web analytics

Maragogipe: Jovem é baleado na zona rural

Imagem ilustrativa | Foto: Agência Brasil

Um jovem sofreu tentativa de homicídio, na noite de sábado (12/01), no município de Maragogipe, no Recôncavo baiano.

Vinícius da Conceição dos Santos, de 21 anos, estava em frente à casa de sua sogra com mais dois amigos, na localidade de Fazenda Guapira, zona rural do município, quando um homem a bordo de uma motocicleta acabou caindo do veículo.

Ao levantar, o indivíduo sacou uma arma de fogo e disparou contra os três, atingindo Vinícius no braço esquerdo e mão direita. Vinícius foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Nossa redação não foi informada sobre o seu estado de saúde.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Forte Na Noticia

Maragojipe: Policial Militar é baleado após briga de trânsito

Foto: Reprodução/ Forte no Recôncavo

Um policial militar foi baleado na tarde de sábado (05/01) na cidade de Maragojipe, no Recôncavo baiano. O sargento Luiz Bernado de Jesus, 60 anos, teria se envolvido em uma briga de trânsito com um homem identificado apenas como Douglas.

Os disparos atingiram o militar e o carro modelo Fiat Siena. A vítima foi socorrida e transferida para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus). Não há informações sobre o estado de saúde. O autor dos disparos ainda não foi encontrado pela polícia.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Forte da Notícia

Maragogipe: Mulher suspeita de matar mãe e filhas é indiciada por homicídio qualificado

Foto: Reprodução/ Recôncavo Agora

A mulher presa por suspeita de matar mãe e filhas envenenadas e ocultar provas do crime, no distrito de Nagé, cidade de Maragojipe, no recôncavo baiano, foi indiciada nesta quarta-feira (7) por homicídio triplamente qualificado – por motivo torpe, dissimulação e uso de veneno. A informação foi divulgada pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado Marcos Veloso, titular da cidade e responsável pelas investigações, além do indiciamento, Elisângela Almeida de Oliveira também teve a prisão temporária convertida em preventiva.

Ainda segundo o delegado, o marido de Elisângela, Valci Boaventura Soares, que também foi preso por suspeita de coagir testemunhas para que não dessem depoimentos sobre o caso, não foi indiciado e foi solto, também nesta quarta, por falta de provas.

O inquérito do caso foi remetido para o Ministério Público da Bahia (MP-BA), que decidirá se vai ou não oferecer denúncia à Justiça. (mais…)

Maragogipe: Suspeita de envenenar mãe e filhas fala pela 1ª vez sobre o caso

Foto: Reprodução/ Recôncavo Agora

A Polícia Civil voltou a ouvir na sexta-feira (19), o marido e pai das três vítimas de envenenamento que ocorreu em Maragogipe. O pescador Jeferson Eduardo Brandão e outras duas pessoas foram interrogadas pelo delegado titular, Marcos Veloso, que continua investigando o caso para obter mais provas contra Elisângela Almeida de Oliveira, presa junto com o marido por suspeita de cometer os crimes.

As vítimas morreram em três segundas-feiras seguidas, no dia 30 de julho, 6 e 13 de agosto. Primeiro faleceram as filhas, Greisse Santos da Conceição, 5 anos, e Ruteh Santos da Conceição, 2, e, por último, Adriane Ribeiro Santos, 23, que era esposa de Jeferson. De acordo com a família dele, também foram ouvidos uma das irmãs de Jeferson, Josiana, e o marido dela, Gilvan.

