Praticar atividade física melhora a qualidade do sono

Praticar atividade física melhora a qualidade do sono - saudeCrédito: Pixabay

Muita gente não sabe, mas dormir bem e praticar exercícios físicos são contextos complementares. Acordar pela manhã com a sensação de que não descansou, sentindo o corpo pesado, o excesso de responsabilidades no trabalho, escola ou faculdade.

Tudo isso ocasiona problemas com as funções que exigem concentração, memória e, consequentemente, produtividade. Por conta disso, é que a falta de exercícios – também denominada sedentarismo – só piora esse quadro. A atividade física melhora o sono e dormir bem também favorece a prática de exercícios.

O exercício, se realizado de forma constante, libera hormônios que são benéficos contra a depressão, aumentam em 37% ou mais o período de sono das pessoas, emagrece e proporciona uma sensação de prazer. E quando uma pessoa dorme cerca de 7 a 8 horas por noite, melhora os efeitos do exercício físico, já que o metabolismo funciona melhor. (mais…)

De Mãe para Filha: Genética Fitness reduz risco de câncer de mama

De Mãe para Filha: Genética Fitness reduz risco de câncer de mama - saudeFoto: Mateus Pereira/ SECOM

Exercícios físicos já são velhos aliados no combate de doenças como hipertensão, diabetes e colesterol alto, e agora contra câncer de mama. Estudo recente do Instituto Nacional do Câncer apontou que a prática de exercícios reduz as chances de desenvolver 26 tipos de câncer, entre eles o de mama.

Outra pesquisa porém, foi além. Liderado pelo Memorial Sloan Ketterin Cancer Centre (NY), Universidade do Colorado e Universidade de Michigan, um estudo constatou que filhas de mulheres que mantém uma rotina de exercícios recebem uma contribuição genética que evita o surgimento de tumores malignos na mama.

Para o estudo foram usadas famílias de ratos, separadas em dois grupos: fêmeas geradas por mães com alto desempenho nas esteiras de exercícios e fêmeas provenientes de mães com baixo desempenho aeróbico. Nos dois casos, os núcleos de filhotes avaliados não foram inseridos a uma rotina de exercícios e ao atingir a puberdade foram expostos a componentes químicos que potencialmente são reconhecidos como causadores da doença. (mais…)

Especialistas indicam como melhorar resultados da atividade física através da alimentação

Uma dúvida comum entre os praticantes de atividade física é sobre o que comer antes e depois do treino. A alimentação deve ser uma aliada e contribuir com os resultados, senão se torna muito difícil eliminar as gordurinhas indesejadas e ganhar músculos.

A escolha dos alimentos certos ajuda a fornecer ao organismo a energia necessária para se exercitar, além de também ajudar a repor a energia dispensada durante o treino, garantindo que o organismo se recupere de maneira rápida e saudável.

“Uma alimentação saudável, variada e personalizada é fundamental para a prática de exercícios. A alimentação precisa ser focada na rotina de cada um, respeitando as preferências alimentares e também se existe a presença de alguma doença”, explica Thomas Araújo, nutricionista da Rede Alpha Fitness.

(mais…)

Saúde mental de idosos pode ser afetada por mudanças inerentes à idade

Saúde mental de idosos pode ser afetada por mudanças inerentes à idade - saudeFoto: ANPR (14/06/2016)

Ter um envelhecimento saudável e feliz é o sonho de grande parte da população. Muitos avanços da medicina e da sociedade permitiram que a expectativa de vida aumentasse significativamente nos últimos anos, e, por isso, muito se fala em como envelhecer de forma saudável no aspecto físico, mas uma realidade pouco debatida ainda é que os problemas relacionamentos à saúde mental têm aumentado entre os idosos. Esta população apresenta as maiores taxas de suicídio no país – 8,9 para cada 100 mil – sendo que a taxa nacional é de 5,5 para cada 100 mil, conforme dados de 2017 do Ministério da Saúde. Na Bahia, em 2017, 9% dos suicídios foram cometidos por idosos acima de 70 anos.

