Cachoeira: Deputado protesta contra possível demolição de casas

Cachoeira: Deputado protesta contra possível demolição de casas - cachoeira, bahiaFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Supostos funcionários da empresa VLI Multimodal S.A, controladora da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), comunicaram a moradores que serão demolidos mais de 120 imóveis que margeiam o trilho do trem na cidade de Cachoeira no Recôncavo baiano. As famílias residem no local há mais de 50 anos.

A VLI Multimodal S.A já tem duas dívidas com a cidade, parte de um Termo de Ajuste e Conduta (TAC) assinado pela empresa. São elas a reforma da Estação Ferroviária de Cachoeira, não concluída há dez anos, e a reforma da Ponte Dom Pedro II, que há seis anos se encontra com as obras paralisadas.

O deputado estadual Niltinho (PP) repudiou a ação da empresa. “Não podemos admitir que essas famílias fiquem desabrigadas. Confirmada essa situação, a população do local vai perder as suas casas. Vamos cobrar esclarecimentos sobre esta situação”, disse Niltinho. (mais…)

Cachoeira: Município proíbe entrada de turistas até o dia 29 de junho

Cachoeira: Município proíbe entrada de turistas até o dia 29 de junho - cachoeira, bahiaFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

O município de Cachoeira, no Recôncavo baiano, restringiu o acesso à cidade apenas para moradores, até o dia 29 de junho. A medida foi adotada para conter o avanço da pandemia em meio ao período de celebração das festas juninas. A taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 está em 100%, na Santa Casa de Misericórdia do município.

A decisão entrou em vigor no último dia 18 e proíbe a entrada de veículos de passeios, excursões, fretamentos e entre outros. Para ter acesso à cidade, o cidadão precisa comprovar que mora no local, mediante apresentação do comprovante de residência.

A gestão municipal de Cachoeira também proibiu, até o dia 29 de junho, soltar fogos de artifício, acender fogueiras e guerra de espadas, em todo o território do município. Também está proibida a venda de bebidas alcoólicas, sendo liberada somente a comercialização de licores nos centros de distribuição, uma tradição da localidade, sendo vedado o consumo no local ou em vias públicas. (mais…)

Cachoeira: Casos de Covid-19 cresceram 785% após São João de 2020

Cachoeira: Casos de Covid-19 cresceram 785% após São João de 2020 - cachoeira, bahiaFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Mesmo com o feriado antecipado, o São João de 2020 resultou no crescimento exponencial de casos de Covid-19 na Bahia. Em 6 de junho do ano passado, 15 dias antes do feriado, o estado registrava 30.481 casos da doença. Um mês depois, esse número saltou para 98.319. Os dados foram divulgados destacando o crescimento em sete principais destinos no período junino. Cachoeira, no Recôncavo baiano, teve o aumento mais crítico: 785%.

Na sequência, aparecem Santo Antônio de Jesus e Ibicuí, com 574% e 537%, respectivamente. Mas a lista traz ainda a situação de Amargosa (500%), Cruz das Almas (435%), Senhor do Bonfim (212%) e Salvador (141%). Ao comentar a reportagem, por meio de uma postagem no Instagram, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ressaltou que “a história tende a se repetir se não aprendermos com ela”. Assim como ele, outras autoridades temem que a cena se repita no São João de 2021.

Festas, independente do número de pessoas, estão proibidas em todo o território baiano. A publicação conta que os gestores de alguns municípios também pretendem impor medidas, como em Santo Antônio de Jesus e em Ibicuí, onde o apoio das forças de segurança deve ser reforçado. Além disso, o governador Rui Costa (PT) determinou a suspensão do transporte intermunicipal três dias antes e três dias depois do feriado.

Redação: Bahia Noticias | Informações:

Cachoeira: Arma falsa e celulares são apreendidos em ação contra ameaças a prefeita

Cachoeira: Arma falsa e celulares são apreendidos em ação contra ameaças a prefeita - policia, destaque, cachoeira, bahiaFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

A operação deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) para investigar os ataques à prefeita de Cachoeira, Eliana (Republicanos), na manhã desta quarta-feira (1º), garantiu a apreensão de uma pistola de brinquedo e seis celulares. Os materiais estavam em imóveis de alvos da operação, que são suspeitos de tráfico de drogas, no município do Recôncavo.

