Vera cruz: Investigador de polícia é assassinado em Barra Grande

Foto: Arquivo Pessoal

Um investigador da Polícia Civil de prenome Waldeck foi baleado, na noite desta terça-feira (9), ao reagir a um assalto no município de Vera Cruz. Ele era lotado na 19° Delegacia Territoral de Itaparica e foi abordado por dois indivíduos em uma bicicleta. O policial não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

O caso ocorreu no Condomínio Barra do Cavaco, em Barra Grande. As primeiras informações dão conta de que os dois suspeitos estavam em uma bicicleta praticando roubo dentro do condomínio. O policial teria tentado defender os vizinhos e foi baleado.

“Não vamos aceitar mais um policial civil vítima da violência na Bahia. Estamos convocando a categoria para ocupar a península e mostrarmos a força da Polícia Civil”, conclamou o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes.

Itambe Agora e Bocão News

Itaparica: Adolescente mata o próprio irmão a facadas

Imagem ilustrativa | Foto: Pixabay

Na última quinta-feira (04/04) uma briga familiar terminou em tragédia no município de Itaparica (BA). Uma adolescente de 16 anos matou com golpe de faca o próprio irmão, Rai dos Santos Silva, 20 anos. O crime aconteceu por volta das 14h30, na Rua do Alto do Marcelino, bairro Marcelino.

Segundo a Polícia Civil, após o crime a adolescente foi agredida por populares e precisou ser internada no Hospital Geral de Itaparica (HGI). Por conta das gravidades dos ferimentos ela foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece internada na UTI pediátrica.

A mãe dos irmãos, Janaildes Nascimento dos Santos, contou à polícia que sua filha foi agredida com soco pelo irmão e saiu de casa correndo com uma faca de mesa na mão. Ainda segundo mãe, Rai conseguiu alcançar a irmã, momento em que ela aplicou uma facada no pescoço.

Rai foi socorrido para o HGI, mas não resistiu. A adolescente segue internada no HGE, mas não há informações sobre seu estado de saúde.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Correio 24h e G1-BA

Bom Despacho: Após falha em rampa carros são retirados de ferry com ajuda de guincho

Imagem Ilustrativa | Foto: Raul Golinelli/ GOVBA

Uma falha em uma das rampas do sistema ferry-boat, que faz a travessia Salvador-Ilha de Itaparica, causou transtornos para passageiros na noite deste sábado (30/03). Por conta do problema, que aconteceu no desembarque do terminal de Bom Despacho, a saída foi autorizada apenas para pessoas à bordo da embarcação e motocicletas.

A Internacional Travessias, empresa responsável pelo ferry, informou que a equipe de manutenção não conseguiu restabelecer o equipamento, e que, de imediato, decidiram retornar para o terminal em Salvador, para fazer o desembarque dos carros.

No entanto, donos dos veículos protestaram contra a decisão, e chamaram um guincho para fazer a retirada. Dessa forma, a embarcação não pôde retornar para o terminal da capital. De acordo com Thiago Shaparraw, dono de um dos veículos, cada condutor precisou desembolsar o valor de R$ 50 reais para fazer o desembarque.

O passageiro informou ainda que na manhã deste domingo (31/3), eles retiraram as notas fiscais na Nativos Guinchos para comprovar o valor. A Internacional Travessias afirmou que irá arcar com as despesas.

Aratu On Line

Pedágio da Ponte Salvador-Itaparica deve ter preços de R$ 22 a R$ 110 e desconto em bate-volta

Foto: Reprodução/ Bahia Noticias

A ponte Salvador-Itaparica ainda não saiu do papel, mas o governo do estado já trabalha com uma linha de valores com possibilidade de serem praticados no pedágio do empreendimento. A gestão estadual realizou uma audiência pública nesta quinta-feira (21) para discutir a obra e revelou as possíveis taxas do pedágio.

Para atravessar os aproximados 12 quilômetros de ponte, carros deverão pagar R$ 45 em dias úteis. O valor já era conhecido e foi adiantado no Bahia Notícias pelo vice-governador João Leão (lembre aqui). A novidade fica por conta de um desconto especial que será dado a motoristas de automóveis que voltarem ao pedágio em menos de 24 horas.