A psicóloga da Holiste Psiquiatria, Raíssa Silveira, salienta que uma vida mais longa permite que os indivíduos vivenciem mais intensamente os efeitos das mudanças promovidas pela passagem do tempo no corpo, alterando sua percepção da autoimagem e também os laços sociais. Essas mudanças são inevitáveis e implicam uma série de perdas que demandam adaptações no modo de vida.

“A velhice é o momento em que a pessoa se depara com perdas e mudanças associadas a incapacidades, como o não conseguir realizar mais atividades do dia a dia, o medo que os papeis se invertam e, sem poder trabalhar, ficar dependente dos filhos. Mas é possível encontrar recursos para que as limitações que surgem com o tempo sejam minimizadas. É possível chegar aos 80 com qualidade de vida, mesmo que as vezes não fazendo, da mesma forma, as atividades realizadas anteriormente”, pontua.

(mais…)

Laser ginecológico auxilia no tratamento de alterações provenientes da menopausa, explica médica

Laser ginecológico auxilia no tratamento de alterações provenientes da menopausa, explica médica - saudeCrédito: Divulgação/ Marcô Comunicação

O laser de CO2 tem sido um importante aliado no cuidado à saúde da mulher. O equipamento é indicado para tratar alterações como atrofia (ressecamento) vaginal, incontinência urinária leve e mudanças estéticas vulvares, que podem acontecer com a chegada da menopausa. Essas alterações costumam impactar negativamente na qualidade de vida da população feminina.

Cirurgias funcionais e procedimentos estéticos, como clareamento de vulva, podem ser realizados com laser no consultório de ginecologia. Além disso, o laser tem ganhado cada vez mais espaço no tratamento de pacientes oncológicas. É o caso de mulheres com câncer de mama e, portanto, com contra-indicação para tratamento hormonal. Elas podem tratar a atrofia vaginal com laser, levando à melhora da sexualidade e da qualidade de vida.

Poucas clínicas na Bahia dispõem de laser para ginecologia. Como o tratamento possui contraindicações, de acordo com Dra. Priscila Ritt, coordenadora do Instituto de Mastologia e Ginecologia da Bahia (IMAGO), é importante que a mulher procure o seu ginecologista para orientações. A médica alerta: “Mulheres grávidas, por exemplo, não devem ser submetidas a tratamento com laser de CO2. Além disso, quando indicado, o procedimento deve ser realizado apenas por especialistas treinados e após avaliação criteriosa.”

Mais informações pelas redes sociais do IMAGO (@imagomulher) e pelos telefones: (71) 3339-1000 e (71) 98800-3700.

Matéria: Andrea Marnine/ Marcô Comunicação

Uso medicinal de cannabis pode beneficiar pacientes com transtornos mentais

Uso medicinal de cannabis pode beneficiar pacientes com transtornos mentais - saude, brasilFoto: Pixabay

Um pedido da então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para que o Supremo Tribunal Federal determine um prazo para o governo regulamentar o plantio da cannabis sativa, a planta da maconha, para fins medicinais reacendeu dúvidas e debates sobre os benefícios da substância no tratamento de certas patologias. Um dos segmentos dentro da área da saúde que se beneficia do uso da cannabis medicinal é a saúde mental, pois pode contribuir para o tratamento de doenças como o Alzheimer.

O psiquiatra da Holiste Psiquiatria, Luiz Guimarães, destaca que entre as principais doenças que podem ser tratadas com a substância estão dor, autismo, epilepsia, HIV, câncer, doenças neurodegenerativas, mal de Parkinson, doença de Alzheimer, caquexia, glaucoma e transtorno de estresse pós trauma.

“As vantagens que a cannabis medicinal oferece são o menor risco de efeitos colaterais e a maior eficácia que algumas medicações que estão em uso. Assim como qualquer fármaco, existem riscos e contraindicações, mas isso será avaliado e considerado pelo médico”, destaca.

