Cachoeira: MPF aciona Incra para concluir demarcação de território quilombola

Cachoeira: MPF aciona Incra para concluir demarcação de território quilombola - justica, cachoeiraFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública para que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a União concluam os processos administrativos de titulação e a demarcação do território de identidade quilombola do Tabuleiro da Vitória. O terreno é localizado no município de Cachoeira, a 117 km de Salvador. A ação foi recebida pela Justiça Federal no último 18.

O local foi certificado pela Fundação Cultural Palmares como comunidade remanescente de quilombo, em outubro de 2013. No entanto, o processo ainda tramita junto ao Incra sem a entrega do relatório antropológico, que é o primeiro dos estudos que integram o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID). O MPF considera que a omissão do instituto contraria a Constituição Federal.

Além disso, a ação aponta que a demora no andamento do processo, de mais de cinco anos, causa prejuízos à comunidade quilombola, que fica sujeita a problemas morais, físicos e psicológicos devido à instabilidade da situação. O Ministério Público Federal pediu à Justiça, em medida liminar, que determine ao Incra a conclusão do relatório, no prazo de 180 dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.

Metro1

Homem é assassinado a tiros em Cachoeira

Homem é assassinado a tiros em Cachoeira - policia, destaque, cachoeiraFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Um homem foi morto na noite deste sábado, dia 11, em Cachoeira, no bairro do Viradouro. Natalício Santos de Pinho, 53 anos, estava dentro de sua residência quando foi surpreendido pelos disparos de pistola e morreu no local.

De acordo com informações da Polícia Civil, homens armados de uma facção rival da cidade vizinha, de São Félix, teriam planejado e executado o crime.

O corpo de Natalício foi conduzido ao Departamento Médico Legal da cidade de Santo Amaro e a Polícia Civil investiga o caso.

Blog do Valente

Jornalista cachoeirana, Luana Souza, integra time de repórteres da Rede Bahia

Jornalista cachoeirana, Luana Souza, integra time de repórteres da Rede Bahia - noticias, destaque, cachoeiraFoto: Divulgação

A comunicóloga e jornalista Luana Souza é a mais nova repórter da Rede Bahia, maior emissora do Norte-Nordeste. A jovem cachoeirana, de 23 anos, assinou o contrato com a afiliada da Rede Globo de Televisão na última quinta-feira, dia 02, em Salvador.

Formada pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB, Luana é escritora e mestranda em Cultura e Identidade, pela Universidade Federal da Bahia. Profissionalmente, atuou como assessora parlamentar, radiojornalista e repórter.

Ela deixa o programa Saberes Cruzados, exibido na Web e na TV Kirimurê – canal 10.2, para se dedicar a novos projetos. A informação foi divulgada através das redes sociais da jornalista, que falou sobre o início de uma nova fase.

Ascom

Cachoeira: Corpo de homem é encontrado dentro de residência

Cachoeira: Corpo de homem é encontrado dentro de residência - destaque, cachoeiraFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Na manhã desta quinta-feira, dia 02, o corpo de um homem foi encontrado no interior de uma residência na localidade do Capoeiruçu, zona rural do município de Cachoeira.

O cadáver identificado como sendo de Caíque Sena Passos foi achado em estado de decomposição pela sua esposa ao retornar de viagem.

Ainda não há informações sobre as circunstâncias da morte. O DPT foi acionado e fez a remoção cadavérica.

Forte na Noticia

Cachoeira: Vítima de racismo, professora é recebida com flores por estudantes

Cachoeira: Vítima de racismo, professora é recebida com flores por estudantes - destaque, cachoeiraFoto: Reprodução / Instagram

Estudantes do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo (UFRB) prestaram solidariedade à professora doutora Isabel Reis. O ato em deferência à docente ocorreu na manhã desta terça-feira, dia 17. Um a um, os alunos traziam flores para a professora e a abraçavam. Na semana passada, um aluno, identificado como Danilo de Góis, se recusou receber das mãos da professora uma avaliação.

O fato causou indignação da comunidade acadêmica. Na última quinta-feira, o estudante prestou depoimento na Central de Flagrantes em Salvador e disse que não aceitou pegar a avaliação por “questão de energia” e não de racismo. No mesmo dia, a UFRB divulgou nota repudiando o caso e afastando o estudante do curso de Ciências Sociais e da residência estudantil até a conclusão do processo administrativo que investiga o caso. Já aberto na semana passada, o inquérito tem prazo de 60 dias para ser concluído.

