web analytics

Justiça condena Doria a perda dos direitos políticos por quatro anos

Foto @Jdoriajr/ Fotos Públicas

O candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) foi condenado à perda dos direitos políticos por quatro anos pela juíza Carolina Martins Cardoso, da 11ª Vara da Fazenda Pública. Cabe recurso. O ex-prefeito de São Paulo foi denunciado pelo Ministério Público, por improbidade administrativa, pela utilização do símbolo “SP Cidade Linda” em ações da administração municipal.

“Ainda que não se tenha informações a respeito da exata importância gasta com a publicidade coibida através da presente ação, há prova cabal de que houve dispêndio do erário público, e cabível a sua apuração em futura liquidação de sentença”, afirmou a juíza, na decisão.

A magistrada determinou ainda a “devolução integral dos prejuízos causados ao erário público municipal, consistentes nos valores gastos com campanhas, veiculações publicitárias e confecção de vestuário e materiais diversos com o slogan”, além do pagamento de multa civil equivalente a cinquenta vezes o valor da remuneração do tucano à época dos fatos e multa de dez salários mínimos pela “prática de ato atentatório à dignidade da justiça”. (Bahia.Ba/ G1)

Eleitor brasileiro que vive no exterior terá 1,4 mil urnas para votar

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Em parceria com a Justiça Eleitoral, o Ministério das Relações Exteriores organizou o esquema de votação para os 500.728 brasileiros, que vivem no exterior e estão cadastrados para as eleições de outubro, possam votar. Serão enviadas 1.424 urnas a 125 países, num total de 743 seções distribuídas em 171 cidades.

Mais 33 seções eleitorais adicionais foram abertas em regiões com grande concentração de brasileiros, nas quais não há representação consular permanente, como Florença e Veneza, na Itália; Colônia e Hamburgo, na Alemanha; Orlando, Salt Lake City e Frammingham, nos Estados Unidos, Winnipeg, no Canadá; e Vale do Bekaa, no Líbano. Pelos dados oficiais, o eleitorado brasileiro no exterior em 1989, que era de 18.492 pessoas, aumentou para 500.728 em 2018, registrando elevação de 2.707%. O Itamaraty já colocou à disposição sete vídeos informativos sobre as eleições com o objetivo de esclarecer as dúvidas.

A série traz dados gerais sobre o voto no exterior e informações de utilidade pública. Nos vídeos, há um histórico sobre o processo de alistamento e transferência eleitoral no exterior, detalhes sobre a plataforma, pela qual cerca de 76 mil brasileiros foram cadastrados, que facilitou a regularização da situação eleitoral. Também são retratadas as especificidades na organização de eleições fora do país e os desafios enfrentados em diferentes regiões, como América do Sul, América do Norte, Europa e Ásia. (Agência Brasil) Os vídeos estão disponíveis no YouTube:

Organização dos Estados Americanos vai observar eleições brasileiras pela 1ª vez

Foto: Elza Fiúza/ABr/ Fotos Publicas

Pela primeira vez, as eleições brasileiras vão ser acompanhadas por uma missão de observação da OEA (Organização dos Estados Americanos). A ex-presidente da Costa Rica e chefe da missão da OEA, Laura Chinchilla, está em Brasília para preparar o trabalho da entidade internacional.

Ela se encontrou nesta quarta-feira (22), com o presidente Michel Temer. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, os representantes da missão da OEA vão ficar na capital até o próximo sábado (25).

Ainda de acordo com a Corte, o governo brasileiro foi responsável pelo convite da organização internacional. Já o Planalto afirma que a iniciativa partiu do TSE. (Metro 1)

Câmara dos Deputados cassa mandato de Paulo Maluf

Foto : Wilson Dias/ Agência Brasil

A Câmara Federal cassou hoje (22), em decisão unânime da Mesa Diretora, o mandato do deputado Paulo Maluf (PP), de 86 anos.

Preso desde dezembro, o parlamentar foi condenado pela Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) por lavagem de dinheiro, em maio de 2017.