(mais…)

Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos

Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos - saudeFoto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Aquele canudinho ou copo plástico descartado incorretamente no ambiente pode acabar sendo ingerido por uma pessoa em fragmentos imperceptíveis no copo de água e até no alimento. Os chamados microplásticos vêm gerando preocupações na comunidade científica, em parte porque pouco se sabe acerca dos possíveis impactos na saúde humana.

Segundo Jonas Leite, doutor em oceanografia e gerente no Rio de Janeiro do Projeto Meros do Brasil, em qualquer lugar do país, quando o lixo é jogado no chão ou levado para um lixão que não faz o tratamento correto, o resíduo vai acabar indo para os rios e pode percorrer milhares de quilômetros até o oceano.

“É o destino final de praticamente todo o lixo que não é gerido da forma correta. Você pode nunca ter pisado na praia, mas o seu lixo, se não for bem gerido, vai chegar lá”, disse. (mais…)

Caso de policial reacende debate sobre suicídio

Caso de policial reacende debate sobre suicídio - saudeFoto: Pixabay

Observar, falar, ouvir, buscar ajuda. Estas são algumas ações que podem contribuir para prevenir o suicídio, que na maior parte dos casos está associado a um distúrbio mental. Ontem, a notícia do suicídio de um policial militar em Salvador despertou, mais uma vez, o alerta para a necessidade de se falar sobre o tema de forma responsável e esclarecedora.

Informações preliminares apontam que o policial teria um diagnóstico de depressão, uma das patologias que está mais associada ao suicídio, como pontua o psiquiatra da clínica Holiste, Victor Pablo da Silveira. Ele destaca que mais de 80% dos casos ocorre em pessoas que têm sintomas de depressão maior.

“O cotidiano de uma pessoa com potencial suicida pode ou não estar associado a gestos de negligência com a própria saúde, queda da produtividade, isolamento social, exposição a situações de risco e precariedade na qualidade de vida. Muitas vezes a ocorrência de alguma adversidade ou mudança de vida pode funcionar como gatilho para o impulso”, completa o psiquiatra da Holiste.

(mais…)

Prática de exercícios durante a gestação traz benefícios para a mãe e o bebê

Prática de exercícios durante a gestação traz benefícios para a mãe e o bebê - saudeFoto: Mateus Pereira/ SECOM

Veras futuras mães se exercitando até o estágio final da gestação já foi motivo de tabu, pois muita gente acreditava que a prática de exercícios traria riscos para o bebê.No entanto, pesquisas científicas recentes mostram exatamente o contrário.

De acordo com um estudo publicado no periódico Medicine & Science in Sports & Exercise, os treinos físicos nesse período, além de ajudar a controlar o peso, evitam doenças cardiovasculares e diabetes gestacional na mãe. Além disso,aumentam as chances de a criança ser mais adepta a uma vida ativa.

“A prática de exercícios específicos, quando bem orientados, pode ser ainda grande aliada no alívio de desconfortos ocasionados pelas alterações anatômicas e fisiológicas no corpo da mulher“, conta o coordenador geral da Rede Alpha Fitness, Guilherme Reis.

(mais…)

Alimentos produzidos com uso amplo de pesticidas pode reduzir chance de engravidar

Alimentos produzidos com uso amplo de pesticidas pode reduzir chance de engravidar - saudeImagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

No mundo moderno, veloz e cheio de inovações, se preocupar com a qualidade da alimentação pode fazer a diferença na hora de pensar em aumentar a família

*As taxas de fertilidade e de saúde de mães e bebês estão diretamente relacionadas ao uso de substâncias como agrotóxicos, muito utilizados pelas indústrias alimentícias.

*Tendo em vista a liberação recente de uso de novos tipos dessas substâncias no Brasil, o quadro fica mais preocupante.