A Polícia Civil confirma que duas pessoas passaram por oitivas, mas não revelou quem foi ouvido ou por qual motivo segundo o Correio. A ideia dos depoimentos era esclarecer alguns pontos sobre a investigação. Na quarta-feira (11), Elisângela, que falou sobre sua relação com Jeferson, a quem disse considerar como um filho, mas que ela considera suspeito, e o marido dela, Valci Boaventura Soares, foram presos suspeitos dos assassinatos. (mais…)

Maragogipe: Polícia confirma que suspeita envenenou mulher e filhas

Foto das vítimas | Reprodução/ TV Bahia

A Delegacia Territorial (DT), de Mararogipe divulgou, nesta terça-feira (16), o resultado da acareação realizada com os acusados da morte de Adriane Ribeiro Santos, de 23 anos, e das filhas dela Greisse Santos da Conceição, de cinco anos, e Ruteh Santos da Conceição, de dois anos. Segundo a apuração, a suspeita envenenou Adriane e as filhas depois que a autora passou a demonstrar interesse pelo marido da vítima e as duas se desentenderam.

A suspeita e seu companheiro estão presos, desde o dia 11 de outubro, quando a polícia cumpriu um mandado de prisão temporária contra o casal. A polícia confirmou que foi utilizado um inseticida de uso agrícola, misturado em alimentos oferecidos as vítimas para consumar o crime.

Um mandado de busca e apreensão já havia sido cumprido na casa de Elisângela e Valci, que vinha coagindo testemunhas para que não dessem informações à polícia e destruindo provas que poderiam revelar seu envolvimento nas mortes.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Bahia Noticias

Maragogipe: Casal é preso suspeito de envenenar mãe e filhas

Foto das vítimas | Reprodução/ TV Bahia

Um casal foi preso pela polícia, na tarde desta quinta-feira (11/10), suspeito de envenenar uma mulher e as duas filhas dela em Maragogipe, no recôncavo baiano. Ao saber das prisões, um grande número de moradores da cidade cercou a delegacia para pedir justiça. Os portões da unidade policial foram fechados.

A polícia ainda não divulgou o que pode ter motivado o crime, no entanto, as investigações apontam que o casal estava coagindo testemunhas para que não dessem informações, e destruindo provas que poderiam revelar o envolvimento deles nos crimes.

O casal será ouvido na delegacia. Conforme a Polícia, as vítimas foram envenenadas com um inseticida agrícola. Adriane Ribeiro e suas filhas Greicy Kelly de 5 anos e Ruth Santos de 2 anos morreram em um intervalo de 15 dias, entre o final de julho e o início de agosto, após apresentarem mal-estar com sintomas parecidos. O cachorro de estimação das vítimas também morreu. O pai das meninas é o único sobrevivente da família. (mais…)

Maragojipe: 150 pessoas confirmam presença no “faxinaço” marcado para este sábado

Foto: Divulgação

Cerca de 150 pessoas do município de Maragojipe já confirmaram presença no mutirão da campanha Limpando os Manguezais, que acontece a partir das 8h deste sábado, 29, na área de mangue do bairro do Caijá. O grupo de voluntários é formado por estudantes e moradores do local, numa articulação da equipe técnica do Projeto CO2 Manguezal, executado pela Fundação Vovó do Mangue com vistas à recuperação e preservação de áreas de mangue nas baías de Iguape e de Todos os Santos.

A atividade faz parte da segunda edição da campanha nacional promovida pela entidade cearense Ecomuseu Natural do Mangue (Ecomunam) e que ocorrerá em cidades de vários outros estados do litoral brasileiro, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão, Pernambuco, Ceará, Santa Catarina e Pará.

Ecomunam – O EcoMuseu Natural do Mangue é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, cuja sede está situada na Praia de Sabiaguaba, na cidade de Fortaleza (Ceará). A entidade tem como principal objetivo a conscientização e preservação dos manguezais, já tendo atuado de forma colaborativa com movimentos socioambientais locais, regionais e internacionais.

