Dois mil evangélicos da Primeira Igreja Batista do Brasil participaram de um batismo coletivo, na praia de Jaguaribe, aqui em Salvador. Louvores e orações tomaram conta da praia no sábado, dia 14. O batismo coletivo foi promovido pela igreja que já tem 137 anos, mas em Salvador, o ritual na praia é realizado há 10 anos, desde 2009.

A caçula do grupo, Thalita, de oito anos, contou como é participar do batismo coletivo. “Eu quis fazer uma aliança com Deus”, disse. Já a ajudante de confeiteira, Edna Santos, de 62 anos, disse que se aproximou da religião quando lutava contra um câncer de mama. “Tratamento doloroso. Eu me apeguei muito com Deus e foi aí que eu resolvi aceitar Jesus porque ele me curou”.

Tanta gente reunida para o mergulho que simboliza o compromisso com a fé. Depois do batismo, a expectativa de um novo caminho. “É Deus entrando em nossas vidas. Agora é esperar para ele agir e deixar que tudo aconteça da forma que ele quer”, relatou o agente de endemias, Carlos Franco.

G1/ Bahia