ARTIGO – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade e os desafios na escola

ARTIGO - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade e os desafios na escola - educacao, artigosNa foto, Margarete Chinaglia | Divulgação

Por Margarete Chinaglia – farmacêutica bioquímica e pesquisadora 

Na escola, há crianças que sentem como um turbilhão de coisas acontecendo ao mesmo tempo: são lápis e borracha que insistem em ficar no chão, papéis amassados que voam, ruídos nos corredores, o vento bagunçando as árvores, os carros buzinando, colegas de classe disputando atenção e um adulto falando coisas que o aluno não sabe, o tempo todo. Esses são os dilemas na vida de quem tem TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

Apesar de serem bem comuns, esses detalhes do cotidiano são grandes desafios para a criança com TDAH. Os resultados logo aparecem: notas baixas, conversas paralelas e/ou não saber o que foi falado durante a aula, ter sentimentos confusos e misturados emocionalmente, além de usar o ambiente escolar para brincadeiras emocionantes.

Também é comum a criança receber punições dos pais quando eles não correspondem com resultados satisfatórios na escola. Por sua vez, os profissionais da educação também punem o aluno que não cumpre regras na sala de aula: quando não ficam quietos, andam e incomodam outros alunos ou interrompem a aula a todo momento. (mais…)

Assédio moral: Entenda como esse comportamento abusivo pode afetar a saúde mental do profissional

Assédio moral: Entenda como esse comportamento abusivo pode afetar a saúde mental do profissional - artigosImagem ilustrativa de StartupStockPhotos por Pixabay

Em 2020, o Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu 4.826 denúncias de assédio moral no país. Uma pesquisa feita por um site de vagas registrou que 52% dos entrevistados alegam ter sofrido algum tipo de assédio moral no meio corporativo. No entanto, 87,5% não denunciam o assédio. Os motivos são inúmeros: vergonha, medo que a culpa recaia sobre a vítima e, principalmente, medo de perder o emprego.

A Professora Eliziane dos Santos, coordenadora acadêmica do curso de graduação em gestão hospitalar da Faculdade Santa Marcelina, explica como essa relação entre assediador e assediado acontece de forma sutil: “O assédio moral se dá em duas fases: na primeira, a pessoa ainda não tem consciência que a agressão é direcionada exclusivamente a ela, em um segundo momento, a pessoa se percebe como alvo das atitudes maldosas”.

A falta de discernimento entre poder e autoridade são a origem da maior parte dos comportamentos abusivos. Isso porque, de acordo com Eliziane, geralmente o assediador ocupa uma posição superior à da vítima na empresa: “São pessoas inseguras, mas usam da relação hierárquica para sobressair. Eles têm comportamentos arrogantes e exploram o outro nas relações interpessoais”. A professora destaca que o sentimento de inveja e a necessidade de se sentir importante também podem estar presentes no assediador. (mais…)

ARTIGO – Do Possível Pedido de Impeachment do Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e dos Três Chefes das Forças Armadas

ARTIGO - Do Possível Pedido de Impeachment do Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e dos Três Chefes das Forças Armadas - direito, artigosNa foto, Dr. Marcelo Válio | Crédito: Divulgação

Por Marcelo Válio – Advogado, Professor e Palestrante. 

Há poucos dias o Ministro de Defesa, através de fala antidemocrática ameaçou explicitamente a democracia nacional. Em manifestações, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e os três chefes das Forças Armadas teriam dito ao presidente da Câmara dos Deputados, que “sem voto auditável não haverá eleição no ano que vem.”

Trata-se de fala vergonhosa, autoritária e contrária aos mínimos ditames da Constituição Federal. Confirmadas as declarações, ferido está o artigo 1o da Constituição Federal: “A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos…”

Ademais, o Estado Democrático de Direito é uma forma de Estado em que a soberania popular é fundamental.

Além disso, é marcado pela separação dos poderes estatais, a fim de que o legislativo, executivo e judiciário não se desarmonizem e comprometam a soberania popular. Outro ponto importante que caracteriza essa forma de Estado é o respeito aos Direitos Humanos que são fundamentais e naturais a todos os cidadãos. (mais…)

ARTIGO – O impacto do estresse na saúde dos pacientes

ARTIGO - O impacto do estresse na saúde dos pacientes - saude, artigosImagem de Gerd Altmann do Pixabay

Por Fábio Akiyama – osteopata e Fernanda Gil Machado –  fisioterapeuta

Muitos profissionais da saúde e principalmente pacientes, não compreendem como funciona o sistema nervoso autônomo, o simpático e o parassimpático. O sistema nervoso simpático, por exemplo, é um acelerador responsável por manter o corpo ativo, com a liberação de catecolaminas, como a adrenalina e o cortisol. Já o parassimpático funciona como um freio, que atua em momentos de descanso e digestão. Dessa forma, o corpo atua de maneira equilibrada.

