Jequié: Vídeo mostra suposta negociação de propina com prefeito; gestor nega ocorrido

Jequié: Vídeo mostra suposta negociação de propina com prefeito; gestor nega ocorrido - politica, jequie, destaqueImagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma cena de uma suposta negociação de propina que envolve o prefeito de Jequié, no sudoeste baiano, Sérgio da Gameleira, e um fornecedor. O diálogo ocorre dentro de um carro. O gestor está de costas no banco do motorista. No carro há ainda duas pessoas, uma no carona e outra no banco de trás, que faz as imagens.

Uma das pessoas pergunta ao prefeito: “E como é que eu faço?”, o que o administrador diz: “O quê?”, o interlocutor acrescenta: “O meu, que ele ficou de me dar, que já venceu foi pra janeiro?”. Gameleira volta a perguntar: “De quê? De Luiz?”. O homem afirma: “Sim. Ele tá dizendo, ‘o Sérgio não passou, Bruno’”. Nesta quarta-feira, dia 19, Gameleira afirmou que a conversa não tem relação com a gestão dele, e sim sobre assuntos pessoais.

Gameleira disse nesta quarta-feira, dia 19, que o caso se trata de uma armação contra ele. Segundo o gestor, a situação ocorreu quando ele procurou um agiota para resolver assuntos pessoais. O vídeo também estaria editado. O prefeito ainda declarou que o irmão dele foi procurado dias antes por uma pessoa que exigiu dinheiro para não divulgar as imagens. Sérgio da Gameleira também afirmou que o material teria relação com opositores interessados no desgaste dele.

Redação: Bahia Noticias | Informações: Rádio 93 FM

Michelle Bolsonaro pede outro lugar para trabalhar

Michelle Bolsonaro pede outro lugar para trabalhar - politicaFoto: Carolina Antunes/ PR

Michelle Bolsonaro pediu uma nova sala para abrigar a equipe do programa Pátria Voluntária, coordenado por ela. A solicitação foi feita após a polêmica de que a biblioteca da Presidência da República, localizada no Palácio do Planalto, seria reduzida pela metade para abrigar a primeira-dama.

nesta segunda-feira, dia 17, Michelle se reuniu com o ministro da Secretaria-Geral, Jorge Oliveira, responsável pela biblioteca, e se queixou da repercussão negativa. Ela também pediu que sua equipe fosse alocada em outro espaço. A informação foi publicada pela revista “Crusoé”.

De acordo com a coluna Bela Magale, assessores do Planalto informaram que um novo local está sendo providenciado para abrigar a primeira-dama e sua equipe. Com isso, a biblioteca deve voltar a ter seu tamanho original.

Metro1

Eleitor tem até maio para regularizar título

Eleitor tem até maio para regularizar título - politicaFoto: Cecília Bastos/ USP Imagens

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país. No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições. A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

Agência Brasil

Temer diz que encerrou carreira política e afirma não ser mais candidato

Temer diz que encerrou carreira política e afirma não ser mais candidato - politicaFoto: José Cruz/ Agência Brasil

O ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou que não tem mais nenhuma intenção de concorrer a eleições, dentre as quais ao Palácio do Planalto, onde ocupou a cadeira entre agosto de 2016 e dezembro de 2018, após o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Para ele, depois de usar a faixa presidencial, não existe mais cargo a ocupar politicamente.

“A essa altura, eu não tenho nenhuma intenção [de ser candidato]. Até porque, quem chegou à Presidência da República, em primeiro lugar, não pode ocupar outro cargo. Em segundo lugar, tem que ser de uma discrição absoluta. O que eu tenho procurado fazer”, disse Temer em entrevista. “Eu já fui de tudo”, declarou.

O ex-presidente acrescentou que pretende se manter o mais discreto possível porque considera este o papel a ser desempenhado por quem foi presidente da República. Temer entrou para a vida pública em 1983 ao ser nomeado procurador-geral do Estado de São Paulo pelo governador Franco Montoro. Ele foi deputado constituinte, presidiu a Câmara dos Deputados três vezes, foi vice-presidente e presidente da República. Também comandou o PMDB por 15 anos, quando o partido era o maior do Brasil.

Redação: Bahia.Ba | informações: UOL

Regina Duarte acerta distrato com a Globo

Regina Duarte acerta distrato com a Globo - politicaFoto: Marcos Corrêa/ PR

A atriz Regina Duarte acertou o distrato com a Globo para assumir a Secretaria Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro.

Regina teria que rescindir seu contrato vitalício para poder assumir um cargo público. Segundo a assessoria de imprensa, faltam apenas detalhes que estão sendo fechados.

