web analytics

Bahia fecha com a TV Globo para o Brasileirão

Foto: Divulgação

O Bahia assinou contrato com a Globo e terá os jogos transmitidos na TV aberta e pelo Premiere no pay-per-view. Com a entrada do Esquadrão, apenas Athletico Paranaense e Palmeiras não possuem ainda acordo com a emissora para o período que vai de 2019 a 2024.

Redação: Metro1 | Fonte: Máquina do Esporte

Poupança registra melhor resultado desde 2013, informa Banco Central

Foto: Pixabay

O saldo da caderneta de poupança ficou positivo em 38,2 bilhões no ano passado, informou nesta segunda-feira (07), o Banco Central.

Este é o melhor resultado para a aplicação desde 2013, quando os depósitos superaram os saques em R$ 71,047 bilhões.

Em  2018, os depósitos totalizaram R$ 2,252 trilhões e os saques, R$ 2,214 trilhões. Durante o ano passado, as retiradas só superaram os depósitos em três meses: janeiro, fevereiro e outubro. (Bahia.Ba)

Reforma da Previdência é necessária para a retomada do crescimento, diz jornalista

Foto: Reprodução/ Facebook

O jornalista, escritor e colunista da Folha de S. Paulo, Fernando Canzian, fez uma análise da situação econômica do país e da importância da reforma da Previdência, nesta sexta-feira (04). De acordo com Canzian, após o ajuste fiscal do governo de Michel Temer, a economia brasileira apresenta condições favoráveis a um crescimento a longo prazo, mas a questão da Previdência precisa ser resolvida, preferencialmente com a manutenção do projeto que já tramitou no Congresso.

A maior dificuldade, na opinião do jornalista, está na votação da proposta por parte da nova legislatura. “É preciso convencer os deputados novos, que são cerca de 50% dos que assumem. Mais de 25% deles não têm nem experiência legislativa. Dos 513 parlamentares, 3/5 precisam aprovar e cerca de 160 já estão na oposição. Não vai ser uma coisa tão simples”, analisou.

Para Canzian, o atual momento é propício para que o presidente Jair Bolsonaro faça a reforma da Previdência. “Bolsonaro deveria aproveitar esse ímpeto da posse recente, da pesquisa Datafolha mostrando que está todo mundo apoiando ele, que as pessoas estão otimistas com o governo, para fazer a reforma mais profunda possível. Apresenta uma reforma profunda e depois negocia”, disse o jornalista, acrescentando que o presidente traz uma visão “conciliadora” ao considerar as diferenças regionais na expectativa de vida. (mais…)

Prazo para pagamento da 2ª parcela do 13º salário acabou nesta quinta

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens

O prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários a segunda parcela do 13º salário terminou nesta quinta-feira (20). A primeira parcela foi paga até no dia 30 de novembro. Cada parcela representa metade do salário que o funcionário ganha.

O pagamento do 13º salário é feito com base no salário de dezembro, exceto no caso de empregados que recebem salários variáveis, por meio de comissões ou porcentagens – nesse caso, o 13º deve perfazer a média anual de salários. Cabe ao empregador a decisão de pagar em uma ou duas parcelas. No caso de ser apenas em uma única vez, o pagamento deveria ter sido feito até o dia 30 de novembro. Empregadores que pagam a gratificação em uma única parcela em dezembro estão sujeitos a multa.

Quem não recebeu a primeira e a segunda parcelas até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Outra opção é buscar orientação no sindicato de cada categoria. Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento, será autuado por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho no momento em que houver fiscalização, o que gerará uma multa. (Bahia.ba)

Governo alemão doa quase 190 mil euros ao Museu Nacional no Rio de Janeiro

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur/ Fotos Públicas

O governo da Alemanha doou 180.800 euros ao Museu Nacional, do Rio de Janeiro, que foi totalmente destruído por um incêndio ocorrido no dia 2 de novembro. A doação, concluída nesta segunda-feira (10), é equivalente a cerca de 808 mil reais e será utilizada na recuperação do acervo resgatado dos escombros.

Cônsul-geral da Alemanha no Rio de Janeiro, Klaus Zillikens afirmou que a doação representa apenas uma etapa inicial, já que o Museu Nacional continuará sendo assistido. Segundo ele, o governo alemão pretende disponibilizar um aporte de até 1 milhão de euros, que devem ser repassados conforme as demandas do museu.