No entanto, quando alguma situação gera estresse, o sistema nervoso simpático atua de forma descontrolada, como se o corpo estivesse em constante situação de perigo ou agitação, fazendo com que ele esteja preparado para uma situação de luto ou fuga. Em decorrência disso, o freio deixa de funcionar e coisas simples como o sono e digestão ficam irregulares.

Essa situação também pode ser conhecida como a Lei Bifásica, a 2ª Lei de Hamer. Em um gráfico, o sistema simpático é predominante e está na linha superior, pois funciona durante o período do dia e abaixo da linha está o parassimpático, que atua no período noturno e é chamado de vagotonia. (mais…)

ARTIGO – É permitido punir quem quer escolher a vacina?

ARTIGO - É permitido punir quem quer escolher a vacina? - artigosImagem de Bao_5 por Pixabay

Por Dr Marcelo Válio – doutor em direito e pós doutorando

Recentemente, o prefeito Orlando Morando da cidade de São Bernardo do Campo durante a transmissão de uma live nas redes sociais defendeu que “pessoas que se recusam a tomar a vacina no dia serão submetidas para o fim da campanha de imunização, ou seja, depois do último adulto de 18 anos na fila”.

Assim como o prefeito de São Bernardo, chefes do poder executivo de outras cidades também adotaram o mesmo procedimento.

Orlando Morando, alegou ainda que “não se vacinar é um direito seu, ninguém faz nada obrigado. Mas também é um direito nosso te colocar no fim da fila porque tem a vacina, você não vai tomar porque não quer. Escolher vacina nós não vamos permitir. Tem tanta gente esperando a vacina, ansioso, e aquele que tem o direito simplesmente fala: não vou tomar vacina, essa eu não quero. Então, se você não quer tomar vacina, é um direito seu.”

Respeitosamente ouso discordar em parte do Digníssimo Prefeito.

O posicionamento do chefe do Poder Executivo da Cidade de São Bernardo do Campo de “não tomar vacina” é o direito do indivíduo é equivocado pois quando falamos de uma pandemia, em regra o interesse público se sobrepõe ao particular e assim, um indivíduo quando se recusa a se imunizar coloca a coletividade em risco. Assim, é possível impor medidas a esse infrator pela não vacinação e não pela opção de escolha da vacina. (mais…)

ARTIGO – PL do Primeiro Emprego pode ser alento em meio a desemprego recorde no país

ARTIGO - PL do Primeiro Emprego pode ser alento em meio a desemprego recorde no país - direito, artigosFoto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Por Thaluana Alves  – advogada

Os números do desemprego no Brasil nunca foram tão avassaladores. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país – que também atravessa a maior crise sanitária de sua história – enfrenta uma taxa de desemprego recorde, registrando 14,7% no primeiro trimestre de 2021. Em outras palavras, mais humanas: há hoje 14,8 milhões de pessoas à procura de emprego no Brasil.

Neste cenário sombrio, a recente aprovação pelo Senado Federal do PL do Primeiro Emprego (5.228/2019), criando incentivos às empresas para a contratação de jovens de 16 a 29 anos sem experiência no mercado de trabalho, pode representar um avanço na luta contra o desemprego no país. O projeto prevê a redução da Contribuição Previdenciária Patronal (CPP) – de 20% para até 1% – e da alíquota do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) – de 8% para 1% – no primeiro ano de contratação.

Para a advogada e especialista em Direito Empresarial Thaluana Alves, essas medidas não significam perda de direitos para o trabalhador, mas um possível alento neste cenário tão desafiador. “As empresas poderão tomar fôlego por meio dessas contratações – e acredito que muitos empregadores deixarão de contratar de maneira informal, sem carteira assinada, e passem a dar oportunidade para jovens sem experiência”. (mais…)

Artigo – Gestor ou Psicólogo: O papel dos líderes no pós-pandemia

Artigo - Gestor ou Psicólogo: O papel dos líderes no pós-pandemia - artigosImagem de Gerd Altmann por Pixabay

*Mariane Guerra

Após um ano e meio de pandemia e com o avanço da vacinação, já é possível olhar em perspectiva as principais mudanças experimentadas pelas empresas e, também, listar processos e experiências que dificilmente retrocederão. Se por um lado foi extremamente desafiador para as companhias implementarem rotinas que viabilizassem a continuidade de suas operações, por outro foi igualmente estressante para os profissionais de RH liderarem todo este processo em um cenário cheio de incertezas.