Regina se reuniu com a cúpula da emissora esta semana, no Rio de Janeiro, para tratar do tema. De acordo com a jornalista Monica Bergano, a Comunicação da Globo disse que ainda não tem a confirmação da chegada de um acordo.

Bahia.Ba

Senado americano absolve presidente Donald Trump e encerra processo de impeachment

Senado americano absolve presidente Donald Trump e encerra processo de impeachment - politica, mundoFoto: Isac Nóbrega/ PR

O Senado americano absolveu o presidente Donald Trump das acusações de abuso de poder e obstrução de Justiça, encerrando o processo de impeachment.

Na acusação de abuso de poder, o placar final foi de 52 votos pela inocência, e de 48 pela culpa. Eram necessários 67 votos, uma maioria de dois terços, para que o presidente fosse removido cargo.

Na segunda votação, na acusação de obstrução de Justiça, o placar foi de 53 a 47.

Metro1

Rui disponibiliza seu nome ao PT para disputar Presidência em 2022

Rui disponibiliza seu nome ao PT para disputar Presidência em 2022 - politicaFoto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O governador Rui Costa (PT) garantiu em entrevista ao bahia.ba nesta terça-feira, dia 04, que seu nome está disponível para disputar a Presidência em 2022. Segundo petista, tudo depende da vontade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Sim, meu nome está disponível. Sou militante do partido. Portanto, o que a direção nacional, o que o presidente Lula desejar pra 2022, eu seguirei. Se a vontade for outro nome, eu apoiarei. A minha vaidade está um degrau abaixo do projeto coletivo. Eu não deixo subir poder ou vaidade a minha cabeça. Não sou candidato de qualquer jeito. Sou candidato se o presidente Lula e o PT quiserem”, afirmou.

Rui disse ainda que vê com naturalidade o nome do candidato derrotado em 2018, Fernando Haddad (PT), na disputa pelo Palácio do Planalto no próximo pleito. “Claro que é natural. Haddad foi candidato à Presidência, foi pro segundo turno, como não é natural alguém que foi pro segundo turno na próxima eleição se candidatar novamente?”, defendeu.

Bahia.Ba

Bolsonaro passa por procedimento de vasectomia

Bolsonaro passa por procedimento de vasectomia - politicaFoto: Alan Santos/ PR

O presidente Jair Bolsonaro, 64 anos, se submeteu nesta quinta-feira, dia 30, a uma vasectomia, procedimento médico de esterilização para homens que não desejam ter mais filhos biológicos. A operação foi feita no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, logo depois que Bolsonaro retornou de Minas Gerais, onde passou a tarde discutindo providências para a questão das enchentes. É a segunda vez que o presidente se submete a esse procedimento.

Ao contrário de outras vezes em que o presidente passou por procedimentos médicos, o Planalto não emitiu nota oficial. Auxiliares limitaram-se a dizer que ele havia ido fazer exames, e a orientação era de manter sigilo sobre a ida ao hospital. Ao sair da unidade, Bolsonaro fez questão de caminhar até o carro, lentamente, com um dos braços apoiado sobre um assessor.

Durante a campanha presidencial, em 2018, Bolsonaro divulgou um vídeo no qual aparecia ao lado da filha, Laura, hoje com dez anos. Nas imagens, ele relatava ter desfeito uma vasectomia para que a mulher, Michelle Bolsonaro, pudesse engravidar.

Metro1

Regina Duarte aceita convite para Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro

Regina Duarte aceita convite para Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro - politica, celebridadeFoto: Marcos Corrêa/ PR

A atriz Regina Duarte decidiu aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro e será oficializada como nova secretária especial de Cultura. Ela se reuniu nesta quarta-feira, dia 29, com o chefe do Palácio do Planalto, quando confirmou a jornalista que irá assumir o cargo que integra o Ministério do Turismo. “Sim [aceitei], só que agora vão ocorrer os proclamas [trâmites formais] antes do casamento”, disse ao deixar a sede do Executivo federal.

Regina, contudo, não sinalizou quando deverá ser nomeada. Ela estava acompanhada da reverenda Jane Silva, que foi nomeada secretária especial adjunta de Cultura. O presidente Jair Bolsonaro também confirmou o “sim” de Regina, sem dar prazo para que ela assuma as funções. “Está tudo certo, está caminhando, ela está acertando as questões pessoais dela. Não tem prazo”, afirmou ao chegar no Palácio do Alvorada, residência oficial, depois do encontro com a atriz.

Aos 72 anos, a atriz foi convidada pelo presidente para assumir o cargo de secretária especial da Cultura após a exoneração de Roberto Alvim, no último dia 17 de janeiro, após divulgar propaganda com cunho nazista.

