Brasil encerrou 2021 com número recorde de famílias endividadas

Brasil encerrou 2021 com número recorde de famílias endividadas - economiaFoto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O nível de endividamento médio das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos. É o que aponta a pesquisa divulgada nesta terça-feira, dia 18, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Segundo o levantamento, o último ano apresentou recorde do total de endividados, registrando uma média de 70,9% das famílias brasileiras, enquanto dezembro alcançou 76,3% do total de famílias – patamar máximo histórico já registrado pela CNC.

Ou seja, 7 em cada 10 famílias contraíram algum tipo de dívida com o sistema financeiro em 2021. Em 2020, o nível médio de endividamento foi de 66,5%.

Metro1

Valor médio do Auxílio Brasil será de mais de R$ 400, diz ministro

Valor médio do Auxílio Brasil será de mais de R$ 400, diz ministro - economiaFoto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

O valor médio pago aos beneficiados ao Auxílio Brasil será maior do que R$ 400, disse nesta segunda-feira, dia 17, o ministro da Cidadania, João Roma. “O Auxílio Brasil chega mais fortalecido, ele interliga programas sociais ao programa de transferência de renda. Já no seu início teve um reajuste de 17%, mais do que o avanço inflacionário [10,06%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA], e com o benefício compensatório ele vai para R$ 400 no mínimo. [Isso] significa que o ticket médio passa a ser até maior”, disse Roma.

Roma disse que o Auxílio Brasil estava beneficiando 14 milhões de famílias e, a partir desta terça-feira, dia 18, mais de 17,5 milhões de famílias passam a receber um mínimo de R$ 400, após o ministério zerar a fila de espera pelo benefício.

“Sem dúvida é um avanço na transferência de renda, um incremento na política social do governo e, além disso, você tem a extensão também da tarifa social de energia elétrica, com desconto de 65% para mais 12 milhões de famílias brasileiras, lembrando que 12 milhões já eram contempladas. Começa a ser pago também desde dezembro do ano passado o Auxílio-Gás a 5,5 milhões de brasileiros, e estamos fortalecendo cada vez mais as políticas de transferência de renda”, disse.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Programa Sem Censura, da TV Brasil

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis - economiaFoto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou nesta segunda-feira, dia 17, que pretende pautar para votação em plenário o projeto de Lei (PL) 1472/21, que pretende criar uma estabilidade e previsibilidade no preço dos combustíveis para, assim, frear o modelo atual de remarcação frequentes aumentos nos postos de gasolina. Em nota da sua assessoria, ele disse que submeterá a decisão ao Colégio de Líderes, em fevereiro, para decidir sobre a apreciação ou não do projeto. Pacheco já tem um nome certo para a relatoria do projeto, o senador Jean Paul Prates (PT-RN).

O projeto prevê a formação dos preços dos combustíveis derivados do petróleo tendo como referência as cotações médias do mercado internacional, os custos internos de produção e os custos de importação. A ideia do projeto, de autoria do senador Rogério Carvalho (PT-SE), é “proteger os interesses do consumidor, reduzir a vulnerabilidade externa e as mudanças constantes dos preços internos”. Carvalho é um crítico da fórmula atual de cálculo dos preços dos combustíveis, com base na Paridade de Preços Internacionais (PPI). O Congresso Nacional retorna do recesso no dia 2 de fevereiro e esse é um tema que deve tomar conta da agenda dos parlamentares. Existe ainda outro projeto sobre o tema tramitando na Casa, o PL 3.450/2021.

Ele proíbe a vinculação dos preços dos combustíveis derivados de petróleo aos preços das cotações do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional. Pelo texto, a Petrobras não poderia vincular os preços dos combustíveis derivados de petróleo como o óleo diesel, a gasolina e o gás natural. O autor desse segundo projeto, Jader Barbalho (MDB-PA), lembrou que a política de preços da Petrobras adotada em 2016 vincula a cotação do dólar ao preço do combustível pago pelo consumidor. “Ou seja, quando o dólar está alto, o preço do barril de petróleo também sobe, impactando diretamente no preço do combustível brasileiro”.

