web analytics

Bolsonaro pode se mudar para o Palácio da Alvorada ainda este ano

Foto: Lula Marques/ Fotos Públicas

Militares do governo do presidente Michel Temer (MDB) ofereceram ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) a possibilidade de se mudar imediatamente para o Palácio da Alvorada, que seria sua residência oficial a partir de janeiro.

O imóvel está desocupado desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), há dois anos. Na época, Temer preferiu permanecer no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente.

Também há outras duas alternativas de espaços, em Brasília, que poderiam ser ocupados por Bolsonaro até que ele assuma a Presidência. No entanto, Temer não gostou muito da ideia. Ele teria avisado a auxiliares que talvez tenha que usar o Alvorada para reuniões até o fim do ano.

Fonte: Globo | Redação: Noticias ao Minuto

Bolsonaro faz primeira reunião após eleição para definir indicação de ministros

Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) realizou nesta terça-feira (30) sua primeira reunião depois de eleito para definir os nomes que vão integrar o ministério do seu governo.

O encontro aconteceu no Rio de Janeiro, na casa do empresário Paulo Marinho, aliado de Bolsonaro. Durante a campanha, o presidente eleito afirmou que seu governo deve ter no máximo 15 ministérios.

“Estamos estudando alguns nomes para o ministério, a composição da equipe que vai trabalhar dentro do Palácio”, afirmou. “A prioridade é a conclusão da montagem da equipe”, afirmou Gustavo Bebianno, dirigente do PSL, ao ir para a reunião. (Bahia Noticias)

Bolsonaro faz convite para Moro assumir Ministério da Justiça ou vaga no STF

Foto: Lula Marques/ AGPT

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) fez um convite ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância, e indicou que quer o magistrado no Ministério da Justiça ou como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Em entrevista à Record nesta segunda-feira (29), ele declarou a medida já vinha sendo estudada por ele antes do fim do pleito.

“Agora que passou o período eleitoral eu posso falar. Poderia parecer oportunismo. Eu pretendo indicá-lo sim. Não só para o Supremo, mas também para o Ministério da Justiça. Ele seria de extrema importância para um governo como esse”, declarou Bolsonaro. Questionado se vai governar para as minorias, o presidente eleito perguntou o que seria o grupo. “Nós somos todos, segundo o artigo quinto da Constituição. Não podemos pegar certas minorias e achar que têm superpoderes.  Se conseguirmos igualdade, todos estarão satisfeitos”, afirmou o presidente.

Sobre a questão armamentista, Jair Bolsonaro respondeu sobre possíveis riscos com o alto número de pessoas armadas com a liberação. Para ele, é necessário “abandonar o politicamente correto”. “Se for pensar dessa maneira, tem que proibir dirigir carro no Brasil. Quem quiser ter uma arma, tem que ser responsabilizado por ela. Quem quer fazer maldade não precisa comprar arma no mercado. E fácil adquiri no mercado paralelo. Temos que abandonar o politicamente correto. Mais do que garantir a vida, uma arma de fogo garante a liberdade do povo”, finalizou. (Metro1)

Saiba como Lula recebeu o resultado das eleições presidenciais

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Luiz Inácio Lula da Silva recebeu com “tranquilidade” a notícia da derrota de Fernando Haddad para Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais. Quem revelou a reação do ex-presidente foi Emídio de Souza, secretário nacional de finanças do PT.

Emídio se reuniu com Lula na manhã desta segunda-feira (29), na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde o ex-presidente está preso. O advogado Luiz Eduardo Greenhalgh também participou da reunião, que durou cerca de três horas.

“Ninguém fica contente com um resultado desses. Mas normal, tranquilo. Em uma longa trajetória, já ganhamos e já perdemos”, afirmou o secretário do PT, que também atuou como conselheiro de Haddad na campanha petista. A próxima visita que Lula deve receber na prisão é a de Fernando Haddad. A expectativa é que o presidenciável derrotado visite o líder petista na terça (30) ou na quarta-feira (31).

Redação: Noticias ao Minuto | Fonte: UOL

Trump diz que vai trabalhar com Bolsonaro nas áreas do comércio e das Forças Armadas

Foto: Departamento de Estado/ Domínio Público

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (29), que vai trabalhar com o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, nas áreas do comércio e das Forças Armadas. Candidato do PSL derrotou Fernando Haddad (PT), no segundo turno, com 55% dos votos. “Tive uma ótima conversa com o recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que venceu a disputa com uma diferença substancial. Concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão juntos no comércio, Forças Armadas e tudo mais!”, afirmou no Twitter.