Em nota divulgada nesta terça, o Centro Acadêmico de História da UFRB declarou solidariedade e disse que não aceitará ataques preconceituosos. “Precisamos compartilhar a empatia, e nos comprometer em ajudar nos momentos adversos e de lutas cotidianas. Assessoria de comunicação do Centro Acadêmico de História – Mestre Môa do Katendê”, diz o post compartilhado no Instagram.

Bahia Noticias

Cachoeira: Prefeitura convoca sociedade para eleição do Conselho de Política Cultural

Cachoeira: Prefeitura convoca sociedade para eleição do Conselho de Política Cultural - cachoeiraFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

A Secretaria de Cultura e Turismo de Cachoeira divulgou edital convocando entidades, representações e a sociedade civil de modo geral, para a eleição e consequente posse dos membros do Conselho Municipal de Política Cultural.

A formação do novo conselho ocorrerá nesta quarta-feira, dia 18, das 8h30 às 12h, no Cine Theatro Cachoeirano. Serão eleitos 16 membros titulares e seus respectivos suplentes.

Bahia Noticias

Atletas santoantonienses se destacam na Corrida Gavião Night em Jequié

Atletas santoantonienses se destacam na Corrida Gavião Night em Jequié - saj, esporte, destaque, cachoeiraFoto: Nilton Santos/ Divulgação

Atletas da USA (União Santoantoniense) se destacaram neste ultimo sábado, dia 14, na Corrida Gavião Night, realizada na cidade de Jequié, no Sudoeste baiano.

Anailton Santos ficou em 1º lugar nos 5 km, Everaldo Gonçalves ficou em 4º lugar nos 5 km, Marivaldo Lima foi o 3º lugar nos 10 km, Genivaldo lima ficou em 17º lugar nos 10 km, e Carlos Roberto Costa Silva, 19ª lugar nos 5Km. Representando a cidade de Cachoeira pela delegação USA a atleta Emelly Laize, de 17 anos, ficou em 1º lugar nos 5 km.

Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, o professor Nilton Santos falou que apenas o atleta Anailton recebe a planilha do treinador Torpertinho em São Paulo, mas os demais são treinados por ele mesmo, inclusive Emile. “Pra mim é uma felicidade revelar esses atletas não só em nível estadual, mas em nível nacional”, disse Nilton.

Reportagem: Hélio Alves | Redação: Uanderson Alves/ Tribuna do Recôncavo

Cachoeira: Treinador pede apoio para atleta Emelle Laize

Cachoeira: Treinador pede apoio para atleta Emelle Laize - noticias, esporte, cachoeiraFoto: Nilton Santos/ Divulgação

A atleta cachoeirana Emelle Laize Pereira Santos, de 17 anos, tem se destacado nas principais corridas de rua que tem participado, sendo a última, a Corrida Gavião Night, realizada na cidade de Jequié (BA), no último sábado, dia 14, onde a mesma ficou na primeira colocação na corrida de 5 Km.

Segundo seu treinador Nilton Santos, Emelle tem marcada uma avaliação com um clube de São Paulo, mas necessita de apoio para continuar fazendo o que gosta e levando o nome de sua cidade e do recôncavo ao mais alto escalão do atletismo.

Nilton ainda falou que pretende levar a atleta para três ou mais corridas no Sul do pais, no entanto necessita de apoio. Quem poder ajudar deve entrar em contato com Nilton Santos pelo contato (75) 9 8259-4604.

Reportagem: Hélio Alves | Redação: Uanderson Alves/ Tribuna do Recôncavo

Cachoeira: Corpo de homem é encontrado em residência na zona rural

Cachoeira: Corpo de homem é encontrado em residência na zona rural - policia, cachoeiraFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

Um corpo de um homem foi encontrado por populares no interior de uma residência na noite desta sexta-feira, dia 13, na localidade da ladeira do Padre Inácio, zona rural do município de Cachoeira.

O corpo identificado como sendo de Gilvan Jesus Gorveia, de 52 anos, não apresentava sinais de violência e foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Santo Antônio de Jesus. A Polícia Civil acompanha o caso.

Forte na Noticia

UFRB adota medida para afastar estudante acusado de racismo de residência e centro

UFRB adota medida para afastar estudante acusado de racismo de residência e centro - destaque, cachoeiraFoto: Reprodução/ Redes Sociais

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informou, em nota enviada à imprensa, que a reitoria da instituição expediu uma medida cautelar para afastar da residência o estudante acusado de racismo contra uma professora, Danilo Araújo de Góis. O caso ganhou repercussão após ser filmado dentro da sala de aula do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira, na segunda-feira, dia 09.

