

Por Dra. Patricia Marques – médica especialista em reconstrução de mamas.

Nos anos 2000, com certeza, o foco do tamanho dos seios era uma questão de volume, quanto mais melhor. Durante anos a tendência foi implantar próteses de silicone grandes e, por vezes, até desproporcionais. Porém, muitas mulheres que realizaram a cirurgia de implante neste período, agora buscam o reverso.

No ano passado a personalidade da internet Chrissy Teigen, deu o que falar ao expor todo o processo de explante do seu silicone nas redes sociais. Outras famosas como a atriz Scarlett Johansson e recentemente a atriz Fiorella Mattheis, também compartilharam a experiência com seus seguidores.

“Existem diversos motivos para realizar o explante, sou procurada tanto em questões de estética como de saúde,” comenta a cirurgiã plástica Patricia Marques, especialista em reconstrução de mamas pelo hospital Santa Creu I Sant Pau de Barcelona.

(mais…)

Com direitos ignorados, 21 de setembro marca o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Com direitos ignorados, 21 de setembro marca o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência - direito, artigosNa foto, um cadeirante e uma cega com bengala | Imagem de HANSUAN FABREGAS do Pixabay

Por Diana Serpe – advogada

Vinte e um de setembro marca o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. As primeiras ações no Brasil para integrar essa população foram em 1854, com a introdução do sistema Braille, e, em 1857, com a criação do Instituto dos Surdos Mudos. Época também marcada pela segregação. Entre 1881 e 1960, por exemplo, os deficientes auditivos foram proibidos de usar a língua de sinais para não comprometer o aprendizado compulsório da linguagem oral.

Em 1991, foi promulgada a Lei 8.213, conhecida como Lei de Cotas, a fim de assegurar a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. São 30 anos de uma legislação que garante, ao menos no papel, o acesso ao emprego de cidadãos que, em geral, são preteridos nos processos de seleção.

“A lei de cotas foi criada para assegurar a inclusão. Seu artigo 93 determina que empresas com 100 ou mais funcionários devem destinar de 2% a 5% dos seus cargos para beneficiários reabilitados do INSS e pessoas com deficiência. É uma lei de suma importância, porque garante não apenas emprego, mas dignidade, autonomia, qualidade de vida”, avalia a advogada Diana Serpe, sócia do escritório Serpe Advogados e especialista no direito da pessoa com deficiência.

(mais…)

ARTIGO – Depois do parto é necessário que a mulher mantenha o acompanhamento médico

ARTIGO - Depois do parto é necessário que a mulher mantenha o acompanhamento médico - saude, artigosImagem Ilustrativa de Harald Landsrath do Pixabay

Depois do parto, é necessário que a mulher mantenha o acompanhamento médico para a avaliação da sua recuperação e a orientação sobre os cuidados com o bebê. De acordo com as autoridades de saúde, a primeira consulta deve ser realizada entre sete e dez dias após o nascimento da criança. O período pós-parto, chamado de puerpério, é um momento singular, em que a saúde física e emocional da mãe também merecem atenção. A obstetrícia é a especialidade médica responsável por cuidar da saúde da mulher durante a gestação, o parto e o puerpério.

Segundo o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira da Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz), o puerpério dura cerca de seis semanas, sendo caracterizado por um período de alterações no corpo e na mente da mulher, que passa a lidar com questões da maternidade, da autoestima, da sexualidade e da reorganização da vida familiar e profissional. Por isso, o acompanhamento médico nessa fase não é direcionado de forma exclusiva ao recém-nascido, sendo realizada uma abordagem sobre a recuperação do parto e a saúde da mãe.

Aspectos físicos e emocionais

É durante essa rotina que o médico ginecologista e obstetra pode identificar e tratar problemas de saúde da mulher, como anemia, infecção urinária, trombose e alterações na tireóide. O IFF/Fiocruz ressalta, ainda, que a consulta puerperal é a oportunidade para avaliar doenças de base, como as cardiovasculares e a diabetes.

Os aspectos emocionais também são analisados e, dependendo do quadro apresentado pela paciente, o médico pode encaminhar para o atendimento psicológico. Isso é importante para o tratamento dos casos de ansiedade e depressão pós-parto. Estudo realizado pela Fiocruz aponta que uma em quatro mulheres brasileiras são diagnosticadas com depressão pós-parto. O problema tem cura e, para isso, é necessário realizar o tratamento adequado.

Amamentação e cuidados com o bebê

O estado de saúde do recém-nascido, as orientações sobre aleitamento materno e a evolução da interação entre o bebê e a mãe são outros pontos fundamentais nas visitas ao obstetra. De acordo com o Ministério da Saúde, a consulta puerperal deve ocorrer até o 42º dia após o parto.

A amamentação é um assunto relevante, pois fortalece a saúde de ambos. Segundo o Ministério da Saúde, amamentar reduz em até 13% a mortalidade dos bebês por causas evitáveis e diminui em 6% a probabilidade do desenvolvimento do câncer de mama na mulher. Mas o processo não é tão simples e, por isso, requer atenção especial durante o puerpério.

Luto materno e parto prematuro

O IFF/Fiocruz alerta que as mulheres que passaram pelo aborto também devem realizar o acompanhamento com o médico obstetra. Além da questão emocional que envolve o luto materno, é necessária uma avaliação da saúde física. Outra orientação é com relação às mães que passaram pelo parto prematuro. As consultas devem dar continuidade à investigação ou ao tratamento das causas que motivaram a antecipação do parto.

Matéria: Suellen Martins/ Experta Media

Infectologistas Matheus Todt e Monique Lírio falam sobre vacinação de adolescentes sem comorbidades

Infectologistas Matheus Todt e Monique Lírio falam sobre vacinação de adolescentes sem comorbidades - saude, artigosImagem Ilustrativa de Angelo Esslinger do Pixabay

Nos últimos dias, a suspensão da vacinação contra Covid-19 entre os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades e dúvidas sobre esse tema deixaram pais com muitas inquietações sobre o assunto. Infectologistas pontuam que a vacinação entre os jovens é importante e o processo está sendo feito de forma segura, avaliando os casos de reações – que se mostram muito raros.

A infectologista que atua na S.O.S. Vida em Salvador, Monique Lírio, destaca que, primeiramente, por mais que seja verdadeiro que os adolescentes e crianças com Covid-19 evoluam muito melhor que os idosos e costumem se recuperem, há casos de jovens que ficam muito doentes e acabam hospitalizados.

“Além disso, por mais que crianças e adolescentes tenham quadros menos severos, eles podem transmitir o vírus para contatos próximos. A vacinação, portanto, ajudaria a bloquear um pouco essa transmissão comunitária do coronavírus. Outro benefício da vacinação dos jovens é manter as escolas abertas. É preciso fazer de tudo para que esse ambiente seja seguro e a educação seja retomada”, opina a médica.

(mais…)