Trump declarou ainda que parabenizou Bolsonaro pela vitória e os dois tiveram uma “excelente” conversa telefônica. No domingo, Bolsonaro já tinha afirmado que Trump lhe desejou boa sorte. “Acabei de receber ligação de alguns líderes. Entre eles, o presidente dos Estados Unidos acabou de ligar, nos desejou boa sorte, e obviamente foi um contato bastante amigável”, disse o presidente recém-eleito, em uma transmissão ao vivo feito via rede social.

No Twitter, Bolsonaro afirmou que manifestou o “desejo de aproximar ainda mais estas duas grandes nações” para avançar “no caminho da liberdade e da prosperidade!”. Vários líderes e governos estrangeiros se manifestaram sobre a vitória de Bolsonaro e o presidente recém-eleito voltou a afirmar que tem a intenção de se “aproximar de vários países do mundo sem o viés ideológico”. (mais…)

Eleições 2018: Saiba como consultar seu local de votação para o 2º Turno

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Esqueceu o seu local de votação? Não se preocupe! O processo de consulta é simples e pode ser realizado através da internet, pelo site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-Ba) e evita atrasos desnecessários no dia do segundo turno (28 de outubro).

Para pesquisar, basta preencher um pequeno formulário com informações simples, como nome completo, data de nascimento e nome da mãe. Outra opção é por meio do aplicativo E-título, que também oferece opção de consulta ao local de votação. A versão digital do título está disponível para iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets.

A Justiça Eleitoral orienta os eleitores para que busquem saber, antes de sair de casa, o local de votação para garantir maior tranquilidade no dia da eleição. Em toda a Bahia, foram promovidos rezoneamentos recentes, sendo um 2016 e outro em 2017. O rezoneamento pode alterar tanto os locais de votação quanto os números de zona e seção eleitoral do eleitor. (Ibahia)

Propaganda eleitoral no rádio e TV termina nesta sexta

Fotos: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil | Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

Nesta sexta-feira (26), a dois dias do segundo turno das eleições, serão exibidos  os últimos programas do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV. Hoje também é o último dia para divulgação de campanha paga na imprensa. Sábado – Pelo calendário eleitoral, no sábado (27), véspera da votação, é o último dia para propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificadores de som, entre 8h e 22 horas. O prazo é o mesmo para a distribuição de material gráfico, caminhada, carreata, passeata ou para uso de carro de som com músicas ou mensagens de candidatos.

Domingo – No domingo (28), podem ser divulgadas as pesquisas de intenção de voto realizadas neste sábado (27), para todos os cargos. As de boca de urna, feitas no dia da eleição, só podem ser conhecidas após encerrado o pleito. No caso de presidente, em razão das diferenças de fuso horário, a divulgação só poderá ser feita quando acabar a votação em todo o território nacional. Nas disputas para governador, a divulgação das pesquisas pode feita após as 17 horas do horário local.

No dia das eleições é proibida a aglomeração de pessoas com camisetas padronizadas com o nome de um candidato que caracterize manifestação coletiva. No domingo, os eleitores podem se manifestar usando camisetas, broches ou bandeiras com nome do partido ou candidato de sua preferência desde que de forma  individual e silenciosa. A legislação sobre consumo de bebida alcoólica no período de votação – chamada de Lei Seca – não é determinada pelo TSE. Ela varia de acordo com o estado e fica a cargo dos Tribunais Regionais Eleitorais. (Agência Brasil)

SAJ: Ex-prefeito é multado e deve devolver R$ 80 mil à cidade

Foto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou procedente o termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Euvaldo de Almeida Rosa, por desvio de finalidade legal em licitações. O relator do parecer, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, multou o gestor em R$ 8 mil e determinou o ressarcimento, com recursos pessoais, no valor de R$ 80 mil. Cabe recurso da decisão.

Além da multa, foi determinada na sessão desta terça-feira (23), a formulação de representação ao Ministério Público Estadual (MPE) contra o ex-gestor, para que se apure eventual prática de ato ilícito ou de improbidade administrativa. A irregularidade foi constatada durante a análise da prestação de contas do convênio firmado entre a prefeitura e a Associação Comercial e Empresarial de Santo Antônio de Jesus, em 2012.

