web analytics

Em campanha, Haddad vai prometer dar perdão judicial a Lula caso seja eleito

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O candidato a vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Fernando Haddad, deve adotar a estratégia de dizer que dará perdão judicial ao petista, quando assumir a cabeça da chapa presidencial em face do provável indeferimento da candidatura de Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o programa de TV de Haddad será direto: “Quer Lula livre? Vote Haddad”.

Atual vice de Lula, o ex-prefeito de São Paulo é o plano B para as eleições deste ano. Caso o ex-presidente tenha candidatura indeferida, ele entra na disputa como substituto, tendo como vice a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB). (Bahia Noticias)

Vice de João Henrique usa selfie em foto para urna

Foto: Reprodução/ Divulgacand

Arranjada às pressas para compor como vice a chapa do candidato ao governo João Henrique (PRTB), a advogada Antônia Maria dos Santos sequer teve tempo de caprichar na foto enviada à Justiça Eleitoral, que serve também como imagem que vai aparecer na urna.

Presidente do PRTB de Alagoinhas, ela aparece em uma suposta selfie no Divulgacand, sistema que apresenta informações sobre todos aqueles que pediram registro de candidatura.

Dra. Antônia, como aparecerá na urna, foi anunciada vice na chapa do ex-prefeito de Salvador na última segunda-feira (13), dois dias antes do fim do prazo para os partidos e coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos. Inicialmente, o posto seria ocupado por Alberto Pimentel, mas a direção do PSL decidiu retirar sua indicação. (Bahia.Ba)

‘Repudiamos a conduta dele’, diz presidente do PSL na BA sobre Kannário

Foto: Reprodução/ Instagram

O PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, não digere bem a candidatura do vereador de Salvador, Igor Kannário (PHS) a deputado federal na coligação com o PRTB e PPS. A legenda tem recebido manifestações contrárias à presença no grupo do cantor conhecido como “Príncipe do Guetto”.

“Repudiamos a conduta dele”, disse a presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel. A dirigente diz que a legenda busca conversar com o PHS, mas entende que ele é apto a se candidatar. “E nós vamos lutar para que os votos dele eleja alguém de bem. Ele é nosso concorrente”, disse ela.

Embora fechada nacionalmente junto ao PRTB, no estado, a coligação que incluiu o PPS e PHS passou pela retirada da candidatura do vice de João Henrique, que era do PSL e acabou sendo substituído por um membro do próprio PRTB. Além disso, o PSL baiano também ainda não definiu quem irá apoiar no pleito ao Palácio de Ondina, mesmo com o ex-prefeito de Salvador dizendo que se tornaria “favorito” com o apoio de Bolsonaro. (Bahia.Ba)

General Mourão é o candidato a vice mais bem avaliado, aponta Paraná Pesquisas

Foto: ADC/ Domínio Público/ Wikimedia Commons

O candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Jair Bolsonaro (PSL), General Mourão (PRTB), é o mais bem avaliado, conforme levantamento do Paraná Pesquisas, divulgado nesta quarta-feira (15).

Em segundo lugar, Fernando Haddad (PT), candidato a vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tem 12,3%. Ana Amélia, do PP, que compõe a chapa presidencial com Geraldo Alckmin (PSDB), tem 9,8%. Kátia Abreu, de Ciro Gomes (PDT), completa o top 4, com 2,7%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 13 de agosto de 2018, com 2.002 eleitores de todo o Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o n.º BR-02891/2018 para o cargo de presidente. (Bahia Noticias)

PT registra nesta quarta-feira a candidatura de Lula no TSE

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

O Partido dos Trabalhadores vai registrar a candidatura de Lula no Tribunal Superior Eleitoral nesta quarta-feira (15), data limite para o registro. O PT convocou a militância e pretende transformar o registro, que ocorrerá em Brasília, em um grande ato em apoio ao ex-presidente, que está preso em Curitiba.

Condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro e enquadrado na Lei da Ficha Limpa, Lula pode ter sua candidatura impugnada. A ministra do STF Rosa Weber, que assumiu o comando do TSE, falou sobre o caso.

“Se não houver impugnação, pode haver o exame de ofício. Não será uma impugnação, será um indeferimento de ofício à compreensão de que não estão presentes as condições de eligibilidade” disse a magistrada, segundo o site Poder 360. (Noticias ao Minuto)

Bolsonaro registra candidatura à presidência no TSE

Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados

O PSL pediu nesta quarta-feira (14), o registro do deputado federal Jair Bolsonaro como candidato da legenda à Presidência da República. Ele é o sétimo nome a ser registrado e tem como vice o general Hamilton Mourão, filiado ao PRTB. Em sua declaração de bens, Bolsonaro, que é capitão da reserva do Exército, informou ter um patrimônio avaliado em R$ 2,286 milhões, a maior parte em imóveis e veículos. Mourão informou ter R$ 414,4 mil.

Bolsonaro, de 63 anos, está no sétimo mandato como deputado federal e concorre pela primeira vez à Presidência. Segundo dados do TSE, até hoje, além de sete candidatos a presidente e sete a vice-presidente, já foram solicitados registros de candidatos a governador (87), a vice-governador (87), a senador (155), a deputado federal (3.461), a deputado estadual (6.813) e a deputado distrital (285), além de 311 para suplentes de senadores.

O prazo para requerer o registro termina às 19h de amanhã (15) e o TSE tem até 17 de setembro para apreciar todos os pedidos, que podem ser alvo de impugnação (questionamento) por parte de coligações, partidos e candidatos adversários, bem como do Ministério Público Eleitoral. (Bahia.Ba)

Plano B de Lula, Haddad não pode utilizar ‘vaquinha’ do ex-presidente

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, não vai poder utilizar a “vaquinha virtual” da campanha do ex-presidente Lula, caso o substitua na corrida ao Palácio do Planalto. Até o momento, o partido já arrecadou R$ 500 mil por meio da ferramenta.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determina que a “vaquinha” só pode ser utilizada pelo próprio candidato. Se não confirmar a candidatura de Lula até a quarta-feira (15), prazo final para o registro, o PT terá de devolver o dinheiro aos doadores. (Bahia.Ba)

Primeiro debate presidencial tem poucos ataques e tom morno

Foto : Divulgação/ Band

O primeiro debate com os candidatos à Presidência da República foi de poucos ataques. Realizado pela Band, o evento aconteceu na noite desta quinta-feira (09). Presidenciáveis como Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) não foram confrontados em seus pontos fracos, como o escândalo da Dersa, no caso do ex-governador de São Paulo, ou o temperamento explosivo do ex-gestor do Ceará. O principal embate foi protagonizado pelo candidato do PSOL, Guilherme Boulos, contra Jair Bolsonaro (PSL).

O socialista questionou o militar sobre a funcionária de seu gabinete Walderice Santos da Conceição, que, segundo ele, trabalha em um comércio de açaí em Angra dos Reis, onde o deputado federal tem uma casa. Ao ser questionado por Boulos se ele não tinha vergonha de manter uma “funcionária fantasma” e de ter auxílio moradia da Câmara mesmo tendo imóvel em Brasília, Bolsonaro respondeu que teria vergonha se “tivesse invadido as casas dos outros”, em uma provocação ao líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto).