Matéria: Agência Brasil | Informações: Agência Senado

Brasil encerrou 2021 com recorde de endividados

Brasil encerrou 2021 com recorde de endividados - economiaImagem de João Geraldo Borges Júnior por Pixabay

O Brasil encerrou o ano passado com o maior percentual de endividados segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). As 76,3% de famílias endividadas foram o maior da série histórica, iniciada há 11 anos. O levantamento é da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Segundo a entidade, a taxa de incremento de famílias com dívidas também foi a maior já observada, revelando que as famílias recorreram mais ao crédito para sustentar o consumo. Na comparação com 2020, das cinco regiões do país, o Centro-Oeste apresentou queda do índice – 0,3 ponto percentual e o Norte registrou estabilidade. O maior aumento ocorreu no Sudeste (5,9 pontos percentuais), o Nordeste teve a menor alta (4,5 pontos percentuais).

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, avalia que, entre as famílias com rendimentos acima de 10 salários mínimos, a demanda represada, em especial pelo consumo de serviços, fez o endividamento aumentar ainda mais. “O processo de imunização da população possibilitou a flexibilização da pandemia, refletindo no aumento da circulação de pessoas nas áreas comerciais ao longo do ano, o que respondeu à retomada do consumo”, observou.

Bahia.Ba

BNB anuncia José Gomes da Costa como presidente interino

BNB anuncia José Gomes da Costa como presidente interino - economiaFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

O conselho de administração do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) nomeou José Gomes da Costa, atual diretor financeiro e de crédito, como presidente interino e conselheiro de administração da instituição. Ele vai substituir Anderson Aorivan da Cunha Possa. Conforme o comunicado, Costa acumulará os dois cargos.

Economista, José Gomes da Costa é funcionário de carreira do banco há 38 anos, tem mestrado em Economia, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), possui MBA em Finanças, pela Escola de Economia do Rio de Janeiro, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e formação em “banking’, pela Escola de Administração de São Paulo, também pela FGV.

Com larga experiência em gestão, ele já ocupou a função de gerente de várias agências, superintendente estadual da Bahia e diretor financeiro e de crédito do BNB.

Bahia.Ba

Caixa abre linha de crédito específica para pescadores artesanais

Caixa abre linha de crédito específica para pescadores artesanais - economiaFoto: Amanda Oliveira/GOVBA

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira, dia 12, o lançamento de uma nova linha de crédito voltada a pescadores artesanais enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Serão duas modalidades de financiamento. Na linha de custeio, será possível contratar até R$ 250 mil e o recurso pode ser utilizado para financiamento das despesas relacionadas à captura do pescado e conservação das embarcações e equipamentos.

Na linha de investimento, o pescador pode financiar até R$ 200 mil para aquisição e reforma de máquinas e equipamentos, bem como para construção, ampliação e benfeitorias em estruturas para o trabalho. Com taxa de juros a partir de 3% ao ano, o prazo para reembolso do empréstimo é de até 12 meses na modalidade de custeio da atividade pesqueira e de até 120 meses para quem contrata os recursos para investimento.

Para as duas modalidades, segundo a Caixa, o crédito pode ser solicitado por pescadores que atuam como pessoa física ou jurídica detentores de Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar ou inscritos no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF). Segundo o banco, as linhas vão contribuir para o desenvolvimento da economia nas regiões próximas à costa, rios e lagos, e ajudar na profissionalização dos pescadores.