Nunca se falou tanto em qualidade de vida. Mas acima de buscar equilíbrio entre trabalho, lazer e descanso, o sentido da expressão vem ficando cada vez mais amplo. O cuidado com o que colocamos na mesa passou a ser fundamental. Quase uma questão de saúde. O problema se mostrou tão grave que algumas pesquisas já indicam que as consequências chegam, inclusive, na alteração da fertilidade. É o que aponta uma pesquisa realizada na Universidade de Harvard. (mais…)

Dormir ao volante está entre as principais causas de mortes no trânsito

Dormir ao volante está entre as principais causas de mortes no trânsito - saudeImagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Cerca de 42% dos acidentes de trânsito estão relacionados à sonolência. Essa é ainda uma das principais causas de mortes nas rodovias. Os dados são da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), com o alerta de que a falta de descanso compromete a direção em nível semelhante ao provocado pela ingestão de bebida alcoólica.

Pesquisa realizada pela Academia Brasileira de Neurologia, em conjunto com o Conselho Regional de Medicina e a ABRAMET, para a campanha “Não dê carona ao sono”, entrevistou quase 500 motoristas e concluiu que mais de 20% deles costumam dirigir com sono. Além disso, segundo o diretor de comunicação da ABRAMET, Dr. Dirceu Rodrigues Alves Júnior, 18% dos acidentes são ocasionados pela fadiga dos motoristas. Juntos, sono e cansaço representam alarmantes 60% dos acidentes de trânsito do país.

Segundo a diretora científica da ABRAMET, Regina Margis, uma das consequências do sono de má qualidade é o acidente de trânsito. (mais…)

5 de setembro – Dia Nacional da conscientização e divulgação da Fibrose Cística; saiba mais

5 de setembro - Dia Nacional da conscientização e divulgação da Fibrose Cística; saiba mais - saudeCrédito: Pixabay

A Fibrose Cística (FC) é uma doença hereditária que afeta principalmente os pulmões e o pâncreas, causando disfunção respiratória e má nutrição. A pneumologista Dra. Larissa Voss Sadigursky explica a doença, a importância do diagnóstico precoce e tratamentos para evitar maiores danos à vida da criança.

Conhecida popularmente como doença do beijo salgado em razão do gosto salgado ao beijar a pele de quem possui a disfunção considerada grave, a Fibrose Cística se desencadeia a partir de um processo do aumento da viscosidade do muco, deixando-o mais grosso e pegajoso, o que acarreta a obstrução dos tubos, ductos e canais do corpo.

O diagnóstico precoce é essencial para uma abordagem preventiva e tratamento adequado, evitando maiores lesões à criança. “Muitas crianças com Fibrose Cística não apresentam nenhum sinal ou sintoma da doença ao nascer. Isso pode durar por semanas, meses e até mesmo anos. O teste do Pezinho, feito entre o 3º e 5º dia de vida do bebê, é uma maneira de identificar precocemente a FC além de outras cinco doenças, bem como, fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase.”, ressalta a pneumologista. (mais…)

Mulheres‌ ‌são‌ ‌as‌ ‌que‌ ‌mais‌ ‌sofrem‌ ‌com‌ ‌enxaqueca‌ ‌

Mulheres‌ ‌são‌ ‌as‌ ‌que‌ ‌mais‌ ‌sofrem‌ ‌com‌ ‌enxaqueca‌ ‌ - saudeFoto: Pixabay

Doença neurológica, genética e crônica, a enxaqueca afeta milhares de brasileiros e tem como principal característica a dor de cabeça latejante, sendo considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a sexta doença que mais deixa a população incapacitada.

Cerca de 31 milhões de pessoas sofrem diariamente de enxaqueca, na condição crônica. A maioria tem entre 25 e 45 anos. As causas da doença, segundo especialistas, apesar de muitas vezes estarem no dia-a-dia dos brasileiros, são um pouco difíceis.

“Mudança no tempo de sono, mudança na alimentação, mudança de rotina que gere estresse. Tudo isso pode provocar a enxaqueca”, explica o neurologista Fábio Guerreiro.