Para o Museu Nacional, a doação tem extrema relevância, porque será usada na compra de materiais específicos de recuperação, listados pelas equipes de busca. Artigos como computadores e lupas especiais serão adquiridos – uma delas, inclusive, vai ser usada em particular na reintegração de Luzia, o fóssil humano mais antigo do Brasil. “É um valor que entra para aquilo que a gente precisa. Nós estamos extremamente gratos pela sensibilidade do governo alemão”, reforçou o diretor do museu, Alexander Kellner. (Metro1)

Dólar sobe pelo segundo dia e fecha cotado a R$ 3,86

Foto: Pixabay

A moeda norte-americana encerrou o pregão em alta pelo segundo dia consecutivo, com valorização de 0,26%, sendo cotada a R$ 3,868 para venda. Esse foi o maior aumento registrado desde o dia 27 de novembro, quando o dólar encerrou a R$ 3,877.

O Banco Central suspendeu os leilões extraordinários de venda futura da moeda, com compromisso de recompra, mantendo somente os leilões tradicionais de swaps cambiais. Desde o final de novembro, já foram ofertados US$ 4 bilhões nos leilões de linha para diminuir o valor da cotação da moeda norte-americana.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou em alta de 0,47%, com 89.039 pontos.  Os papéis da Petrobras acompanharam a valorização, encerrando o pregão de hoje com aumento de 0,59%, enquanto Vale caiu 0,15% e Itau com menos 0,08%. (Bahia.ba)

PIB cresce 0,8% no terceiro trimestre de 2018

Foto: Daniel Isaia/ Agência Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 0,8% entre o segundo e o terceiro trimestre de 2018, na série com ajuste sazonal. Em relação ao terceiro trimestre de 2017, o crescimento foi de 1,3%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No acumulado de setembro de 2017 a setembro de 2018, o PIB subiu 1,4% em relação aos 12 meses imediatamente anteriores. Já quando se considera apenas o período entre janeiro e setembro de 2018, o crescimento foi de 1,1% em comparação com o mesmo período de 2017.

Em valores correntes no período, o PIB no terceiro trimestre de 2018 alcançou R$ 1,716 trilhão, sendo R$ 1,464 trilhão do valor adicionado a preços básicos e R$ 252,2 bilhões dos impostos sobre produtos líquidos de subsídios. A taxa de investimento foi de 16,9% e a taxa de poupança foi de 14,9%. De acordo com o IBGE, a alta foi influenciada diretamente pelos setores de serviços e agropecuária. (Metro1)

Dólar abre a semana em alta de 0,60%, cotado a R$ 3,7598

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

A moeda norte-americana abriu o pregão nesta segunda-feira (19), em alta de 0,60%, cotada a R$ 3,7598 para venda. O movimento será de baixa liquidez por conta do feriado do Dia da Consciência Negra desta terça-feira (20), no Brasil, e na próxima quinta-feira (22), nos Estados Unidos pelo Dia de Ação de Graças.

No fechamento da semana na última sexta-feira (16), o dólar comercial recuou 1,28%, cotado a R$ 3,73. O Ibovespa, índice da B3, iniciou a semana em queda de 0,82%, com 87.775 pontos nesta manhã.

No fechamento do mercado na última sexta-feira (16), o Ibovespa registrava uma forte alta de 2,96% com 88.515 pontos. (Agência Brasil)

Dólar opera em alta nesta segunda-feira

Foto: Pixabay

O dólar opera em alta nesta segunda-feira (12).  Um dos motivos é as preocupações com a saída do Reino Unido da União Europeia e com a trajetória de alta dos juros nos Estados Unidos, embora o feriado do Dia do Veterano deva encolher os negócios. Investidores também aguardam novidades sobre a equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro. A moeda norte-americana subia 0,29%, vendida a R$ 3,7452. (Bahia Noticias)

Dicas de como melhor utilizar o décimo terceiro

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens

Os empregadores têm até o dia 30 de novembro para pagar a primeira parcela do décimo terceiro salário. O Mestre em Controladoria e Finanças e professor dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do Centro Universitário Estácio da Bahia, Alex Magalhães, sugere dicas de como aproveitar melhor o dinheiro extra no final de ano.

Segundo pesquisa realizada pelo o Serviço de Proteção ao Crédito – SPC, o número de inadimplentes no Brasil chegou em agosto a quase 64 milhões de pessoas. Somente no estado da Bahia, esse número pode chegar aos 4 milhões de endividados. Para aqueles que estão nesta situação, o professor afirma que a primeira dica é saldar esses débitos, principalmente se forem no cartão de crédito e cheque especial. A taxa média de juros no cartão de crédito rotativo já atingiu 450% ao ano e o do cheque especial, a média gira em 328% ao ano. “Sabemos que os juros cobrados pelos bancos e pelas operadoras de cartão de crédito são bem altos, podendo mais que triplicar em um ano. Então, a primeira sugestão é aproveitar o décimo terceiro para negociar o pagamento o quanto antes destes tipos de dívida, se possível à vista e pedindo um bom desconto nos juros cobrados”, diz Magalhães.