O objetivo era a aquisição de equipamentos para implantação do Projeto “Olho Vivo SAJ”. O que se constatou foi a burla ao dever de licitar da administração, mediante a celebração do convênio, com desvio de finalidade. (Bahia Noticias)

Flávio Bolsonaro diz que teve conta do WhatsApp banida

Foto: Rafael Wallace/ Alerj/ Fotos Públicas

Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), usou sua conta no Twitter para informar que está com o WhatsApp bloqueado. O fato ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (19). “A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma”, diz o post.

A Folha de S.Paulo entrou em contato com o aplicativo para apurar o fato, mas ainda não obteve resposta. O WhatsApp enviou notificação extrajudicial para as agências Quickmobile, Yacows, Croc services e SMS Market determinando que parem de fazer envio de mensagens em massa e de utilizar números de celulares obtidos pela internet, que as empresas usavam para aumentar o alcance dos grupos na rede social.

A empresa também baniu as contas do WhatsApp associadas a essas agências. Reportagem publicada pela Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (18), mostrou que empresas bancaram uma campanha de mensagens anti-PT com pacotes de disparos em massa. A prática é ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada. (Noticias ao Minuto)

Polícia Federal encontra indícios de participação do PCC no ataque a Bolsonaro

Foto: @jairbolsonaro/ Fotos Públicas

A Polícia Federal encontrou indicios de participação da facção criminosa PCC no atentado contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo o site O Tempo, há indícios “fortíssimos” de que a organização criminosa tem dado auxílio Adélio Bispo de Oliveira, que é acusado de esfaquear o capitão da reserva. Ainda de acordo com a publicação, Klayton Ramos de Souza, que é membro do PCC, é amigo de Adélio.

Os dois se conheceram em Montes Claros, onde ambos nasceram e cresceram. Até este ano, ainda mantinham contato por meio de redes sociais. A atuação dos quatro defensores de Adélio também intriga, já que os advogados cobram caro aos clientes. (Metro1)

Amargosense é eleita deputada federal pelo PT no Mato Grosso

Foto: Divulgação

A professora Rosa Neide Sandes de Almeida, teve 51.015 votos para Deputada Federal no Mato Grosso, sendo a 8ª mais votada no estado e a primeira colocada pelo Partido dos Trabalhadores.

Ela é Servidora Pública Estadual, tem 55 anos e é natural de Amargosa na Bahia. “O espaço para as mulheres nas legislaturas ainda é pequeno, embora elas representem mais de 50% do eleitorado. Uma das minhas bandeiras será a defesa dos direitos e o empoderamento da mulher para que ela se sinta representada”, disse a deputada federal eleita.

Ela disse ainda que a educação e a justiça social estarão à frente dos posicionamentos dela na Câmara Federal. “Penso que, com o investimento em educação, é possível melhorar todas as áreas, inclusive o respeito à mulher”. Paulo Leite, Vereador do Partido dos Trabalhadores de Amargosa, inclusive já protocolou na Câmara de Vereadores uma Moção de Aplauso homenageando a nova Deputada Federal Amargosense. (Criativa On Line)

‘Sou a pessoa que mais sofre bullying’, diz Melania Trump

Foto: Andrea Hanks/ Casa Branca/ Fotos Públicas

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, afirmou que é a pessoa “que mais sofre bullying no mundo”. Em uma rara entrevista à emissora “ABC”, a esposa do presidente Donald Trump também afirmou que há pessoas na Casa Branca em quem não se pode confiar”.

Eu poderia dizer que sou a pessoa que mais sofre bullying no mundo”, declarou Melania, ao comentar seu projeto social, o “Be Best”, que combate o cyberbullying. “Precisamos educar as crianças sobre comportamento emocional, para que, quando cresçam, elas saibam lidar com essas questões”, acrescentou.

Na mesma entrevista, Melania alertou que há pessoas na Casa Branca em quem Trump não pode confiar. Sem citar nomes, ela disse que sempre avisa o marido sobre esses funcionários.    Recentemente, um dirigente de alto escalão do governo publicou, sob anonimato, um artigo no jornal “The New York Times” que diz que parte da Casa Branca trabalha para “proteger o país das piores inclinações” do presidente. (ANSA)

PSC confirma apoio a Bolsonaro no segundo turno

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O PSC confirmou que irá apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. A decisão foi tomada por unanimidade, em reunião da executiva nacional do partido. Na Bahia, a legenda já caminhava para o apoio ao candidato do PSL, com o apoio declarado do candidato Irmão Lázaro (PSC) ao presidenciável desde o primeiro turno.