Durante a ação, equipes da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Santo Antônio de Jesus) encontraram uma mulher em uma das casas e ela foi conduzida pelos agentes para prestar depoimento na unidade policial. Posteriormente, ela foi liberada. Os celulares, como de praxe, serão analisados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os agentes cogitam a possibilidade deles terem sido utilizados para disseminação de ameaças e fake news contra a prefeita.

“Estamos juntando todos os indícios possíveis para elucidarmos as motivações das mortes e também das ameaças. Sabemos, até o momento, das participações de traficantes nesses crimes”, contou o titular da 4a Coorpin, delegado Joaquim Souza, responsável pela operação Motriz.

Bahia Noticias

Matéria relacionada: Cachoeira: Prefeita relata ameaças de morte

Cachoeira: Aprovados em concurso público cobram convocação

Cachoeira: Aprovados em concurso público cobram convocação - destaque, cachoeiraFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Concursados do município de Cachoeira, no Recôncavo baiano, procuraram a redação do Tribuna do Recôncavo nesta sexta-feira, dia 28, para cobrar da prefeita Eliana Gonzaga (Republicanos) a convocação dos mesmos.

“A senhora que fala tanto de perseguição, ajude os concursados que se sentem perseguidos pela sua gestão. Em fevereiro a senhora disse que não tinha recursos, o decreto da COVID-19 está acabando no final de junho, e agora a senhora vai se justificar em quê, que a prefeitura está quebrada? Olhamos o Diário Oficial e sabemos do montante de dinheiro que entra. Não somos partidários, somos a favor do direito, porque passamos no concurso e merecemos a vaga, estamos esperando esse concurso para trabalhar e dar o sustento da nossa família, tenha piedade senhora prefeita”, disse um internauta.

Ainda segundo o entrevistado, esses empregos dos concursados seriam mais salários nas cidades de Cachoeira e São Félix, como também nas comunidades rurais de Cachoeira, seria mais dinheiro girando no comércio ajudando os comerciantes, feirantes, ambulantes, casas de aluguel e muito mais. “Seria uma forma de injetar dinheiro na economia da cidade e fazer uma gestão de excelência. Prefeita, temos direito e espero que cumpra tudo que prometeu”, concluiu o reclamante.

Matéria: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

Cachoeira: “Mexeu com a senhora, mexeu com a gente”, diz ministra Damares à prefeita

Cachoeira: "Mexeu com a senhora, mexeu com a gente", diz ministra Damares à prefeita - destaque, cachoeiraFoto: Willian Meira/ MMFDH

“Mexeu com a senhora, mexeu com a gente”, afirmou a ministra Damares Alves ao lado da prefeita de Cachoeira (BA), Eliana Gonzaga (Republicanos), que relata ameaças de morte e de ataques racistas desde a campanha eleitoral em 2020. A titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) foi até o município nesta segunda-feira (10) para acompanhar o caso.

Gonzaga foi a primeira mulher eleita para o cargo no município. Além das ameaças à vida da prefeita, dois de seus correligionários foram mortos em crimes com indícios de execução. A ministra colocou o Governo Federal à disposição para a proteção da vida e do mandato de Gonzaga. “Nós não vamos permitir esse atentado à democracia. Se precisar, o Governo Federal vem auxiliar os órgãos estaduais. Nós vamos te proteger”, afirmou.

“Vocês estão defendendo o direito democrático do Estado brasileiro. Eu disse e reafirmo: são crimes políticos que praticam contra mim. Aos que tentam me calar, não adianta, não vão conseguir. Grandes autoridades do país estão aqui em defesa da democracia”, enfatizou a prefeita durante o encontro.

(mais…)

Ministra Damares acompanha comitiva em visita a prefeita de Cachoeira nesta segunda, 10

Ministra Damares acompanha comitiva em visita a prefeita de Cachoeira nesta segunda, 10 - destaque, cachoeira, bahiaFoto: Julio Nascimento/ PR

A ministra Damares Alves, titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), estará em Cachoeira, no Recôncavo baiano, nesta segunda-feira (10), junto com a comitiva da Câmara Federal que prestará solidariedade a prefeita Eliana Gonzaga (Republicanos).

De acordo com a assessoria do ministério, a delegação chegará às 10h30 no município e será recebida na sede da Fundação Hansen Bahia. Além da ministra, integram a comitiva as deputadas federais Celina Leão (PP-DF), coordenadora da Bancada Feminina, Tereza Nelma (PSDB-AL), procuradora da Mulher na Câmara e procuradora-adjunta, a baiana natural de Cachoeira, Lídice da Mata (PSB).