Bahia.Ba

Deputado brasileiro veste máscara de Coringa em assembleia

Deputado brasileiro veste máscara de Coringa em assembleia - politicaFoto: Reprodução/ Vídeo

Rodrigo Maroni (Podemos), deputado do Rio Grande do Sul, vestiu a máscara do Coringa de Joaquin Phoenix enquanto discursava ao vivo em assembleia realizada nesta quarta-feira, dia 28.

“Teve um filme Coringa, lançado para dizer exatamente que nós somos sem educação, sem segurança, sem saúde pública”, comparou Maroni, antes de tirar a máscara de Coringa de uma sacola amarela e vesti-la. “Vamos ter uma sociedade de Coringas que vão se matar por falsas perspectivas de emprego. E, por isso, quero fazer uma manifestação para ficar na história”, afirmou.

Enquanto saía do palanque, tomado pelo calor do momento, o deputado foi alertado pelo líder da Sessão Extraordinária de que “esse tipo de indumentária” não é permitida na Tribuna do Regimento, “apenas palavras.”

MSN Notícias

Moro afirma que vaga no STF é ‘natural’ e promete apoiar reeleição de Bolsonaro por ‘lealdade’

Moro afirma que vaga no STF é 'natural' e promete apoiar reeleição de Bolsonaro por 'lealdade' - politicaFoto: Wilson Dias/ Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro disse nesta segunda-feira, dia 27, em entrevista, que continuará no governo e ainda prometeu apoiar o presidente Jair Bolsonaro nas próximas eleições presidenciais. Moro chegou a brincar que “é o segundo Dia do Fico”, ao citar o episódio da história do Brasil no qual D. Pedro 1º se recusou a retonar a Portugal, que ficou conhecido como “Dia do Fico”.

Ao ser questionado se pretende concorrer à presidência nas próximas eleições, Moro afirmou que irá apoiar a reeleição do atual mandatário por “questão de lealdade”. Moro também foi respondeu sobre a possibilidade de ser indicado por Bolsonaro a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Para ele, essa é uma “perspectiva interessante” e natural na sua carreira.

“É uma perspectiva que pode ser interessante, natural na minha carreira. Venho da magistratura, seria algo interessante. Mas a escolha evidentemente cabe ao presidente da República. Ele tem a possibilidade de me indicar, pode indicar outras pessoas… Se fala no AGU [advogado-geral da União], André Mendonça, pessoa muito qualificada, se fala no Jorge Oliveira, ministro [da Secretaria-Geral da Presidência] muito competente do governo, mas tem outros nomes”, declaro o ministro. “Acho que o presidente só vai realmente fazer essa escolha no momento apropriado. Agora, dizer assim, que não gostaria, é claro que gostaria”, completou.

Redação: Bahia.Ba | Reportagem: Jovem Pan

EUA acenam para Bolsonaro e apoiam candidatura do Brasil na OCDE no lugar da Argentina

EUA acenam para Bolsonaro e apoiam candidatura do Brasil na OCDE no lugar da Argentina - politicaFoto: Alan Santos/ PR

Os Estados Unidos decidiram formalizar a prioridade do ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Segundo o jornal Folha de S. Paulo, os americanos entregaram uma carta à organização oficializando que querem que o país seja o próximo país a iniciar o processo de adesão à entidade.

A embaixada americana em Brasília fez um aceno ao governo de Jair Bolsonaro, já que a entrada do Brasil significaria a ocupação da vaga que era da Argentina na fila de postulantes a um lugar no chamado clube dos países ricos. “Os EUA querem que o Brasil se torne o próximo país a iniciar o processo de adesão à OCDE. O governo brasileiro está trabalhando para alinhar as suas políticas econômicas aos padrões da OCDE enquanto prioriza a adesão à organização para reforçar as suas reformas políticas”, disse a embaixada dos EUA.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, enviou em outubro um documento ao secretário-geral da entidade, Angel Gurria, em que dizia que Washington defendia as candidaturas imediatas apenas de Argentina e Romênia, movimento que causou atritos diplomáticos por conta do alinhamento de Bolsonaro com o presidente dos EUA, Donald Trump. A parceria não estaria trazendo os resultados esperados, embora Pompeo tenha dito que a carta não representava “com precisão” a opinião americana diante da falta de um endosso mais explícito ao Brasil.

Metro1

SAJ: Pedro de Teca externa satisfação por estar ao lado do prefeito

SAJ: Pedro de Teca externa satisfação por estar ao lado do prefeito - saj, politicaFoto: Arquivo Pessoal

O vereador Pedro de Teca externou nas redes sociais sua satisfação por ter estado ao lado do prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade, na entrega do Ginásio de Esportes Valdemar Queiroz, na noite da última quinta-feira, dia 09.