O socialista também se utilizou da “marca” de ser o representante da vereadora Marielle Franco, assassinada em um crime não elucidado no Rio de Janeiro, e fez o trocadilho de que os adversários seriam parte dos “50 tons de Temer”, em referência à participação no atual governo federal. Já Alvaro Dias (Podemos), ex-chefe do Executivo do Paraná, tentou vincular a imagem ao juiz Sérgio Moro, o qual prometeu nomear como ministro da Justiça, se for eleito. (Metro 1)

TRF-4 nega mandado de segurança do PT e impede participação de Lula em debate

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou um mandado de segurança do PT que tentava conseguir uma autorização para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participar do debate entre candidatos à Presidência marcado para esta quinta-feira (09), na TV Bandeirantes. (Bahia Noticias)

Prazo para pedir título fora do domicílio eleitoral acaba nesta quarta, 08

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Termina nesta quarta-feira (08), o prazo para quem estiver fora do domícilio eleitoral solicitar segunda via do título de eleitor. Segundo explica o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o documento pode ser pedido em caso de roubo, perda ou más condições da primeira via. Os cidadãos podem fazer o pedido em qualquer cartório eleitoral e é necessário informar se o documento será recebido na zona eleitoral original ou na cidade em que o pedido está sendo feito. O G1 destaca que, em caso de inutilização é necessário apresentar a primeira via do título.

Se o título foi roubado ou perdido, o requerimento é encaminhado ao juiz, que tem um prazo de cinco dias para deferir a solicitação. Para fazer o pedido é necessário apresentar um documento de identificação original com foto, como RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc) ou Carteira Nacional de Habilitação. Para eleitores que estão em seu domicílio eleitoral e querem tirar a segunda via, o prazo se estende até 10 dias antes da eleição, ou seja, até 27 de setembro.

O eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais. O cidadão que fizer a solicitação também não pode ter condenação criminal com a pena não cumprida ou ter condenação por improbidade administrativa cuja pena de suspensão de direitos políticos não tenha sido cumprida. Também é proibido fazer o pedido se estiver cumprindo ou não tiver prestado o serviço militar obrigatório. (Noticias ao Minuto)

Presidente eleito terá que continuar reformas, diz Temer

Foto: Beto Barata/ PR

O presidente Michel Temer (NDB) disse nesta terça-feira (07), que o seu sucessor deverá continuar as reformas iniciadas durante o seu governo. “Não vamos nos impressionar com o momento eleitoral. Todo mundo fala: ‘o que pode acontecer’. Nós fincamos estacas, pilares que nenhum governante que venha vai conseguir mudar.

Ao contrário, vai ter que continuar com as reformas que nós começamos e não pudemos concluir”, declarou o emedebista. “Não pode acontecer nada que modifique aquilo que começamos, vai ter que continuar o que começamos”, acrescentou Temer.

O presidente esteve em São Paulo para a abertura da 28ª edição da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), acompanhado dos ministros da Agricultura e Pecuária, Blairo Maggi, e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge. (Bahia.Ba)

‘Teria feito um bom governo’, diz Silvio Santos sobre Presidência

Foto: Divulgação/ SBT/ Fotos Públicas

O apresentador Silvio Santos afirmou acreditar que faria um bom governo, caso fosse presidente da República, como tentou em 1989. “Eu fui candidato e se o partido estivesse realmente legal e eu pudesse concorrer à Presidência, se eu ganhasse, tenho certeza, absoluta certeza, que eu faria um bom governo”, disse o apresentador, que se candidatou pelo Partido Municipalista Brasileiro (PMB) antes de ter a chapa impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O dono do SBT também comentou que hoje vê a filha Patrícia Abravanel como a provável sucessora na apresentação do programa e afirmou que hoje não faz mais nada na emissora além disso.

“No SBT eu só apresento programa, eu não faço nada a não ser apresentar. No meu lugar, eu colocaria a Patrícia. Ela tem condições. É a que está em mais condições de pegar o meu programa e tocar tranquilamente”, disse. Ainda no assunto filhas, quando perguntado qual é a favorita dele, Silvio riu e disse que é Rebeca, a quarta rebenta do apresentador, segundo o Estadão. (Metro1)

PT define cota mínima de R$ 45 milhões do fundo eleitoral para campanha presidencial

Foto: Filipe Araújo/ Fotos Públicas

O comando do PT definiu nesta quarta-feira (1º) seus critérios de distribuição de sua cota do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Pela fórmula, a campanha presidencial será contemplada com, pelo menos, R$ 45 milhões, representando 21,22% dos R$ 212,2 milhões destinados ao partido.