E não chega a ser uma novidade para os gestores que as desigualdades existentes em nossa sociedade, como a distribuição por vezes injusta de responsabilidades no seio familiar entre homens e mulheres ou a falta de acesso a infraestrutura básica de comunicação em muitos bairros, mesmo nos grandes centros, impactam fortemente a performance do profissional no ambiente corporativo.

Contudo, ainda que exista uma conscientização muito maior dos líderes quanto à importância de atuar para mitigar estas situações – e verdade seja dita, existem iniciativas empresariais muito interessantes neste sentido -, é fato que ao se direcionar fisicamente ao trabalho as pessoas acabam centralizando estes problemas e tratando como questões particulares. Mas com muitos profissionais atuando em home office durante a pandemia, estas situações foram escancaradas e deixaram de ser uma questão particular do trabalhador ou do gestor de RH e precisaram ser enfrentadas pela alta liderança das companhias. (mais…)

ARTIGO – Fake news podem caracterizar crime?

ARTIGO - Fake news podem caracterizar crime? - direito, artigosImagem de memyselfaneye por Pixabay

Por Euro Bento Maciel Filho – mestre em Direito Penal

Poucos sabem, mas, a ideia de fake news não é algo novo. Essa expressão vem desde o século 19 e, ao pé da letra, significa exatamente “notícias falsas”. Sem dúvida, nos últimos tempos, esse termo está muito mais presente no nosso dia-a-dia. Com o crescimento das redes sociais, lamentavelmente, a difusão desses conteúdos tem obtido cada vez mais espaço, geralmente com o objetivo de atingir a honra e a reputação de pessoas físicas e/ou jurídicas.

O mestre em direito penal e advogado, Euro Bento Maciel Filho, explica que as notícias falsas vêm ganhando espaço principalmente nas mídias sociais. “Redes como Twitter, Facebook e Instagram alcançam milhões de pessoas em todo o mundo diariamente, então qualquer tipo de conteúdo pode ser espalhado de maneira rápida, sem se preocupar com a veracidade do tema em questão. Os motivos para espalhar são inúmeros, desde razões políticas e ideológicas, até aquelas de cunho eminentemente pessoal”, relata.

A publicação desses conteúdos, por si só, não é caracterizada como crime no Brasil. Isso porque a legislação brasileira não possui uma tipificação ou lei que envolve a divulgação de  notícias falsas, embora existam diversos projetos de lei tramitando no congresso para que essa conduta passe a ser punida. Contudo, não é em razão deste vácuo em nossa legislação que o responsável pela disseminação desse material não possa ser punido. (mais…)

ARTIGO – QUAL A DURAÇÃO DE UM CONTRATO DE ESTÁGIO?

ARTIGO - QUAL A DURAÇÃO DE UM CONTRATO DE ESTÁGIO? - educacao, artigosFoto: Marcos Cruz/ Saeb

Por Carlos Henrique Mencaci – presidente da Abres

Diante da última taxa de desemprego para quem tem entre 18 e 24 anos, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), chegando a 31,4%, vemos claramente a importância do estágio. São milhares de indivíduos aptos e em busca de uma vaga. Logo, abrir as portas para nossos estudantes é a melhor forma de inserir esse grupo no mundo corporativo e ajudá-los na manutenção do aprendizado.

Benefícios

Sendo assim, essa é uma modalidade com benefícios para todos os envolvidos. Afinal, os estagiários conseguem a tão sonhada oportunidade. Os contratantes, adquirem um talento para ser lapidado conforme a cultura organizacional. Por sua vez, as instituições de ensino injetam seus alunos com conhecimentos inovadores no mercado.

Além disso, as companhias não precisam pagar por encargos trabalhistas, como FGTS, INSS, 13º salário, ⅓ sobre férias e eventual multa rescisória. Em contrapartida, os jovens têm uma carga horária menor, para ser compatível com as obrigações escolares, não podendo ultrapassar seis horas diárias e 30h semanais. (mais…)

5 dicas de como conseguir um emprego neste segundo semestre

5 dicas de como conseguir um emprego neste segundo semestre - emprego, artigosImagem de mohamed Hassan por Pixabay

A crise provocada pela COVID-19 atingiu em cheio a economia mundial. Aqui no Brasil, além da superlotação do sistema de saúde pública, o vírus alavancou o desemprego. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a taxa de desemprego se manteve no recorde histórico da série (apuração) iniciada desde 2012, em 14,7% entre fevereiro e abril de 2021. Em comparação com 2020, avançou em 2,1 pontos percentuais (12,6%).