Ele foi acusado pelo Ministério Público Federal de usar contas no exterior para lavar recursos desviados da Prefeitura de São Paulo, da época em que geriu a cidade, entre 1993 e 1996. (Metro 1)

Na Bahia, 30 candidatos ao Legislativo apelam para nomenclatura religiosa

Foto: Roberto Jayme/ Ascom/ TSE

Oito candidatos a deputado federal pela Bahia querem que o título de “pastor” apareça à frente do próprio nome. Para a Assembleia Legislativa, o número é igual.  Eles buscam “surfar” na junção de política e religião, que, toda eleição, dá largas votações a quem se apresenta aos eleitores como defensores de Cristo e seus valores.

No Tribunal Regional Eleitoral, todos os postulantes que usam algum “título” religioso na urna chegam a 30. Pastor é nomenclatura mais usada. Mas outras variações também aparecem. Para Brasília, três “irmãos”, um bispo, um reverendo e um “pai” tentam a eleição. Na AL-BA, três bispos, quatro “irmãos” e um missionário querem compor a Casa. É importante registrar ainda o caso de Irmão Lázaro (PSC), que concorre ao Senado na chapa de Zé Ronaldo (DEM).

No Brasil, ao todo, os concorrentes a cargos eletivos que usam títulos religiosos na urna são 500. Segundo o TSE, o nome pode ser um “prenome, sobrenome, cognome, nome abreviado, apelido ou nome pelo qual o candidato é mais conhecido” e deve ter no máximo 30 caracteres. Além disso, ele não pode deixar dúvida sobre a identidade do candidato nem atentar contra o pudor, ser ridículo ou irreverente. (Metro 1)

‘Papa Capim dos meus sonhos’ é candidato a deputado em Alagoas

Foto: Divulgação

Em ano de eleições, muitos aproveitam alguma fama para tentar uma cobiçada vaga na política. Se na Bahia figuras icônicas como Ninguém, Cacete Pão Dividido e Emerson, o Bolsomaritano, já registraram as suas candidaturas, o estado de Alagoas ganha um forte candidato no quesito irreverência.

Dinho Kapp, conhecido pelo vídeo “Papa Capim dos meus sonhos”, deve concorrer à vaga de Deputado Estadual em Alagoas pelo Partido Social Democrático (PSD), legenda do candidato ao senado da Bahia, Ângelo Coronel. Nas redes sociais, uma peça com a foto de Dinho já circula com o slogan “Voto dos meus sonhos”, em alusão ao seu jargão que ficou popular na internet. O status da sua candidatura no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no entanto, ainda consta como à espera de “julgamento”.

Nesta segunda-feira (20), o canal oficial de Dinho Kapp no YouTube publicou um vídeo de divulgação da sua campanha. Ele ficou conhecido por filmar conversas e interações com seus pássaros de estimação, da espécie “papa capim”. (Bahia.Ba)

Confira as datas dos próximos debates presidenciais na TV

Foto: Divulgação/ RedeTV!

O período oficial para campanha eleitoral começou no dia 16 de agosto. Os presidenciáveis já têm uma agenda com mais cinco debates televisionados em rede nacional. Em caso de segundo turno, serão mais seis encontros.

É importante ressaltar que, por lei, as emissoras de televisão são obrigadas a convocar às discussões os partidos com pelo menos cinco senadores ou deputados federais no Congresso.

Ainda assim, mesmo que uma sigla não tenha o número suficiente de representantes, o organizador do debate pode convidar o candidato. Confira as datas e emissoras dos próximos debates: (mais…)

Kannário responde críticas: “O voto do povo do gueto tem o mesmo peso do voto do barão”

Foto: Reprodução/ Instagram

O vereador Igor Kannário (PHS), decidiu responder as críticas de integrantes dos partidos que formam a chapinha na qual está o PHS, contra a sua presença na disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados. Kannário destacou que acredita na conscientização da população para conseguir uma vaga em Brasília