Agência Brasil

Safra de grãos encerra 2021 com crescimento de 4,4% frente ao ano anterior

Safra de grãos encerra 2021 com crescimento de 4,4% frente ao ano anterior - economiaFotos: Jaelson Lucas/ AEN - Fotos Públicas

A safra de grãos alcançou 10,5 milhões de toneladas (t) em 2021 na Bahia, o que representa crescimento de 4,4% na comparação com a safra 2020. Foram colhidas 6,8 milhões de toneladas de soja em 2021, o melhor resultado da série histórica do levantamento, o que correspondeu a uma alta de 12,6% em relação a 2020. A área plantada com a oleaginosa totalizou 1,7 milhão de hectares, que superou em 4,9% a de 2020, e o rendimento médio esperado da lavoura ficou em 4,0 t/ha.

Para a lavoura da cana-de-açúcar foi estimada produção de 5,5 milhões de toneladas, alta de 7,3% em relação à safra anterior. A estimativa da produção do cacau ficou projetada em 145,1 mil toneladas, o que representou um crescimento de 23% na comparação com 2020. As estimativas para as lavouras de banana (878,5 mil toneladas), laranja (634,3 mil toneladas) e uva (61,3 mil toneladas), por sua vez, registraram, respectivamente, variações positivas de 3,4%, 0,2% e 35,1%, em relação à safra anterior.

Os resultados apontam para o bom desempenho da produção de frutas em 2021 no estado. As informações do 12º Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são sistematizadas e analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Seplan

Em 2021, empresas captaram R$ 596 bilhões no mercado

Em 2021, empresas captaram R$ 596 bilhões no mercado - economiaImagem de Sergei Tokmakov Terms.Law por Pixabay

Em 2021, as empresas captaram o total de R$ 596 bilhões no mercado de capitais do Brasil, um recorde histórico da série monitorada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). O volume representa um crescimento de 60% em relação aos níveis de 2020, ano marcado pelo início da pandemia, e de 38% na comparação com 2019.

Das captações do ano passado, R$ 128,1 bilhões foram com ações, incluindo via aberturas de capital (IPO, na sigla em inglês), nível também recorde. Os IPOs renderam R$ 63,6 bilhões. Outros R$ 468 bilhões foram via renda fixa e outros instrumentos, como fundos de recebíveis e certificados de recebíveis.

Enquanto as emissões de ações se concentraram na primeira metade do ano, com o mercado se fechando a partir de agosto, as emissões de debêntures seguiram firmes até dezembro, e com prazos longos. No último trimestre de 2021, mais de 44% das emissões desses papéis saíram com prazos acima de 7 anos, segundo a Anbima.

Bahia.Ba

Governo federal anuncia medidas para renegociar dívidas de pequenas empresas

Governo federal anuncia medidas para renegociar dívidas de pequenas empresas - economiaFoto: Wilson Dias/ Agência Brasil

Quatro dias após ter vetado integralmente o projeto que previa a criação de um programa de renegociação de dívidas para pequenos negócios, o governo federal editou nesta terça-feira, dia 11, medidas para regularizar dívidas de microempreendedores individuais (MEIs) e de pequenas empresas optantes do Simples Nacional. As duas medidas foram publicadas em edição extraordinária do “Diário Oficial da União”. As propostas permitem pagamento de entrada de 1% do valor do débito e dão descontos em juros e multas.

Uma das medidas editadas nesta terça é o Programa de Regularização do Simples Nacional. O programa permite que MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte optantes do Simples Nacional afetados pela pandemia regularizem as dívidas com entrada de 1% do valor total do débito, dividido em até oito meses. O restante do débito pode ser parcelado em até 137 meses, com desconto de até 100% de juros, das multas e dos encargos legais. Esse desconto deve observar o limite de 70% do valor total do débito, segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

O Simples Nacional é o regime simplificado de tributação destinado a microempresas e empresas de pequeno porte. No caso das microempresas, o limite de faturamento anual é de até R$ 360 mil. Para as empresas de pequeno porte, o valor é R$ 4,8 milhões. Ao todo, 1,8 milhão de empresas estão inscritas na dívida ativa da União por débitos do Simples Nacional, das quais 160 mil são MEIs. O valor total dos débitos do Simples Nacional inscritos na dívida ativa da União é de R$ 137,2 bilhões.