Dados analisados pelo LCA Consultores, a partir de um levantamento de pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aponta que a taxa de desemprego dos jovens cresceu 38,8% no terceiro trimestre do ano passado. No primeiro trimestre da pandemia, em 2020, a taxa foi de 27,7%. Hoje mais de 8 milhões de pessoas, de 14 a 25 anos, estão em busca de trabalho.

Para 77% dos jovens, ter pouco tempo de trabalho, sem muita experiência e/ou qualificação é o que mais foi destacado na pesquisa. “Devido à crise, o mercado tende a ficar mais exigente no perfil dos profissionais, mas não há porque desanimar, cursos profissionalizantes podem ser o grande diferencial e abrir portas para o mercado de trabalho”, afirma Jefferson Vendrametto, sócio-acionista do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos). Jefferson preparou 5 dicas de como conseguir um emprego neste segundo semestre de 2021. CONFIRA: (mais…)

ARTIGO – Procedimentos e vantagens para a imigração para o Paraguai

ARTIGO - Procedimentos e vantagens para a imigração para o Paraguai - direito, artigosImagem de mohamed Hassan por Pixabay

Por Daniel Toledo – advogado

O relacionamento entre o Brasil e o Paraguai é histórico, visto que existe uma clara parceria entre empresas e profissionais de diversos setores, como o comercial e o tecnológico. Mas além disso, atualmente os governos dos dois países atuam com medidas para estreitar ainda mais essa colaboração.

Durante o Congresso Internacional de Relações Jurídicas entre Brasil e Paraguai, que aconteceu neste mês de junho, promovido pelas OAB de Santos e São Paulo, o advogado Richard Geraldo, presidente da Comissão de Relações Internacionais, ressaltou que Assunção é uma das capitais que têm menor custo de vida no mundo e fica há apenas duas horas de voo de São Paulo, Montevidéu e Santiago. A região ainda contempla o título de lugar mais seguro da América do Sul.

“Estudar no Paraguai também tem os seus benefícios. Para se ter ideia, uma faculdade de medicina chega a ser dez vezes mais barata do que no Brasil. A culinária também é ótima. Esses e uma série de outros fatores fazem com que o país seja detentor da economia que mais cresce em todo continente americano”, revela.

(mais…)

ARTIGO – Em vigor esta semana: Lei do superendividamento resgata dignidade

ARTIGO - Em vigor esta semana: Lei do superendividamento resgata dignidade - direito, artigosImagem de 1820796 por Pixabay

Por Leandro Caldeira Nava – Mestre em Direito

Uma dívida pode ser paga e resolvida, mas nem sempre isso é possível. Circunstâncias mudam, pessoas perdem empregos e rendas e se veem sem recursos. Uma lei, que às vezes parece apenas a letra fria da burocracia, pode ser de grande ajuda. É o caso da Lei do Superendividamento (Lei 1.805/21), que deve entrar em vigor esta semana, após ser aprovada no Senado e enviada ao Poder Executivo para sanção presidencial.

“É notável como o projeto busca priorizar e atender o princípio da dignidade da pessoa humana na atual realidade, garantido aos devedores condições administrativas e judiciais para a renegociação de suas dívidas, além da inibição aos fornecedores de crédito no que diz respeito aos bloqueios e dificuldades impostas em determinados casos de inadimplência”, comenta Leandro Nava, advogado especializado em Direito do Consumidor, Mestre em Direito e sócio do escritório Nava Sociedade de Advocacia.

De acordo com Nava, a lei é um complemento ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) para resolver esse tipo de problema de forma mais assertiva. (mais…)

ARTIGO – 5 dicas para planejar o fluxo de caixa com antecipação de recebíveis

ARTIGO - 5 dicas para planejar o fluxo de caixa com antecipação de recebíveis - economia, artigosImagem de Steve Buissinne do Pixabay

Por Cláudio Dias – formado em Matemática e Gestão Empresarial

No momento atual é imprescindível manter em alta a atenção e a vigilância constante junto ao seu fluxo de caixa. Principalmente, no cenário incerto e de crise econômica que estamos atravessando. A área financeira recebe solicitações diversas, de análise de cenários e projeções, sem esquecer dos pedidos de novas despesas para aprovação, afinal o negócio não para. Projetando o futuro, a primeira expressão que vem à mente é “como está o nosso fluxo de caixa?”.

O fluxo de caixa determina a autonomia de um negócio e conduz o seu caminho.

