Homem acha cheque assinado em branco e busca dono na internet

O auxiliar administrativo Geovani Luis de Souza, de 26 anos, fez uma caçada pelas redes sociais após achar um cheque assinado em branco em Botucatu, em São Paulo. A folha foi encontrada no balcão de uma lotérica. Desde então, Geovani começou a procurar o dono do cheque.

“Avisei ao banco, imediatamente. Pedi o telefone dele, mas não me passaram por motivo de segurança. Depois, postei em vários grupos no Facebook”, explicou. O jovem disse que em nenhum momento pensou em usar o cheque. “Honestidade é tudo pra mim”.  O dono do cheque, Miguel Rosa, 47, foi informado da situação pelo banco. A filha dele também viu uma postagem de Geovani nas redes sociais.

“Agradeço a Deus pelo cheque ter caído nas mãos de uma pessoa tão honesta. Precisamos de mais pessoas assim. Meu pai é um homem simples e humilde, ele trabalha como pedreiro. Esse é o ganha-pão dele e é com isso que ele sustenta a família. Faria muita falta”, conta da filha de Miguel. Após as buscas, o cheque foi devolvido para o dono. (A Tarde)

SAJ: Presidente de Conselho Estadual, Valdenor Oliveira, orienta pessoas com deficiências sobre seus direitos

SAJ: Presidente de Conselho Estadual, Valdenor Oliveira, orienta pessoas com deficiências sobre seus direitos - saj, noticias, direitos, cidadania

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiências, Valdenor Oliveira foi convidado pelo Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência para realizar uma capacitação sobre a importância dos conselhos municipais para a efetivação das políticas voltadas para as pessoas com deficiências. Valdenor Oliveira, 42 anos, é cadeirante há 37 anos, resultado da poliomielite que teve aos 5 anos. Ele abraça essa causa, pois, conhece bem as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiências.

De acordo com o presidente, uma das ferramentas que ajudam a superar essas dificuldades são os Conselhos, pois, eles são instrumentos que permitem que governo e sociedade civil discutam políticas para ajudar pessoas com deficiências. Portanto, é importante que a comunidade participe, porque são nesses espaços que as políticas que asseguram os direitos dessas pessoas são desenvolvidas. Segundo o entrevistado, a política das pessoas com deficiência é nova, mas já conseguiu avanços importantes, como o passe livre que permite que deficientes viajem gratuitamente, inclusive para outros estados e o BPC, uma política que prevê uma renda para pessoas carentes com deficiência.

Contudo, ele ressalta que ainda há muito a ser feito e que agora as pessoas com deficiências passaram a ser protagonistas dessas políticas. Para ele, as grandes barreiras que eles enfrentam são as limitações físicas e o preconceito, essa última é a mais difícil de ser superada. Segundo Valdenor Oliveira, a maioria das pessoas com deficiência são carentes, então, para ajudá-las, os municípios devem fortalecer os CRAS, “que são portas para chegar até essas pessoas”. Os agentes comunitários também têm um papel fundamental, pois, através deles os Conselhos conhecem as pessoas com deficiências e identificam suas necessidades e assim fazer uma política específica para a necessidade da maioria. (mais…)

SAJ: Conselho Tutelar promove campanha contra a venda de bebida alcóolica para menores; Tribuna ouve conselheira

SAJ: Conselho Tutelar promove campanha contra a venda de bebida alcóolica para menores; Tribuna ouve conselheira - saj, justica, cidadania

O Conselho Tutelar em Santo Antônio de Jesus promoveu uma campanha com o objetivo de conscientizar as pessoas a respeito da venda de bebidas alcóolicas para menores. As ações foram realizadas de 15 a 19 de fevereiro na zona rural e consistiram em conscientização e advertências. A campanha segue as orientações do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que proíbe essa prática.

O portal Tribuna do Recôncavo conversou com a conselheira tutelar, Elza Lago, que falou a respeito dessa campanha. Segundo ela, as ações realizadas tiveram parceria com o Ministério Público, a Secretaria de Assistência Social e Prefeitura Municipal. Aproximadamente 70% das comunidades rurais do município foram visitadas, nas quais os proprietário de estabelecimentos comerciais receberam orientações e assinaram um termo de compromisso contra a venda de bebidas alcóolicas para menores. A conselheira agradece a todos os comerciantes pela colaboração.

Elza também falou sobre as maiores demandas do Conselho Tutelar, que no momento são denúncias relacionadas ao abandono escolar, isto é, crianças que estão afastadas da escola. E informou que esses casos são encaminhados para a Secretaria de Educação para que essas crianças retornem para as escolas o mais rápido possível, pois, “lugar de criança é na escola”, disse.

A conselheira agradeceu a todos os conselheiros que participaram da ação e informou o novo endereço do Conselho Tutelar em Santo Antônio de Jesus que está funcionando na Rua José Almeida Lobo, nº99, Jardim Bahia. O telefone para contato é: (75) 3632-4549. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

S. A. de Jesus: Centro de recuperação atende idosos e dependentes químicos; conheça

S. A. de Jesus: Centro de recuperação atende idosos e dependentes químicos; conheça - saude, saj, noticias, destaque, cidadania

O portal Tribuna do Recôncavo ouviu nesta quarta-feira (15/02) o responsável pelo centro de recuperação Aprisco, pastor Reinaldo Barreto, que há 5 anos está a frente da instituição, que está localizada na zona rural de Santo Antônio de Jesus e tem como objetivo ajudar as pessoas a se restabelecerem na sociedade.

Segundo ele, o centro é dividido em duas partes; feminino e masculino e os trabalhos são organizados em três setores: atendimento aos idosos, terapia ocupacional e supervisão geral. O Aprisco atende idosos e dependentes químicos e tem estrutura para atender 50 homens, mas, atualmente, atende 51 homens e tem 20 vagas para mulheres.

De acordo com Reinaldo Barreto, no momento, o centro está trabalhando com uma horta orgânica e tem o projeto de oferecer cursos profissionalizantes para que as pessoas saiam do Centro recuperadas e preparadas para o mercado de trabalho. Segundo o pastor, o índice de pessoas recuperadas tem crescido e muitas delas, hoje são bem sucedidas.

O pastor ressalta que sua equipe não sai na rua para pedir nada, mas quem quiser doar alimentos, principalmente biscoito e macarrão, ou ser um voluntário pode entrar em contato com o centro pelo fone (75) 98804-6084. O centro de recuperação Aprisco funciona no Sítio Taitinga, no Rio das Pedras, zona rural de Santo Antônio de Jesus. (Maíra Oliveira/ Tribuna do recôncavo)S. A. de Jesus: Centro de recuperação atende idosos e dependentes químicos; conheça - saude, saj, noticias, destaque, cidadania

Voltar à página inicial