Magalhães recomenda que a segunda parcela, que será paga em dezembro, deva ser reservada para pagamento das contas do início do ano como, por exemplo, os pagamentos da primeira mensalidade escolar, IPTU, IPVA, compra de material escolar, dentre outras. “Essas medidas vão ajudar a não começar o ano descapitalizado e evitar que se recorra novamente ao cartão de crédito e ao cheque especial, senão acabamo (mais…)

Após euforia com resultado eleitoral, dólar desacelera queda e bate R$ 3,64

Foto: Pixabay

A Bolsa abriu em alta no primeiro pregão após a vitória de Jair Bolsonaro na corrida presidencial. Embora esperada, a variação positiva é muito mais modesta do que o observado no domingo e hoje cedo nos ETFs de ações brasileiras no Japão, na Europa e em Nova York, informa o jornal O Estado de S. Paulo. Ainda assim, de acordo com a publicação, a bolsa brasileira sobe, indicando a satisfação dos agentes do mercado com as perspectivas para a condução da economia até 2022.

Sob a mesma reação, o dólar abriu e segue em queda, assim como as taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI). Já o dólar, após abrir a sessão em baixa de quase 2%, renovou máximas ante o real há pouco, pressionado pelo exterior. Lá fora, a divisa americana se fortaleceu após a alta de 0,2% do núcleo do índice de inflação medido pelo PCE em setembro ante agosto, acima da previsão de 0,1%. Às 11h32, o Ibovespa subia 1,32% aos 86.874.57 pontos. O dólar à vista caía 0,26% aos R$ 3,6433.

Ao diário paulista, Fernanda Consorte, estrategista de câmbio do banco Ourinvest, disse que o mercado se ajusta após a euforia inicial com Bolsonaro presidente e agora opera acima dos R$ 3,60 rumo aos R$ 3,65 que é o nível que já precificava a vitória na última sexta-feira. Agora, diz ela, o mercado passa a olhar fundamentos e, apesar do cenário externo bom hoje, deve ficar mais sensível às incertezas internacionais. (Bahia.Ba)

Dólar pode chegar a R$ 3,50 se Bolsonaro vencer, dizem analistas

Foto: Pixabay

O mercado financeiro já admite a possibilidade do dólar cair para R$ 3,50 no caso de vitória do candidato Jair Bolsonaro (PSL), nas eleições presidenciais. As informações são da ‘Veja’.

De acordo com analistas consultados pela revista, no há consenso sobre quando esse patamar deve ser alcançado e se a queda é sustentável. O câmbio é considerado “saudável” pelos especialistas em uma faixa entre R$ 3,70 e R$ 3,80. A última vez que o dólar chegou a R$ 3,50 foi em abril deste ano.

O dólar comercial opera no campo positivo nesta quinta-feira (18). A moeda americana era negociada a R$ 3,69 às 11h, com alta de 0,22%. (Noticias ao Minuto)

Dólar cai para R$ 3,72 após resultado do primeiro turno

Foto: Pixabay

O dólar iniciou a segunda-feira (08), em forte queda ante o real e chegou a R$ 3,72 às 9h30. O resultado foi influenciado pelo resultado do primeiro turno da eleição presidencial, em que o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, recebeu votação expressiva. A participação do partido de Bolsonaro no Congresso Nacional também teve peso na queda da moeda: o PSL conquistou a segunda maior bancada.

O cenário animou os investidores que torcem por um candidato considerado mais reformista no Palácio do Planalto. Bolsonaro recebeu 46,04% dos votos válidos enquanto o petista Fernando Haddad, que vai disputar com ele o segundo turno, ficou com 29,26% do total. O PT ficou com 57 cadeiras na Câmara dos Deputados, a maior bancada, e o PSL, com 51. Às 9:14, o dólar recuava 2,68%, a R$ 3,7536 na venda, depois de terminar a sexta-feira em queda de 1%, a R$ 3,8570, e encerrar a semana com queda acumulada de 4,46%, o maior recuo semanal desde março de 2016.