“Tive a honra de está ao lado do Prefeito Rogério Andrade, demais autoridades políticas e lideranças da base do governo do Estado para entregar a população santoantoniense um importante equipamento para o esporte da nossa cidade, que é o Ginásio Valdemar Queiroz completamente reformado”, disse o vereador.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia Na Web

SAJ: Deputado Alan Sanches declara Careca como pré-candidato a prefeito

SAJ: Deputado Alan Sanches declara Careca como pré-candidato a prefeito - saj, politicaFoto: Reprodução/ Vídeo/ Infosaj

Na manhã da ultima segunda-feira, dia 06, durante o evento de anuncio da pré-candidatura de Bruno Reis para prefeitura de Salvador para o pleito de 2020, anunciado pelo atual prefeito ACM Neto (DEM), o deputado estadual Alan Sanches (DEM), aproveitou e afirmou que o empresário Luiz Cláudio, o popular “Careca” (DEM), será o pré-candidato de Santo Antônio de Jesus.

De acordo com o parlamentar, o trabalho a seguir será realizar a pré-candidatura de Careca, “ele já é o nosso nome, contudo, é um processo de construção. Ele sempre esteve trabalhando na política, por isto, nesses meses finais vamos construir e finalizar essa candidatura com afinco. Vamos pedir sabedoria a Deus, para que a gente continue fazendo esse trabalho com os pés no chão e que as oposições se unam e apoiem nossa candidatura”, frisou.

Voz da Bahia

Bolsonaro diz que jornalista brasileiro é ‘raça em extinção’

Bolsonaro diz que jornalista brasileiro é 'raça em extinção' - politicaFoto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta segunda-feira, dia 06, que os jornalistas brasileiros são uma “raça em extinção” e acusou o jornal Folha de S. Paulo de escrever mentira. Ele disse a um grupo de eleitores, na entrada do Palácio da Alvorada, que cada vez menos pessoas confiam na imprensa e que a leitura diária de jornais envenena e desinforma.

 “Quem não lê jornal não está informado. E quem lê está desinformado. Tem de mudar isso. Vocês são uma espécie em extinção. Eu acho que vou botar os jornalistas do Brasil vinculados ao Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente]. Vocês são uma raça em extinção”, afirmou.

O ataque ao presidente foi direcionado a uma reportagem do UOL, que tem participação acionária minoritária e indireta da Folha. A matéria lembra que, apesar de estimular os eleitores a não votarem em candidatos que utilizarem o fundo eleitoral, Bolsonaro usou  recursos do fundo em sua campanha a deputado federal em 2014. A reportagem refere-se a repasse de verba ao PP, partido ao qual ele era filiado à época. (mais…)

Ministro diz que Brasil não reconhece resultado da eleição para o Congresso da Venezuela

Ministro diz que Brasil não reconhece resultado da eleição para o Congresso da Venezuela - politicaFoto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou neste domingo, dia 05, em uma rede social que o Brasil não reconhecerá o resultado para a Assembleia Nacional da Venezuela. Segundo o governo de Nicolás Maduro, o deputado Luis Parra, pró-governo, saiu vitorioso. Com isso, se tornou o novo chefe do Poder Legislativo no país. Principal líder oposicionista e autoproclamado presidente da Venezuela desde 2019, Juan Guaidó disse ter sido impedido de votar, e a oposição passou a dizer que houve um “golpe” na eleição.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Ernesto Araújo, neste domingo escreveu: “Em Caracas hoje, Maduro tenta impedir, à força, votação legítima na Assembleia Nacional e reeleição de Juan Guaidó para a presidência da AN [Assembleia Nacional] e do governo interino, crucial para a redemocratização do país. Brasil não reconhecerá qualquer resultado dessa violência e afronta à democracia”.

O governo brasileiro reconhece Juan Guaidó como presidente da Venezuela desde janeiro do ano passado. Em fevereiro de 2019, o presidente Jair Bolsonaro o recebeu no Palácio do Planalto, em Brasília. A Venezuela enfrenta uma crise política, econômica e social. Adversários políticos acusam o governo Maduro de perseguição; a inflação no país estava em 815.194%; e milhares de cidadãos têm fugido para outros países, entre os quais o Brasil. Reeleito presidente, Maduro se diz alvo de perseguição e afirma que há uma tentativa de golpe no país articulada pelos Estados Unidos.

Agência Brasil/ Portal G1

Voltar à página inicial