Bahia.Ba

INSS reajusta em 10,16% benefício de aposentados que ganham acima do salário mínimo

INSS reajusta em 10,16% benefício de aposentados que ganham acima do salário mínimo - economiaFoto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Em 2022, o valor pago a aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que recebem benefício maior que um salário mínimo, terão reajuste de 10,16%. O valor é maior que o reajuste de 5,45% em 2021, e segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano passado.

O teto dos benefícios do INSS também vão ser reajustados. Vai sair R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22 em 2022, seguindo o valor do INPC. O índice foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) junto com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Os novos valores ainda serão confirmados pelo governo federal por meio de publicação no Diário Oficial da União. O reajuste para segurados do INSS com benefício acima do piso segue a lei 8.213, de 1991. Já para aqueles que passaram a receber a aposentadoria ou pensão a partir de fevereiro de 2021, o valor de reajuste é diferente. Nesses casos, o reajuste varia conforme o primeiro mês de concessão do benefício, e os valores serão divulgados pelo governo.

Bahia.Ba

IBGE prorroga inscrições para processo seletivo do Censo 2022

IBGE prorroga inscrições para processo seletivo do Censo 2022 - economiaFoto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Foram prorrogadas até o dia 21 de janeiro as inscrições para o processo seletivo simplificado do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a contratação de pessoal temporário que trabalhará no Censo Demográfico 2022.

São 206.891 vagas disponíveis, distribuídas da seguinte forma: 183.021, de nível fundamental, para recenseadores; 18.420 para agente censitário supervisor (ACS); e 5.450 para agente censitário municipal (ACM).

Ambas as oportunidades para agente censitário são de nível médio. As inscrições devem ser feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora da seleção. A taxa para participar varia entre R$57,50 e R$ 60,50 e pode ser paga até 16 de fevereiro.

Bahia.Ba

Bolsonaro diz que haverá ‘rebelião e caos’ se for decretado lockdown

Bolsonaro diz que haverá ‘rebelião e caos’ se for decretado lockdown - politica, economiaFoto: Marcos Corrêa/ PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o país será palco de uma “rebelião” e que haverá um cenário de “caos” caso governadores e prefeitos decretem suspendam mais uma vez as atividades sociais e econômicas e decretem lockdown. Além de criticar os chefes do Executivo nos estados e municípios, Bolsonaro voltou a dizer que não vai se vacinar contra a Covid-19.

Para Bolsonaro, na hipótese de ser decretada a suspensão das atividades, as Forças Armadas não conseguiriam garantir a ordem. “O Brasil não resiste a um novo lockdown. Será o caos. Será uma rebelião, uma explosão de ações onde grupos vão defender o seu direito à sobrevivência. Não teremos Forças Armadas suficientes para a garantia da lei e da ordem”, afirmou o presidente em entrevista, que foi ao ar nesta terça-feira, dia 11.

O presidente voltou a dizer que não se vacinou contra a doença e que não vai tomar o imunizante. “Eu não tomei a vacina. É o meu direito”, afirmou. “Não vão forçar, porque eu não vou tomar. Nenhum homem aqui no Brasil ou uma mulher vai me obrigar a tomar a vacina”, disse o presidente, que afirmou novamente que se fosse infectado, não teria complicações em razão de seu “passado atlético”.

Redação: Bahia.Ba | Informações: TV Jovem Pan News

Petrobras anuncia reajuste nos preços da gasolina e do diesel

Petrobras anuncia reajuste nos preços da gasolina e do diesel - economiaFoto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

A Petrobras anunciou que, nesta quarta-feira, dia 12, os preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras sofrerão reajuste e ficarão mais caros. Em nota, a estatal afirma que o reajuste acontece após 77 dias sem aumentos.