O dólar futuro tinha baixa de 2,35%. O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 7,7 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de novembro, no total de 8,027 bilhões de dólares. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral. (R7)

Bolsa de valores deve abrir em alta e dólar deve começar em queda nesta sexta

Foto: Pixabay

A bolsa de valores deve subir e o dólar deve cair logo no início desta sexta-feira (4), diante do resultado da última pesquisa Datafolha que mostra um crescimento de Jair Bolsonaro na disputa pelo Palácio do Planalto. As ações brasileiras já apresentaram aumento nos Estados Unidos e a tendência é que esse reflexo seja notado no Brasil logo na abertura do marcado.

As ações da Petrobras no mercado americano, por exemplo, fecharam esta quinta-feira (4) em alta de 1,03%. No entanto, logo após a divulgação da pesquisa de intenção de voto do Datafolha, o crescimento foi de 5,04%. “Provavelmente a bolsa vai abrir subindo muito e o dólar deve abrir caindo”, comentou o economista Ricardo Ribeiro em entrevista ao Bahia Notícias.

Outras ações brasileiras negociadas nos Estados Unidos também apresentaram crescimento após a divulgação do levantamento favorável a Bolsonaro. “A cesta de ações brasileiras negociadas nos Estados Unidos caiu 1,06% hoje. Mas logo após o resultado da pesquisa, que mostra Bolsonaro mais na frente e Haddad estagnado, essa cesta de ações passou a subir 3,4%”, explicou o também economista da BP investimento Marcelo Barcellos. (Bahia Notícias)

PIB norte-americano cresce 4,2% no 2º tri

Foto: Departamento de Estado/ Domínio Público

O Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano cresceu 4,2% em taxa anualizada referente ao segundo trimestre de 2018, de acordo com a terceira e última estimativa do Departamento de Comércio norte-americano, divulgada nesta quinta-feira (27). O resultado foi impulsionado pelos gastos do consumidor, que cresceram 3,8%, além de ter sido estimulado por exportações e investimentos dos governos estadual e federal.

A economia do país ainda vive o efeito dos cortes de US$ 1,5 trilhão em impostos aprovados pelo governo no final do ano passado, que estimularam o consumo. A corrida dos comerciantes para realizar transações antes da entrada em vigor das taxas norte-americanas a importações também influenciou no resultado. “Nós estamos indo muito melhor do que ninguém pensou que seria possível”, disse o presidente norte-americano, Donald Trump, em entrevista coletiva realizada em Nova York, na última quarta-feira (26).

O crescimento no período entre abril e junho cumpre a meta do governo, que pretende fechar o ano com expansão de 3% na economia. No primeiro trimestre, os Estados Unidos registraram avanço de 2,2% no PIB. Na última quarta-feira (26), o Federal Reserve, banco central norte-americano, elevou a taxa básica de juros da economia em 0,25 ponto percentual, para um intervalo de 2% a 2,25%, o maior patamar desde 2008. Essa foi a terceira vez em que o Fed elevou a taxa-base no ano. (ANSA)

Temporada de cruzeiros marítimos trará à Bahia mais de 240 mil turistas

Foto: Tatiana Azeviche/ SETUR

A temporada de cruzeiros marítimos, que contribui para o aumento de turistas no verão baiano, começa no dia 19 de novembro, com a chegada do navio MSC Fantasia no porto de Salvador. Até abril de 2019, é esperado o desembarque de 241.358 turistas nos portos da capital e de Ilhéus, um acréscimo médio de 7,5% em relação à temporada anterior, segundo dados da Companhia das Docas do Estado da Bahia – Codeba. Para Salvador estão previstas 48 escalas de navio e o desembarque de 162.187 passageiros.

Já o porto de Ilhéus recebe 20 escalas e 79.171 passageiros. O maior navio a atracar no porto da capital é o MCS Seaview, com capacidade para 5.210 passageiros.  Suas escalas começam no início de dezembro e seguem até meados de fevereiro. A chegada de navios de cruzeiro aquece a atividade turística da Bahia com a circulação de visitantes do Brasil e do exterior. Na passagem por Salvador, os turistas costumam circular principalmente pelo Pelourinho, Mercado Modelo e Igreja do Bonfim.

‘Este movimento aquece a economia com bons resultados para segmentos como o de restaurantes, aluguel e frete de veículos, artesanato etc’, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves. A temporada será precedida pela chegada do navio Aidaaura em Salvador, já no dia 22 de outubro, com capacidade para 1.266 passageiros. O MSC Fantasia, que abre oficialmente a temporada em novembro, virá de Santa Cruz do Tenerife, na Espanha, trazendo até 3.952 passageiros a bordo. A chegada ao porto da capital está prevista para as 13h. Às 21h do mesmo dia, a embarcação segue para Ilhéus. (mais…)

Voltar à página inicial