Texto: Hilda Fausto/ ASCOM

Maragogipe: Projeto CO2 Manguezal adere à campanha nacional Limpando os Manguezais

Arte: Divulgação

O Projeto CO2 Manguezal, executado pela Fundação Vovó do Mangue visando à recuperação e preservação de áreas de mangue nas baías de Iguape e de Todos os Santos, aderiu à campanha nacional II Limpando os Manguezais. Promovida pela entidade Ecomuseu Natural do Mangue (Ecomunam), a ação acontecerá no próximo sábado, dia 29, a partir das 8h, em cidades de vários estados do litoral brasileiro, tendo o CO2 concentrado sua participação na área de mangue do bairro do Caijá, em Maragojipe, um dos quatro municípios baianos atendidos pelo projeto.

Para fortalecer o sucesso do “faxinaço” em Maragojipe, a equipe do CO2 Manguezal está convidando, de forma voluntária, a comunidade local. “É uma oportunidade de conscientizarmos a população maragojipana e de toda a região quanto à necessidade de preservar os manguezais, que é um rico e diverso habitat da fauna e da flora, além de um berço natural para o sustento de muitas famílias”, enfatizou a coordenadora geral do Projeto, Rosiane Campos.

Além da Bahia, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão, Pernambuco, Ceará, Santa Catarina e Pará também já aderiram ao movimento, formando uma grande rede de limpeza. (mais…)

Maragogipe: Meia tonelada de lixo é retirada da Ilha do Galego

Foto: Divulgação

Isopor, tampas de garrafas, espumas de geladeira, aparelhos de tv, sandálias e sapatos, lâmpadas, garrafas de vidros, pneus, brinquedos, seringas e preservativos foram alguns dos muitos resíduos retirados de uma área de 2.000m² da Ilha do Galego, em Maragojipe. O “faxinaço” teve a participação do Projeto CO2 Manguezal, executado pela Fundação Vovó do Mangue com vistas à recuperação e preservação de áreas de mangue nas baías de Iguape e de Todos os Santos.

A ação fez parte da #SemanaMaresLimpos 2018, promovida pela campanha Mares Limpos, sob a coordenação da ONU Meio Ambiente. Distribuídos em 30 sacos, os 485kg de lixo retirados foram agrupados e encaminhados para o descarte adequado. Após a limpeza, a área foi preparada e a equipe do CO2 Manguezal iniciou o replantio de mudas de mangues.

Inicialmente prevista pela equipe técnica e voluntários para ser concluída em apenas um dia, a limpeza foi feita em dois dias (18 e 19 de setembro) devido à grande quantidade de resíduos presentes no local.  Segundo o biólogo do CO2, Bruno Barbosa, “o aumento da poluição na área cresceu de forma assustadora. É necessário conscientizar a sociedade sobre os prejuízos causados por essa poluição ambiental. Essas ações que envolvem a comunidade tem como cunho fomentar o protagonismo da transformação nessas áreas”, afirmou. (mais…)

Maragogipe: Plantio de árvores nativas marca comemorações do Dia Mundial da Árvore

Foto: Divulgação

O plantio de cerca de 120 mudas de árvores nativas em uma área localizada na Samambaia, zona rural de Maragojipe, no Recôncavo baiano, marcou a semana em que se comemora o Dia Mundial da Árvore, 21 de setembro. A ação de reflorestamento foi uma iniciativa do Projeto CO2 Manguezal, executado pela Fundação Vovó do Mangue com vistas à recuperação e preservação de áreas de mangue nas baías de Iguape e de Todos os Santos.

Canafístula rosa, Ipê roxo, Biriba, Urucum, Ingá edulis, Saboneteira, Aroeira e Pitanga foram as mudas selecionadas. O local escolhido foi uma indicação do parceiro do Projeto, o empresário Raimundo Nunes Dias, mais conhecido como Remo.

Para ele, “cuidar dos rios e das matas é uma obrigação de todos, pois, assim, preservaremos e entregaremos aos nossos filhos e netos um mundo mais saudável”, disse o empresário, que solicitou uma visita técnica da equipe do Projeto CO2 Manguezal em uma área de sua propriedade, para viabilidade de reflorestamento.      (mais…)

Caso Maragojipe: Delegado nega que suspeita de cometer os crimes tenha se entregado à polícia

Foto: Arquivo Pessoal

O delegado Marcos de Sena Veloso, responsável por investigar as mortes da mãe e duas filhas na cidade de Maragojipe, no recôncavo da Bahia, negou que a acusada de cometer os crimes tenha se entregado à polícia.