O afastamento foi uma solução para assegurar a tranquilidade da comunidade acadêmica, encontrada na quarta-feira, dia 11, após um conflito na residência, em que outro aluno que teria sido alvo de homofobia tentou invadir o quarto do acusado de racismo, na última terça-feira, dia 10. A medida da reitoria também determina o afastamento do aluno do CAHL. No entanto, de acordo com a UFRB, o estudante não tomou ciência do documento, uma vez que ainda não havia sido localizado pela instituição.

A universidade afirma que a medida de afastamento não deve causar “prejuízo para as suas atividades acadêmicas”. Depois de o aluno caso de racismo ser expulso da residência na terça-feira, ele foi abrigado numa instituição religiosa em Cachoeira, onde pernoitou e não foi mais visto. No entanto, nesta quinta-feira, dia 12, ele foi localizado em Salvador e prestou depoimento, afirmando que teria se recusado a pegar uma avaliação das mãos da professora por “questão de energia”.

Metro1

Jovem morre vítima de acidente com moto na Ponte Dom Pedro II, entre São Félix e Cachoeira

Jovem morre vítima de acidente com moto na Ponte Dom Pedro II, entre São Félix e Cachoeira - sao-felix, destaque, cachoeira, transitoFoto: Arquivo Pessoal

Na manhã desta sexta-feira, dia 13, um jovem acabou morrendo vítima de acidente com moto na Ponte Dom Pedro II, entre as cidades de São Félix e Cachoeira, no recôncavo da Bahia.

O motociclista de prenome Joenderson, morador da Caianga, em São Félix, chegou a receber os primeiros socorros de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos.

Até a divulgação dessa matéria não havia informações sobre as circunstâncias do acidente que acabou interrompendo o tráfego de veículos nos dois sentidos da Ponte.

Forte na Noticia

Aluno denunciado por racismo diz que recusou prova de professora por “questão de religião”

Aluno denunciado por racismo diz que recusou prova de professora por “questão de religião” - cachoeiraFoto: Reprodução/ Redes Sociais

Na manhã desta quinta-feira, dia 12, em depoimento na Central de Flagrantes em Salvador, Danilo Araújo de Góis, o estudante denunciado por racismo no campus da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), em Cachoeira, disse aos policiais que recusou pegar a prova nas mãos da professora por “questão de religião”.

“Ele se predispôs a ser ouvido e, na verdade, ele negou ter praticado a atitude racista e disse que não passou de um mal-entendido, porque ele é uma pessoa sensitiva, ele tem algumas questões particulares em relação a religião dele, que ele lê muito a Bíblia, lê muito cânticos e tem uma hipersensibilidade”, disse o delegado João Mateus, em entrevista.

“Ele disse que se sente mal se aproximando de qualquer pessoa, então evita entrar em contato e pegar coisas das mãos de quem ele não conhece e tocar em pessoas que ele não conhece, porque ele se sente mal muitas vezes quando faz isso”, concluiu o delegado.

Informações: G1/ Bahia | Redação: Bahia Noticias

Professora que sofreu racismo na UFRB diz que aluno já chamou negros de preguiçosos

Professora que sofreu racismo na UFRB diz que aluno já chamou negros de preguiçosos - cachoeiraFoto: Reprodução/ TV Bahia

Professora de História do Brasil na UFRB, Isabel Reis revelou que não foi a primeira vez que Danilo de Araújo Góis incorreu em racismo nas dependências da universidade. Segundo ela, em outra oportunidade, o aluno disse que negros eram preguiçosos e fediam.

“Durante uma das aulas, ele falou que negros não eram empreendedores, eram preguiçosos e que, por isso, foi necessário o uso da mão de obra imigrante. Como vou deixar um aluno sair da sala trazendo esse tipo de pensamento raso? Baseado em que ele está falando isso? Ele precisava ler, fazer uma reflexão do que falava. Então fizemos um trabalho, com os primeiros passos da república, com livro para leitura. Porque eu não sabia onde ele estava lendo as coisas que dizia. Após o trabalho, ele disse que o Rio de Janeiro fedia e que os negros fediam”, contou.