Aí entram as ferramentas de gestão, que oferecem informações de operações financeiras como antecipações de recebíveis, que são normalmente usadas para cobrir necessidades pontuais de caixa. Independente do volume, uma operação não pode navegar sem direção ou sem referência, por isso investir em ferramentas de gestão e análise de fluxo de caixa podem ser diferenciais na inteligência estratégica do seu empreendimento, que assim como a administração de uma empresa, protege e cuida da saúde do negócio.

Destacamos as cinco principais vantagens quando o assunto é antecipação de recebíveis para o financeiro da sua empresa. Confira: (mais…)

ARTIGO – Use sua inteligência para superar adversidades da pandemia

ARTIGO - Use sua inteligência para superar adversidades da pandemia - saude, artigosFoto: Reprodução/ Vídeo - Instagram

Por Dr. Jô Furlan – médico, escritor e neurocientista.

O isolamento e o distanciamento social provocado pela pandemia de Covid-19 afetou sensivelmente as relações humanas em todo o mundo. Boa parte da contaminação que ocorreu no início de 2021 foi resultado das festas de fim de ano, quando as pessoas estavam exaustas, carentes, desejavam encontrar os entes queridos, queriam beijar, abraçar, festejar. Isso se deu em boa parte dos locais, com a liberação feita progressivamente a partir de setembro, aparentando uma percepção de normalidade.

Entretanto, todos foram surpreendidos com o recrudescimento da pandemia e um aumento  significativo na mortalidade geraram o retorno as medidas de isolamento e distanciamento social. A expectativa pela vacinação no Brasil  tem levado as pessoas ao esgotamento, gerando medo e ansiedade em parte também devido às condições como ficar tanto tempo dentro de casa e só saírem para o essencial.

O que fazer para encarar e superar as adversidades que voltaram em 2021?

Dr. Jô Furlan, médico e neurocientista, criador da teoria da Inteligência Comportamental, aponta a importância de objetivos específicos estabelecidos para que a mente possa trabalhar de forma adequada, buscando soluções e não criando maior atenção ou foco nos problemas. “Quanto mais você conseguir desenvolver sua Inteligência Comportamental, maior será a sua capacidade de transformar sonhos em resultados e objetivos em realização”, orienta. (mais…)

Médica fala sobre alcoolismo e explica qual é a quantidade de álcool diária considerada aceitável

Médica fala sobre alcoolismo e explica qual é a quantidade de álcool diária considerada aceitável - saude, artigosImagem de Michal Křenovský por Pixabay

Por Dra. Lívia Salomé – médica

Embora o consumo de álcool seja algo romantizado em nossa sociedade, sendo, inclusive, associado à juventude, bem-estar, vida social agradável e sucesso pessoal, esta substância é uma droga que, se consumida em excesso, pode provocar inúmeros problemas de saúde física e psicológica.

“Quando há exagero, em vez de trazer felicidade como sugerido pelas campanhas publicitárias, o álcool pode destruir famílias e vidas profissionais”, afirma Dra. Lívia Salomé, médica especialista em Medicina do Estilo de Vida pela Universidade de Harvard e vice-presidente da Regional Minas Gerais do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida.

Conforme ela explica, o alcoolismo é uma doença crônica capaz de levar o paciente a outras complicações orgânicas, como a cirrose e a hepatite. Trata-se de uma condição em que o indivíduo faz uso constante, abusivo e descontrolado desse tipo de bebida. Segundo a médica, aos poucos o organismo perde a sensibilidade ao álcool e o paciente aumenta cada vez mais a quantidade ingerida, o que faz com que seu vício seja progressivo. (mais…)

ARTIGO – Concurso X Pandemia: cuidados no dia da prova

ARTIGO - Concurso X Pandemia: cuidados no dia da prova - direito, artigosImagem de Rudy and Peter Skitterians por Pixabay

*Por Agnaldo Bastos – advogado

A pandemia trouxe diversas mudanças em relação aos concursos públicos, muitos foram adiados e outros até suspensos.  Mesmo com tantas alterações, ainda é necessário que o candidato saiba identificar em todo o edital, as hipóteses que lhe podem ocasionar a eliminação do certame em algumas fases.

Pensando nisso, listei cinco pontos principais que os candidatos podem resguardar seu direito em concursos públicos. Confira:

1- Direito de impugnar o edital: a primeira dica é direito de impugnar o edital. Muitos dos candidatos que prestam concurso público estudam todas as matérias presentes no conteúdo programático, mas não leem todo o instrumento convocatório. (mais…)

Voltar à página inicial