Participam ainda do encontro o procurador da República, Ruy Nestor Bastos Mello, titular no procedimento que apura as ameaças de morte e ataques racistas contra a prefeita Eliana, a secretária nacional de Política para as Mulheres, Cristiane Britto, a presidente da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, a secretária estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira e a deputada estadual, Fabíola Mansur (PSB), dentre outras autoridades.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: BN News

Sobrinha de prefeita de Cachoeira é assassinada em Conceição da Feira

Sobrinha de prefeita de Cachoeira é assassinada em Conceição da Feira - destaque, cachoeira, bahiaArquivo / Tribuna do Recôncavo

Um duplo homicídio foi registrado na madrugada desta terça-feira, dia 3, na cidade de Conceição da Feira (BA), no Portal do Sertão. Um homem identificado como Manoel, e uma mulher identificada como Elisângela, foram assassinados a tiros. A mulher era sobrinha da prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga (Republicanos), que vem sofrendo ameaças após vencer a eleição em 2020.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o crime não tem relação política. O atentado foi registrado na Rua Rui Barbosa. Ventilou-se a possibilidade do atentado ter sido motivado por questões políticas, já que Eliana vem sendo ameaçada desde sua vitória. No entanto, o rumor foi dissipado tanto pela SSP quanto pela assessoria da prefeita.

As informações preliminares revelaram que Elisângela tinha um relacionamento com Manoel, pai de um traficante da região. Os criminosos foram à casa de Manoel para matar seu filho, mas não o encontraram no local e acabaram matando o pai e Elisângela, para que não houvesse testemunhas. A assessoria de imprensa de Eliana disse que desconhece a relação entre a sobrinha da gestora e o rapaz morto. A gestora disse acreditar que não haja realmente relação com as ameaças que vem sofrendo. “Ela foi assassinada em outra cidade, ao que parece não tem relação com a questão política”, disse.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia Noticias

Matéria relacionada: Cachoeira: Prefeita relata ameaças de morte

Cachoeira: Duas mulheres são encontradas mortas em estrada vicinal

Cachoeira: Duas mulheres são encontradas mortas em estrada vicinal - cachoeira, bahiaFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

Duas mulheres foram achadas mortas na manhã desta terça-feira, dia 27, em uma estrada no Povoado de Alecrim, zona rural de Cachoeira, no Recôncavo baiano. Os corpos tinham marcas de tiros. As duas vítimas não foram identificadas pela polícia.

Uma equipe da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar foi acionada para atender uma denúncia de disparos de arma de fogo contra duas pessoas, por volta das 2h da madrugada. No local, os militares encontraram as vítimas e acionaram a Polícia Técnica para perícia e remoção dos corpos.

Ninguém foi preso até o momento. Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso será investigado pela delegacia de Cachoeira.

Voz da Bahia

Cachoeira: Prefeita participa de audiência no Ministério Público após ameaças de morte

Cachoeira: Prefeita participa de audiência no Ministério Público após ameaças de morte - noticias, cachoeira, bahiaFoto: Ruanderson Dias/ divulgação

A prefeita de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, Eliana Gonzaga (Republicanos), participou de uma audiência no Ministério Público do Estado nesta segunda-feira, dia 26, após ela ter recebido ameaças de morte nas redes sociais. A audiência foi solicitada pelo presidente estadual do Republicanos, deputado federal Márcio Marinho. Durante a reunião, a procuradora-geral de Justiça, Norma Angélica Cavalcanti, colocou a promotoria do órgão à disposição e garantiu empenhar ao máximo toda a estrutura para chegar aos responsáveis.

“Quero aqui expressar o meu profundo agradecimento ao nosso presidente Márcio Marinho, que agendou essa audiência. Agradeço em nome do município de Cachoeira pela dedicação e empenho dele para resolver essa situação para que possamos realizar o governo de excelência que tanto queremos”, exclamou Eliana Gonzaga. Na ocasião, também estiveram presentes a vice-prefeita de Cachoeira, Cristina Soares, a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), representando a Comissão de Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), além de outros promotores.

Marinho também já havia acionado a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) e a Secretaria Nacional de Mulher, Cristiane Brito, que acompanha a rede de proteção à mulher no Brasil, em favor da prefeita. “Eliana terá todo apoio da nossa legenda e dos nossos pares. Essa luta é pela preservação da democracia frente ao autoritarismo patriarcal que tenta hostilizar pessoas”, afirmou Márcio Marinho.

