Um homem, de 36 anos, foi preso em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), acusado de abuso sexual e estupro contra a enteada, de 12 anos. Segundo a Polícia Federal (PF), há indícios de que o suspeito registrava imagens do crime e as negociava pela internet.

A PF informou também que o conteúdo produzido era negociado na deepweb, rede de conexão na web que não entra no radar de sites de buscas e dificulta a localização de usuários. As investigações do caso foram iniciadas no ano passado.

Ainda segundo a PF, a prisão preventiva do acusado foi deferida pela 2ª Vara de Camaçari. Em relação à jovem, ela e a família devem ser assistidas pelo Conselho Tutelar e outros órgãos da rede de apoio de Camaçari.

Redação: Bahia Noticias | Informações: G1/ Bahia