(mais…)

Exercícios ajudam no combate aos sintomas da TPM

Exercícios ajudam no combate aos sintomas da TPM - saudeFoto: Marcos Santos/ USP Imagens

Não é novidade para ninguém que as mulheres têm de lidar, todo mês, com a incômoda visita da menstruação. Muitas delas sofrem com a temida TPM (Tensão Pré-Menstrual). Segundo o Ministério da Saúde, a TPM atinge cerca de 80% das mulheres brasileiras. Cólica, inchaço, ansiedade, tensão, irritabilidade, dificuldade para dormir e alterações de humor são alguns dos sintomas.

Por conta de tudo isso, o período menstrual pode desanimar a mulherada na hora de se movimentar. Especialistas alertam que para amenizar os sintomas que aparecem nesse período, uma das dicas é justamente fazer atividade física. Os exercícios aeróbicos são os mais indicados, como caminhada, bicicleta, boxe e dança.

“A atividade aeróbica é mais indicada porque libera hormônios do bem-estar, como a dopamina e endorfina; e diminui os hormônios do estresse, como o cortisol”, explica Igor Castro, Coordenador Geral da Rede Alpha Fitness.

(mais…)

Filósofo aponta estratégias para vencer definitivamente a preguiça

Filósofo aponta estratégias para vencer definitivamente a preguiça - saude, brasilCrédito: Pixabay

Conhecida como um dos sete pecados capitais, por definição, a preguiça pode significar desde a falta de disposição para realizar determinada tarefa, até um tipo de aversão pelo trabalho, sendo o refúgio e a desculpa mais usada por aqueles que preferem viver em um confortável estado de inércia. Embora não existam definições médicas ou psiquiátricas que classifiquem a preguiça como patologia, novas teorias filosóficas e antropológicas apontam que a preguiça, na verdade, pode esconder em si outras ‘motivações’ que vão muito além da falta de vontade de realizar.

O filósofo e escritor Fabiano de Abreu em uma de suas mais recentes teorias aponta que escolher o caminho da preguiça pode não ser o mais inteligente a se fazer:

“O preguiçoso usa a sua preguiça como muleta para se escorar e evitar fazer as coisas que não gosta. Para vencer a preguiça precisamos utilizar a inteligência, e isso, exige esforço, esforço que o preguiçoso não está disposto a fazer. Uma pessoa inteligente não se permite ser preguiçosa, pois, sabe que a vida é curta e se optar pela procrastinação sempre, então não conseguirá tirar o melhor proveito dela. Além disso, são muitas as consequências de não cumprir um prazo, de não realizar o trabalho que foi solicitado, de não arrumar a casa, ou seja, as consequências, que a falta de ação, podem trazer à sua vida”.

(mais…)

Problemas dentários podem reduzir autoestima e causar doenças, diz especialista

Problemas dentários podem reduzir autoestima e causar doenças, diz especialista - saudeCrédito: Pixabay

É na boca que nasce a mais humana das expressões, o sorriso. Conhecido como o nosso “cartão de visita”, ele possui um importante papel na nossa vida, pois é por meio dele que, muitas vezes, mostramos ao mundo como nos sentimos. Atualmente vivenciamos uma época de superexposição nas mídias e redes sociais, e o sorriso pode se tornar um vilão para a autoestima de pessoas com alguma deficiência estética odontológica, como dentes mal posicionados, amarelados ou com cáries. No entanto, além das aparências, estão questões que podem estar relacionadas até a uma série de problemas de saúde.

Já imaginou você ter tanta vergonha do próprio sorriso a ponto de não ter uma foto sequer sorrindo em seu perfil? O dentista Robson André relata que este não é um caso incomum:

“hoje em dia, facilmente podemos quantificar o quanto o sorriso de nosso paciente está afetando sua autoestima. Uma simples visita ao seu perfil do Instagram pode revelar um histórico de imagens sem sorrir ou com sorrisos tímidos, sem exposição dos dentes, e esse quadro está ficando cada vez mais frequente.”

(mais…)

Voltar à página inicial