Bahia.Ba

Cachoeira: Estratégias de proteção à prefeita são definidas em reunião

Cachoeira: Estratégias de proteção à prefeita são definidas em reunião - destaque, cachoeira, bahiaFoto: Alberto Maraux/ SSP-BA

Uma reunião no Centro de Operações e Inteligência (COI), realizada na manhã desta quinta-feira, dia 22, definiu estratégias para a proteção da prefeita de Cachoeira, no Recôncavo baiano, Eliana Gonzaga de Jesus, que vem recebendo ameaças e já teve dois correligionários assassinados desde que foi eleita, em novembro.

Entre as decisões tomadas na reunião, ficou determinado que escolta e outras ações preventivas serão reforçadas. As medidas que serão adotadas foram anunciadas pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, e pela delegada-geral, Heloísa Brito.

O secretário de Segurança Pública, Ricardo Mandarino, que também participou da reunião, assegurou que vai fazer tudo o que estiver ao alcance da Segurança Pública para levar à Justiça os responsáveis.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Metro1

Cachoeira: Após relato de ameaças, prefeita tem suporte de segurança do Estado

Cachoeira: Após relato de ameaças, prefeita tem suporte de segurança do Estado - policia, cachoeira, bahiaImagem: Reprodução/ YouTube - Olha a Pititinga!

Desde que relatou ameaças de morte, a prefeita de Cachoeira, no Recôncavo baiano, Eliana Gonzaga, passou a ter um suporte de proteção da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Nesta segunda-feira, dia 19, um oficial da PM esteve com a gestora como parte das ações. Uma nova audiência com o titular da SSP-BA, Ricardo Mandarino, também deve acontecer em breve. Eliana Gonzaga já fez dois boletins de ocorrência sobre as ameaças. Os casos começaram no final de 2020, logo após ela vencer a eleição municipal.

Dois apoiadores, um deles vereador eleito, foram mortos em dezembro e março passado, respectivamente. Gonzaga diz que não sabe de onde partem as ameaças e preferiu não especular sobre nomes. “Eu não posso atribuir esses casos a ninguém, a nenhuma pessoa ou grupo. A gente só pode falar daquilo que pode provar, e eu prefiro nem saber mesmo. Quero deixar o caso com a polícia e a Justiça”, disse ao Bahia Notícias. A gestora conta que uma vez atendeu uma ligação e do outro lado ouviu som de rajada de tiros. Antes de ser eleita – ela é a primeira negra a comandar o Executivo Municipal -, Eliana Gonzaga foi vereadora por dois mandatos.

Ela conta que nunca sofreu qualquer coisa parecida. “Nunca tive problema com ninguém. Tudo isso se deu depois do resultado das eleições. Cheguei a perder em 2016 quando estava em uma chapa como candidata a vice-prefeita, e também nunca aconteceu isso. Cachoeira nunca teve esse cenário político violento”, relatou. Eliana Gonzaga declarou que já recebeu pedidos para renunciar, mas descartou a possiblidade. “Não vou renunciar. O povo não elegeu uma covarde. Nós temos a alma de nossos ancestrais e não vamos renunciar”, afirmou.

Bahia Noticias

Matéria Relacionada: Cachoeira: Prefeita relata ameaças de morte

Cachoeira: Tecnologia vai favorecer navegação do Rio Paraguaçu

Cachoeira: Tecnologia vai favorecer navegação do Rio Paraguaçu - noticias, destaque, cachoeiraFoto: Divulgação/ Setur

O secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, entregou o projeto de georreferenciamento do Rio Paraguaçu à prefeitura de Cachoeira na segunda-feira (19). Na oportunidade, ele ouviu as reivindicações dos gestores municipais que visam potencializar o turismo no município, além de visitar as obras de construção do Terminal Náutico, que fazem parte do escopo das 13 intervenções que estão sendo realizadas por meio do Prodetur Nacional Bahia.

A navegação pelo Rio Paraguaçu até Cachoeira está prevista no projeto de roteirização náutica da Baía de Todos-os-Santos, por conta do Prodetur, desenvolvido pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur), que contempla a construção do Terminal Náutico do município, cujas obras já iniciaram. O trecho é considerado de difícil navegabilidade, principalmente para barcos de calado mais profundo, por causa do assoreamento após a construção da Barragem de Pedra do Cavalo.