A informação de que a suspeita tinha prestado depoimento na delegacia do município acompanhada de dois advogados veio a público na quinta-feira (20). Ainda segundo o delegado, também não é possível afirmar que Greicy Kelly Santos da Conceição, de 5 anos, Ruth Santos da Conceição, 2 anos, e Adryane Ribeiro, 23 anos, morreram vítimas de envenenamento, já que o resultado da necropsia ainda não está disponível.

As mortes ocorreram em um intervalo de menos de 15 dias. O caso ocorreu entre julho e agosto deste ano. Durante o período, o cachorro de estimação das vítimas também morreu. O pai das meninas é o único sobrevivente da família. (Bocão News)

MATÉRIA RELACIONADA: Corpo de garota morta por suspeita de envenenamento será retirado da sepultura

Maragogipe: Corpo de garota morta por suspeita de envenenamento será retirado da sepultura

Foto: Arquivo Pessoal

O corpo de uma menina de cinco anos, morta por suspeita de envenenamento, será retirado da sepultura por decisão da Justiça na próxima sexta-feira (31). A garota veio a óbito, antes de outra irmã (de dois anos) e da mãe, que também morreram pela mesma suspeita, em um intervalo de 15 dias, em Maragogipe, no Recôncavo. A autorização judicial para exumar o corpo de Greicy Kelly Santos da Conceição foi informada nesta segunda-feira (27).

A menina de 5 anos foi enterrada no Cemiterio de Nagé, por “morte natural”, antes da suspeita de envenenamento. A Polícia Civil investiga se um líquido e um chocolate, encontrado na casa da família, podem ter provocado a morte das vítimas. Um cachorro da família também morreu no período. Uma perícia foi feita, mas novos testes devem ser realizados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), já que o primeiro laudo não foi suficiente.

Greicy Kelly morreu no dia 30 de julho. Ela chegou a ser levada para um hospital em São Félix, vizinha a Maragogipe, mas não resistiu. No dia 6 de agosto, a irmã dela, Ruth Santos da Conceição, de 2 anos, também morreu após passar mal. Já na segunda-feira (13), a mãe das meninas, Adriane Ribeiro Santana Santos, também teve um mal-estar antes de vir a óbito.

Reportagem: G1 | Redação: Bahia Noticias

Estudantes da Facemp realizam estudo de campo em Maragogipinho

Foto: Divulgação

Alunos dos Cursos de Administração e Recursos Humanos da FACEMP – Faculdades de Ciências e Empreendedorismo, realizaram um estudo de campo no Centro de Artesanato de Maragogipinho–BA.

O distrito é tido como o maior Centro de Cerâmica da América Latina, com mais de 100 olarias em funcionamento. O trabalho artesão é passado de pai para filho, e tem em sua maioria associados da AAMOM – Associação de Auxílio Mútuo dos Oleiros de Maragogipinho.

As professoras Delnice Cardoso, Josiene Oliveira e Caroline Pereira objetivaram através desse estudo, proporcionar aos acadêmicos conhecerem o sistema de produção da argila em peças decorativas e utilitárias, o funcionamento de uma associação, seus aspectos dentro do conceito de estrutura formal e informal, a gestão de processos, o fluxo logístico das peças produzidas, e as ferramentas de marketing, utilizadas intuitivamente pelos oleiros do município.