“A partir de amanhã 12/01/2022, a Petrobras fará ajustes nos seus preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras. Os últimos aumentos ocorreram em 26/10/2021 e, desde então os preços praticados pela Petrobras para a gasolina foram reduzidos em R$ 0,10 litro em 15/12/2021, e permaneceram estáveis para o diesel”.

Com a alteração, o preço médio de venda da gasolina a distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro. Segundo a empresa, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,26, em média, para R$ 2,37 a cada litro vendido na bomba. Já para o diesel, o preço médio de venda da estatal para as distribuidoras passará de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro.

Bahia.Ba

Lei que estimula navegação entre portos é sancionada com vetos

Lei que estimula navegação entre portos é sancionada com vetos - economiaFoto: Manu Dias/ GOV-BA

A Lei 14.301/22, que cria o Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem (chamado de BR do Mar), foi sancionada pelo governo federa. De forma progressiva, o programa libera o uso de navios estrangeiros na navegação de cabotagem do Brasil, sem a obrigação de contratar a construção de embarcações em estaleiros brasileiros.

A navegação de cabotagem é aquela feita entre portos marítimos sem perder a costa de vista. A nova lei teve origem no PL 4.199/20, projeto de autoria do próprio Executivo, e foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). Entre os itens vetados estão a recriação do Reporto (benefício tributário ao setor) e o limite mínimo para a quantidade de trabalhadores brasileiros nas embarcações.

Matéria: Metro1 | Informações: Agências Senado e Agência Câmara

Inflação medida pelo IPC-S sobe 0,53% na primeira apuração do ano

Inflação medida pelo IPC-S sobe 0,53% na primeira apuração do ano - economiaFoto: Antonio José/ Agencia Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor-Semanal (IPC-S) subiu 0,53% na primeira apuração do ano. Em consequência dessa variação, o acumulado de 12 meses do indicador do FGV Ibre passou de 9,34% – na última rodada do ano passado – para os atuais 9,63%.

Na primeira apuração do ano, três das oito classes de despesa apresentarão altas maiores. Destaque para vestuário, que passou de 0,97% para 1,36%. Também tiveram aceleração de preços os grupos Alimentação (0,72% para 1,00%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,21% para 0,26%), com maiores contribuições de frutas (9,34% para 11,70%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (0,27% para 0,52%).

Quatro classes registraram decréscimo em suas taxas. Quem mais segurou o IPC-S neste início do ano foi o grupo Transportes cuja taxa de variação passou de 0,28%, na quarta quadrissemana de dezembro de 2021 para -0,08% na primeira quadrissemana de janeiro de 2022. Nesta classe de despesa, cabe citar o comportamento do item gasolina – um dos vilões do ano passado. O preço deste combustível recuou -1,16%, ante queda de -0,36% na edição anterior do IPC-S.

Bahia.Ba

Banco do Nordeste fecha o ano com liberação de R$ 41,9 bilhões

Banco do Nordeste fecha o ano com liberação de R$ 41,9 bilhões - economiaFoto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

O Banco do Nordeste fechou o ano de 2021 com contratações globais de R$ 41,9 bilhões, R$ 831 milhões a mais do que no ano anterior. Segundo balanço divulgado pela instituição, as linhas de crédito voltadas para micro, pequenos e médios empreendedores alcançaram R 28,8 bilhões – 69% de todos os recursos aplicados pelo Banco em 2021.

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), principal fonte de recursos do Banco, respondeu por R$ 25,8 bilhões do total contratado. As contratações do Banco do Nordeste com recursos do FNE na Bahia somaram R$ 5,75 bilhões em 2021, distribuída por 149.445 operações.

“Em 2021, sofremos ainda os efeitos da pandemia, mas o Banco do Nordeste esteve oportunamente presente. Muitas famílias chegaram ao final ano com esperança no futuro, porque o BNB levou recursos, levou desenvolvimento”, afirmou o presidente do BNB, Anderson Possa.

Bahia.Ba