Os dados levantados pelo estudo de georreferenciamento de latitudes e longitudes nas margens do rio, indicando a situação de profundidade e risco, são imprescindíveis para facilitar a navegação. Com a apresentação cartográfica, foi traçado o trajeto geral da rota e as condições para seu uso correto, que podem ser acessados através do aplicativo. (mais…)

Cachoeira: Prefeita relata ameaças de morte

Cachoeira: Prefeita relata ameaças de morte - policia, cachoeira, bahiaImagem: Reprodução/ YouTube - Olha a Pititinga!

A prefeita de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, Eliana Gonzaga de Jesus (Republicanos), denunciou ter recebido ameaças de morte. A gestora declarou que as intimidações começaram na campanha eleitoral do ano passado da qual saiu vencedora. Eliana, como é conhecida, já registrou dois boletins de ocorrência. O município também afirmou que dois militantes que tinham participação ativa na campanha dela foram mortos entre o final do ano passado e março passado, respectivamente.

Ainda segundo a prefeita, depois que o militante Ivan Passos foi morto, moradores comentavam que havia uma lista de apoiadores dela que estariam também ameaçados de morte e que a própria prefeita não assumiria o cargo. Eliana de Jesus diz que ajudou várias pessoas a se mudarem para a Região Metropolitana de Salvador (RMS) como forma de se proteger da ação de criminosos.

Ainda conforme a gestora, um vereador, Georlando Silva, teve que sair da cidade e só voltou para Cachoeira dois dias antes da posse da prefeita. No entanto, ele foi morto a tiros no dia 7 de março, na frente da delegacia da cidade. Os casos de ameaça de morte contra a gestora são investigados pela delegacia local.

Redação: Bahia Noticias | Informações: G1/ Bahia

Cachoeira: UPB repudia ameaças à prefeita Eliana Gonzaga

Cachoeira: UPB repudia ameaças à prefeita Eliana Gonzaga - cachoeira, bahiaFoto: Reprodução/ Vídeo

A União dos Municípios da Bahia (UPB), entidade representativa dos gestores municipais, repudiou as ameaças sofridas pela prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga. Nesta quarta-feira (21), o presidente da entidade, Zé Cocá, manifestou preocupação com a segurança da prefeita e afirmou que situações como essa precisam ser coibidas para garantir a liberdade do voto na Bahia e no Brasil.

“A escolha da população é soberana e precisa ser respeitada. Ameaças, violência e perseguições jogam contra a democracia e precisam ser freadas com poder de polícia. Nós prefeitos, a Diretoria da UPB, estamos solidários a Eliana e ela pode contar com nosso apoio para fazer um grande mandato para o povo de Cachoeira”, afirmou o presidente Zé Cocá.

A UPB tomou conhecimento de que a prefeita recebeu reforço da segurança por meio da Polícia Militar da Bahia e afirmou que acionará à Secretaria Estadual de Segurança Pública sobre a necessidade de apuração dos fatos e culpados. Eliana Gonzaga está em seu primeiro mandato e foi eleita pelo Republicanos, com 10.448 votos (55,94%) para o mandato de 2021-2024.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM-UPB

SAJ e outras nove cidades cancelam São João devido à pandemia

SAJ e outras nove cidades cancelam São João devido à pandemia - senhor-do-bonfim, saj, jaguaquara, itaberaba, ipiau, euclides-da-cunha, camacari, cachoeira, amargosaArquivo Tribuna do Recôncavo

Pelo menos dez municípios baianos já decidiram que não irão realizar o São João neste ano. A suspensão se deve à pandemia do novo coronavírus. Taxas altas de ocupação de leitos e o ritmo da vacinação ainda devagar fizeram com que essas cidades cancelassem os festejos.

São os casos de Amargosa, Cachoeira, Camaçari, Euclides da Cunha, Ipiaú, Itaberaba, Jaguarari, Mata de São João, Santo Antônio de Jesus e Senhor do Bonfim. Camaçari foi a primeira cidade baiana a anunciar o cancelamento dos festejos juninos de 2021.

Ainda sem decidir se vão fazer ou não o evento, pelo menos outras sete cidades ainda aguardam mudanças nos índices da pandemia e da vacinação. Nesse grupo estão Cruz das Almas, Ibicuí, Ipirá, Irecê, Juazeiro, Mucugê e Piritiba.

Redação: Bahia Noticias | Informações: TV Bahia

Voltar à página inicial