Para os candidatos à Câmara dos Deputados serão distribuídos R$ 74,3 milhões, correspondentes a 35% da cota petista. Outros R$ 31,8 milhões, ou seja, 15% do total, estarão reservados para as campanhas de governador. O rateio prevê a destinação de R$ 25,4 milhões às candidaturas ao Senado (12%). Para as campanhas às assembleias legislativas, a cota mínima será de 5%: R$ 10 milhões.

O partido definiu ainda escalas para distribuição de recursos, privilegiando, em primeiro lugar, atuais ocupantes de cargo. Candidatos com potencial eleitoral e dirigentes partidários serão prestigiados.  O PT fixará modelos de destinação segundo densidade populacional dos estados. A sigla tem como pré-candidato à Presidência o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde abril. (Bahia Noticias)

PT vai indicar Manuela D’Ávila como vice na chapa de Lula ao Planalto

Foto: Reprodução/ Facebook

O PT vai indicar neste sábado (04), Manuela D’Ávila como vice na chapa do ex-presidente Lula ao Planalto. De acordo com a Folha, a proposta deve ser formalizada ainda nesta sexta-feira (03), em uma reunião entre a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), e dirigentes do PCdoB.

O encontro foi solicitado por Gleisi após a petista consultar o ex-presidente Lula em Curitiba sobre as opções do partido. Ainda segundo a Folha, a candidata já havia sido sondada sobre a possibilidade na semana passada.

Manuela D’Ávilla vai precisar desistir de sua candidatura própria pelo PCdoB ao Planalto. Seu partido vai se reunir na tarde de sábado (04), e deve formalizar a retirada da candidatura própria de Manuela. (Bahia Noticias)

Editora vai lançar biografia não autorizada de Bolsonaro

Foto: Renato Araújo/ Agência Brasil

O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) já foi biografado pelo filho, o deputado estadual Flávio Bolsonarol, mas agora a editora Máquina de Livros vai lançar a biografia não autorizada do capitão reformado.

A informação é da colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, que não citou a data de lançamento de “O Homem que Peitou o Exército e Desafia a Democracia”, livro assinado pelo jornalista Clóvis Saint-Clair. (Bahia.Ba)

Astronauta e príncipe entram na disputa para vice de Bolsonaro

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Com a indefinição em relação ao nome da advogada e professora Janaína Pascoal, o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, já pensa em outras alternativas para a vaga de vice-presidente em sua chapa. Dois nomes ganharam força nos últimos dias: o do astronauta Marcos Pontes e o do ‘príncipe’ Luiz Philippe de Orléans e Bragança, da Casa Imperial Brasileira.

Tenente-coronel reformado da Força Aérea, Pontes, de 55 anos, foi o primeiro brasileiro a ir ao espaço e hoje é um dos nomes preferidos de Bolsonaro. Também filiado ao PSL, o astronauta já havia sido anunciado pelo presidenciável como ministro da Ciência e Tecnologia em caso de vitória nas eleições de outubro. Já o ‘príncipe’ Luiz Philippe de Orléans e Bragança também vem sendo cogitado. Ele é fundador do movimento “Acorda Brasil”, em 2014, e não está na linha de sucessão direta do trono, abolido em 1989.

Luiz Philippe, de 49 anos, filiou-se ao mesmo partido de Bolsonaro para disputar um lugar na Câmara por São Paulo, o que pode mudar caso haja um acordo com o deputado federal. Recentemente, ele afirmou em uma rede social que não há nenhum convite formal para ocupar a vaga de vice na chapa de Bolsonaro. (O tempo)

Voltar à página inicial