Em nota, o PSC afirmou que defende ideias liberais na economia e conservadoras nos costumes. Por isso, argumentou, a candidatura do Bolsonaro é a que mais atende as demandas do partido. “O PSC, um partido que defende bandeiras liberais na economia e conservadoras nos costumes, tem certeza de que as propostas do candidato do PSL são as melhores para o Brasil”, disse o partido, no comunicado.

Conforme a nota da legenda, o apoio do PSC à candidatura do PSL vai se refletir nas campanhas ao governo do Estado do Rio de Janeiro, 3º maior colégio eleitoral do país, com Wilson Witzel, e do Amazonas, com o candidato Wilson Lima. (Bahia.Ba)

Presidente nacional do DEM, ACM Neto decide apoiar Jair Bolsonaro no segundo turno

Foto: Orlando Brito/ DEM

Prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto anunciou que irá apoiar Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais deste ano. Durante uma coletiva de imprensa no Hotel Golden Tulip, nesta quarta-feira (10), o ex-coordenador da campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB) declarou sua posição individual em favor do adversário de Fernando Haddad (PT) no pleito.

Como presidente nacional da legenda, Neto conduziu o processo dentro do partido que optou pela neutralidade no segundo turno (veja aqui). O DEM não escolheu nem Haddad, nem Bolsonaro e liberou os líderes e militantes da sigla para escolherem livremente entre as opções. Ao declarar seu voto, o prefeito falou sobre o que esperam seus eleitores. “A população espera tudo de mim, menos que eu me omita. Quem me conhece sabe que toda minha história foi marcada por ter posições e defender as posições que adoto. Não vai ser deferente agora”, declarou. “Num momento tão importante para a história do Brasil, esse é o momento em que as pessoas na vida pública precisam adotar suas posições, justifica-las e defendê-las. Dada a circunstância, nesse segundo turno eu irei votar em Jair Bolsonaro”, continuou Neto.

Durante a campanha, no primeiro turno, o prefeito de Salvador chegou a gravar um vídeo para a campanha “Eles Não”, puxando voto contra Haddad e Bolsonaro e fez duras críticas contra o capitão de reserva. No período de tessitura das alianças do centrão, Neto também não teria descartado um apoio do DEM à candidatura de Ciro Gomes (PDT). (Bahia Noticias)

Líder do MBL, Kim Kataguiri anuncia candidatura à presidência da Câmara

Foto: Reprodução/ Instagram

Um dos fundadores do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri (DEM) anunciará nesta segunda (08), sua candidatura à Presidência da Câmara, atualmente comandada pelo correligionário Rodrigo Maia. Ele foi o quarto deputado federal mais bem votado no estado de São Paulo.

“Regimentalmente, não preciso da autorização de ninguém. Meu partido é o MBL, e nele eu tenho consenso”, disse Kim, em entrevista à Folha. Ele é um dos apoiadores do candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, cuja legenda conseguiu o segundo maior número de deputados eleitos, atrás apenas do PT.

Ele ainda afirma que pretende chegar à liderança da Casa “com pressão das redes sociais e apoio dos novos parlamentares direitistas”. Já o DEM tem a nona maior bancada da nova legislação, empatado com o PSDB, com 29 parlamentares cada. O resultado foi uma queda para as duas legendas, que hoje têm, respectivamente, 43 e 49 deputados. (Bahia.Ba)

Ao JN, Haddad volta atrás sobre constituinte e defende reforma tributária por emenda

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

Candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad (PT) declarou em entrevista ao Jornal Nacional (JN), nesta segunda-feira (08), que voltou atrás na proposta de puxar uma assembleia constituinte para elaboração de uma nova Constituição. No lugar da ideia defendida no primeiro turno, o petista propôs reformas por meio de emendas, caso seja eleito.

“Revimos nosso posicionamento e queremos pautar reformas, como uma reforma tributária. Quem sustenta hoje o Brasil é o pobre, que paga o maior imposto sobre a renda. As reformas serão feitas por emenda constitucional, que prevê isenção de imposto de renda para quem ganha até cinco salários mínimos”, prometeu Haddad em entrevista ao JN.

O postulante também defendeu investimentos em educação e na geração de emprego como soluções para o Brasil. “Com espírito desarmado, vamos trabalhar para garantir carteira de trabalho em uma mão e um livro no outro”, falou Haddad, em alusão ao projeto de flexibilização do porte de armas defendido pelo adversário de segundo turno, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL). (Bahia Noticias)

Voltar à página inicial