Isabel revelou ainda que os estudantes já haviam contado que Danilo se recusava a encostar em homossexuais ou pessoas negras, bem como pegar qualquer coisa na mão de pessoas negras, mas que isso nunca havia ocorrido com ela. (mais…)

UFRB diz que está ‘tomando medidas administrativas e jurídicas cabíveis’ a caso de racismo

UFRB diz que está 'tomando medidas administrativas e jurídicas cabíveis' a caso de racismo - cachoeiraFoto: Reprodução/ Redes Sociais

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) manifestou, em nota, veemente repúdio às atitudes ofensivas do estudante do curso de Ciências Sociais, Danilo Araújo de Góis, para com a professora Isabel Cristina Ferreira dos Reis e outros estudantes do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira, no Recôncavo baiano.

A instituição criou uma comissão para apurar as denúncias encaminhadas por estudantes e professores do Centro, que informam ter presenciado reiteradas manifestações de preconceito racial, de gênero e de homofobia por parte do estudante. A UFRB informou que está tomando as medidas administrativas e jurídicas cabíveis ao caso, “de modo a contribuir com a apuração dos fatos ocorridos”. “Após se recusar a receber uma avaliação das mãos da professora, o estudante foi denunciado pelos presentes por ato de preconceito racial, conforme vídeo veiculado em redes sociais”, diz um trecho.

“A UFRB considera fundamental ao processo formativo na graduação e na pós-graduação o respeito às diferenças para constituir um ambiente de convívio saudável, sem discriminação. Ao mesmo tempo, a instituição manifesta solidariedade à professora e estudantes ofendidos no espaço da Universidade e reafirma seu compromisso em não deixar impunes atitudes desta natureza”, completa nota.

Metro1

Cachoeira: Vídeo mostra aluno se recusando a receber avaliação de professora negra

Cachoeira: Vídeo mostra aluno se recusando a receber avaliação de professora negra - destaque, cachoeiraFoto: Reprodução/ Redes Sociais

O campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cachoeira vai abrir um processo administrativo para apurar um suposto crime de racismo cometido por um estudante do curso de história. Na noite desta segunda-feira, dia 09, um caso chamou à atenção da comunidade acadêmica.

O estudante do curso de história de prenome Danilo teria se recusado a receber uma folha de avaliação de uma professora. A situação foi registrada em vídeos. Procurado na manhã desta terça-feira, dia 10, o diretor do centro de artes, humanidades e letras, Jorge Cardoso, confirmou a veracidade do vídeo e disse só após o fim do processo, a instituição vai tomar as medidas cabíveis.

“Infelizmente esse vídeo é verídico. A gente teve acesso a ele pela primeira vez hoje pela manhã e a instituição vai se debruçar sobre o fato ocorrido para se couber alguma medida de punição punir o responsável”, disse.

O caso ocorreu durante a avaliação da professora Isabel Reis.

Bahia Noticias

Após sofrer um AVC, idosa de Cachoeira espera por vaga em hospital de Salvador

Após sofrer um AVC, idosa de Cachoeira espera por vaga em hospital de Salvador - cachoeiraFoto: Reprodução/ TV Bahia

Idosa de 83 anos natural de Cachoeira está internada há um mês em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Jardim Santo Inácio, em Salvador depois de ser vítima de um AVC seguido de infarto.  De acordo com informações de familiares, a idosa precisa de um atendimento mais especifico sendo eles na área da cardiologia e de neurologia, além da necessidade da assistência de um hospital ainda na capital, o que segundo eles, não tem previsão para acontecer e a situação da idosa identificada como Maria Fausta só piora.

“Ela chegou aqui andando, depois de uma crise hipertensiva. Em seguida, ela teve um AVC, seguido de um infarto. De lá para cá, ela só tem piorado o quadro. Deixou de falar, não se alimenta só se alimenta agora através da sonda, e os filhos desesperados, pedindo socorro. A gente não sabe mais em qual porta bater. A UPA não tem estrutura para suportar esse tipo de paciente. Se não tem estrutura, então leva para unidade que possa socorrer. Ela está lutando pela vida. Uma senhora de 83 anos, lutando para viver, sem ajuda”, contou Alícia Fausto, filha da mulher.

Ainda de acordo com Alícia, recentemente, dona Maria Fausta, começou a apresentar sinais de paralisia pelo corpo. Ela alega que a idosa chegou ao local com todos os movimentos. “Ela está com um lado do corpo todo paralisado, mas ela entrou com os movimentos, falando. Porém hoje, ela não movimenta braço, perna. Não fala nada, nada”, disse. (mais…)

Voltar à página inicial