Dessa forma, foi proposto aos acadêmicos, analisar o cenário com o olhar de pesquisadores, procurando identificar as atividades ligadas à Ciência da Administração.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Blog do Valente

Maragogipe: TJ rejeita denúncia contra prefeita por contratação de escritórios de advocacia

Foto: Reprodução/ Facebook

A primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) rejeitou uma denúncia contra a prefeita de Maragogipe, no Recôncavo baiano, Vera Lúcia Maria dos Santos, a Vera da Saúde. A gestora é acusada pelo Ministério Pública do Estado (MP-BA) de contratar três escritórios de advocacia para atividades corriqueiras da administração pública. A soma dos contratos teria causado dano de R$ 586 mil à prefeitura.

Conforme o MP-BA, os serviços poderiam ser prestados pela Procuradoria Municipal ou feitos por contratos precedidos de concurso. A acusação afirmou ainda que “prova dos autos evidenciaria que tais condutas não teriam sido um mero deslize burocrático ou simples irregularidade formal nos procedimentos, mas, sim, atuação plenamente consciente” da gestora.

O relator do caso, desembargador Nilson Soares Castelo Branco, considerou os argumentos da prefeita que alegou falta de número suficiente de procuradores do município [haveria apenas quatro] e que as contratações foram feitas dentro da lei. A decisão foi tomada na terça-feira (21). (Bahia Noticias)

Maragogipe: Estudantes e educadores prestigiam Semana Estudantil

Foto: Divulgação

Com a presença de 3.500 estudantes, diretores, educadores e funcionários de 15 instituições de ensino, a vigésima edição da Semana Estudantil de Maragojipe foi um sucesso de público e de participação. Durante os quatro dias de atividades (de 14 a 17 de agosto), os jovens estudantes participaram de festival de poesia e de música, jogo do conhecimento, concurso de redação e torneio de futsal, movimentando nos turnos da manhã e da tarde a sede da Fundação Vovó do Mangue, entidade responsável pela organização do evento.

Satisfeito em ver a casa cheia durante todos os quatro dias de programação, o presidente da Vovó do Mangue, Francisco Alecy Santos Silva, destacou: “Nesta edição da Semana Estudantil, tivemos o prazer de homenagear o esportista maragojipano Tony Brito, que dedicou a sua vida em ajudar as pessoas, principalmente as crianças e adolescentes. Na Semana Estudantil exercitamos a cidadania, promovemos a educação, a prática esportiva e a inclusão social através de diversas atividades interativas entre jovens e adultos, fortalecendo dessa forma o tripé entre alunos, professores e sociedade”, afirmou

Aluno do Colégio Estadual Gerard Meyer Suerdieck, Carlos Eduardo Souza de Jesus considera a Semana Estudantil “um evento de grande importância na formação e inserção de jovens, não apenas pela participação dos indivíduos nas atividades desenvolvidas durante a semana, mas, também, na personalidade dos indivíduos.” (mais…)

Maragogipe: Polícia investiga líquido e chocolate em caso de morte de mãe e 2 filhas

Foto: Arquivo Pessoal

Um líquido e um chocolate podem ter provocado a morte de uma mãe e duas filhas dela em Maragogipe, no Recôncavo (ver aqui). Segundo a Polícia Civil, o material, encontrado na casa da família, foi recolhido e enviado para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro, na mesma região. Segundo o delegado Marcos Veloso, da Delegacia Territorial, o exame deve ficar prontos nos próximos dias. Os casos ocorreram no distrito de Nagé.

A primeira vítima foi Greicy Kelly Santos da Conceição, de 5 anos. Ela passou mal no dia 30 de julho e chegou a ser levada para um hospital de São Félix, na mesma região, mas não resistiu. Depois, no dia 6 de agosto, a irmã dela, Ruth Santos da Conceição, de 2 anos, veio a óbito, e nesta segunda-feira (13) a mãe das meninas, Adriane Ribeiro Santana Santos, morreu após ser levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maragogipe.

Ainda segundo a Polícia, um cachorro da família também apareceu morto no período e pode ter ingerido algo envenenado. Um laudo cadavérico das vítimas também é esperado.

Reportagem: G1 | Redação: Bahia Noticias

Voltar à página inicial