“Eles precisam aceitar que, por mais que tentem desmerecer, o voto do povo do gueto tem o mesmo peso do voto do barão da orla. E o povo mobilizado dará a resposta a tanta opressão. Eles não sabem o tamanho da força do nosso povo quando é conscientizado”, disse o cantor vereador. As críticas contra Kannário vieram principalmente de membros do PSL, de Jair Bolsonaro. (Correio/ Varela Noticias)

Em campanha, Haddad vai prometer dar perdão judicial a Lula caso seja eleito

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O candidato a vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Fernando Haddad, deve adotar a estratégia de dizer que dará perdão judicial ao petista, quando assumir a cabeça da chapa presidencial em face do provável indeferimento da candidatura de Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o programa de TV de Haddad será direto: “Quer Lula livre? Vote Haddad”.

Atual vice de Lula, o ex-prefeito de São Paulo é o plano B para as eleições deste ano. Caso o ex-presidente tenha candidatura indeferida, ele entra na disputa como substituto, tendo como vice a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB). (Bahia Noticias)

Vice de João Henrique usa selfie em foto para urna

Foto: Reprodução/ Divulgacand

Arranjada às pressas para compor como vice a chapa do candidato ao governo João Henrique (PRTB), a advogada Antônia Maria dos Santos sequer teve tempo de caprichar na foto enviada à Justiça Eleitoral, que serve também como imagem que vai aparecer na urna.

Presidente do PRTB de Alagoinhas, ela aparece em uma suposta selfie no Divulgacand, sistema que apresenta informações sobre todos aqueles que pediram registro de candidatura.

Dra. Antônia, como aparecerá na urna, foi anunciada vice na chapa do ex-prefeito de Salvador na última segunda-feira (13), dois dias antes do fim do prazo para os partidos e coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos. Inicialmente, o posto seria ocupado por Alberto Pimentel, mas a direção do PSL decidiu retirar sua indicação. (Bahia.Ba)

‘Repudiamos a conduta dele’, diz presidente do PSL na BA sobre Kannário

Foto: Reprodução/ Instagram

O PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, não digere bem a candidatura do vereador de Salvador, Igor Kannário (PHS) a deputado federal na coligação com o PRTB e PPS. A legenda tem recebido manifestações contrárias à presença no grupo do cantor conhecido como “Príncipe do Guetto”.

“Repudiamos a conduta dele”, disse a presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel. A dirigente diz que a legenda busca conversar com o PHS, mas entende que ele é apto a se candidatar. “E nós vamos lutar para que os votos dele eleja alguém de bem. Ele é nosso concorrente”, disse ela.

Embora fechada nacionalmente junto ao PRTB, no estado, a coligação que incluiu o PPS e PHS passou pela retirada da candidatura do vice de João Henrique, que era do PSL e acabou sendo substituído por um membro do próprio PRTB. Além disso, o PSL baiano também ainda não definiu quem irá apoiar no pleito ao Palácio de Ondina, mesmo com o ex-prefeito de Salvador dizendo que se tornaria “favorito” com o apoio de Bolsonaro. (Bahia.Ba)

General Mourão é o candidato a vice mais bem avaliado, aponta Paraná Pesquisas

Foto: ADC/ Domínio Público/ Wikimedia Commons

O candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Jair Bolsonaro (PSL), General Mourão (PRTB), é o mais bem avaliado, conforme levantamento do Paraná Pesquisas, divulgado nesta quarta-feira (15).

Em segundo lugar, Fernando Haddad (PT), candidato a vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tem 12,3%. Ana Amélia, do PP, que compõe a chapa presidencial com Geraldo Alckmin (PSDB), tem 9,8%. Kátia Abreu, de Ciro Gomes (PDT), completa o top 4, com 2,7%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 13 de agosto de 2018, com 2.002 eleitores de todo o Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o n.º BR-02891/2018 para o cargo de presidente. (Bahia Noticias)

PT registra nesta quarta-feira a candidatura de Lula no TSE

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

O Partido dos Trabalhadores vai registrar a candidatura de Lula no Tribunal Superior Eleitoral nesta quarta-feira (15), data limite para o registro. O PT convocou a militância e pretende transformar o registro, que ocorrerá em Brasília, em um grande ato em apoio ao ex-presidente, que está preso em Curitiba.

Condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro e enquadrado na Lei da Ficha Limpa, Lula pode ter sua candidatura impugnada. A ministra do STF Rosa Weber, que assumiu o comando do TSE, falou sobre o caso.

“Se não houver impugnação, pode haver o exame de ofício. Não será uma impugnação, será um indeferimento de ofício à compreensão de que não estão presentes as condições de eligibilidade” disse a magistrada, segundo o site Poder 360. (Noticias ao Minuto)

Bolsonaro registra candidatura à presidência no TSE

Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados

O PSL pediu nesta quarta-feira (14), o registro do deputado federal Jair Bolsonaro como candidato da legenda à Presidência da República. Ele é o sétimo nome a ser registrado e tem como vice o general Hamilton Mourão, filiado ao PRTB. Em sua declaração de bens, Bolsonaro, que é capitão da reserva do Exército, informou ter um patrimônio avaliado em R$ 2,286 milhões, a maior parte em imóveis e veículos. Mourão informou ter R$ 414,4 mil.

Bolsonaro, de 63 anos, está no sétimo mandato como deputado federal e concorre pela primeira vez à Presidência. Segundo dados do TSE, até hoje, além de sete candidatos a presidente e sete a vice-presidente, já foram solicitados registros de candidatos a governador (87), a vice-governador (87), a senador (155), a deputado federal (3.461), a deputado estadual (6.813) e a deputado distrital (285), além de 311 para suplentes de senadores.

O prazo para requerer o registro termina às 19h de amanhã (15) e o TSE tem até 17 de setembro para apreciar todos os pedidos, que podem ser alvo de impugnação (questionamento) por parte de coligações, partidos e candidatos adversários, bem como do Ministério Público Eleitoral. (Bahia.Ba)

Plano B de Lula, Haddad não pode utilizar ‘vaquinha’ do ex-presidente

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, não vai poder utilizar a “vaquinha virtual” da campanha do ex-presidente Lula, caso o substitua na corrida ao Palácio do Planalto. Até o momento, o partido já arrecadou R$ 500 mil por meio da ferramenta.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determina que a “vaquinha” só pode ser utilizada pelo próprio candidato. Se não confirmar a candidatura de Lula até a quarta-feira (15), prazo final para o registro, o PT terá de devolver o dinheiro aos doadores. (Bahia.Ba)

Primeiro debate presidencial tem poucos ataques e tom morno

Foto: Divulgação/ Band

O primeiro debate com os candidatos à Presidência da República foi de poucos ataques. Realizado pela Band, o evento aconteceu na noite desta quinta-feira (09). Presidenciáveis como Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) não foram confrontados em seus pontos fracos, como o escândalo da Dersa, no caso do ex-governador de São Paulo, ou o temperamento explosivo do ex-gestor do Ceará. O principal embate foi protagonizado pelo candidato do PSOL, Guilherme Boulos, contra Jair Bolsonaro (PSL).

O socialista questionou o militar sobre a funcionária de seu gabinete Walderice Santos da Conceição, que, segundo ele, trabalha em um comércio de açaí em Angra dos Reis, onde o deputado federal tem uma casa. Ao ser questionado por Boulos se ele não tinha vergonha de manter uma “funcionária fantasma” e de ter auxílio moradia da Câmara mesmo tendo imóvel em Brasília, Bolsonaro respondeu que teria vergonha se “tivesse invadido as casas dos outros”, em uma provocação ao líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto).

O socialista também se utilizou da “marca” de ser o representante da vereadora Marielle Franco, assassinada em um crime não elucidado no Rio de Janeiro, e fez o trocadilho de que os adversários seriam parte dos “50 tons de Temer”, em referência à participação no atual governo federal. Já Alvaro Dias (Podemos), ex-chefe do Executivo do Paraná, tentou vincular a imagem ao juiz Sérgio Moro, o qual prometeu nomear como ministro da Justiça, se for eleito. (Metro 1)

Voltar à página inicial