Quem fizer o comumente chamado “bate-volta” para a ilha, de carro, pagará o valor diferenciado de R$ 25 ao voltar, o que representa um desconto de aproximadamente 40% do valor total apresentado. O governo do estado também planeja criar uma linha de ônibus destinada para moradores de da Ilha de Itaparica que deve cobrar R$ 5 pela travessia.

Já os motociclistas devem desembolsar R$ 22,50 no pedágio e R$ 12,50, caso voltem em menos de 24 horas ao local. O maior valor será cobrado para a travessia de caminhões. A taxa para os veículos pesados chega até a R$ 110. (mais…)

Associação de Bom Despacho critica projeto de ponte e pede audiência na Ilha

Imagem Ilustrativa | Foto: Ascom / Setur

A Associação de Moradores de Bom Despacho entrou na Justiça para cobrar a realização de uma audiência pública na Ilha de Itaparica sobre a construção da ponte prevista para ligar o local a Salvador. O presidente da entidade, Cledison de Oliveira Cruz, critica o projeto e cobra que a população seja ouvida.

“De uma forma sarcástica, o vice-governador [João Leão] disse ali: ‘Ah, vocês já falaram até demais’. Não, nós não falamos demais. Nós fomos ouvidos de menos”, afirmou Cledison ao Bahia Notícias durante audiência sobre a ponte realizada nesta quinta (21) em Salvador. “Nós vamos ter a nossa população discutindo a ponte sim. Nem que seja por via judicial”, afirmou.

O presidente da Associação também criticou a ideia de construir a ponte alegando que a Ilha de Itaparica não está preparada para comportar o aumento populacional que deve ser provocado pela nova estrutura. Ele apontou ainda que o local frequentemente é tomado pela lama quando chove.

“Se tem tanto lucro, porque não investir um pouco nos dois municípios para pelo menos ter um pouco de infraestrutura para suportar o que vai vir?”, questionou. “Essa especulação de quem está no poder, sem ouvir a sociedade pra depois a gente ser empurrado pra fora da nossa terra…nós não vamos permitir isso”, reclamou. (Bahia Noticias)

Abastecimento de água é interrompido em Itaparica e Vera Cruz

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Moradores da Ilha de Itaparica e Vera Cruz estão com o fornecimento de água suspenso desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (21). A Embasa informou que a suspensão foi necessária para realizar serviço emergencial em equipamento de sistema de abastecimento.

A previsão de conclusão do serviço é na noite desta quinta (21). De acordo com a Embasa, o abastecimento começará a ser retomado de forma gradativa em até 48 horas.

Durante o período, a Embasa recomenda que os moradores reforcem o uso racional da água acumulada nos reservatório. (Bahia.Ba)

Ponte Salvador-Ilha de Itaparica tem primeira audiência pública nesta quinta

Foto: Reprodução/ Bahia Noticias

O Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Ilha de Itaparica tem sua primeira audiência pública para licitação, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), nesta quinta-feira (21/03) no Auditório da Seinfra, situado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

A audiência acontece às 14h30 e será realizada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra). A reunião será conduzida pelo secretário estadual da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e com a presença do vice-governador João Leão e de outros secretários estaduais. (A Tarde)

Moradores de Itaparica sofrem com falta de água recorrente

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

O abastecimento de água em algumas localidades da Bahia foi afetada e os moradores acabaram ficando sem água. A situação se repetiu no município de Itaparica e em Tapiraípe, Distrito de Rui Barbosa, onde segundo informações de moradores, a situação se repete há 10 anos.

O município de Itaparica também sofreu com falta de água nos últimos dias. Segundo informações de moradores do local, a situação é recorrente e nas últimas semanas ficou mais complicada do que o comum.

A Embasa informou que Tapiraípe foi afetada por um problema operacional em um dos poços que fornecem água: “Com o reparo desse equipamento, o abastecimento está sendo normalizado, de forma gradativa, na localidade”, afirmou a empresa.

Sobre a situação na Ilha de Itaparica, a empresa afirmou que o fornecimento foi afetado em algumas localidades por conta de um serviço de manutenção em uma adutora, mas no momento o abastecimento já foi regularizado.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Varela Noticias

Vera Cruz: Mineradora reduz número de funcionários perto de cratera; buraco chega a 90,7m

Foto: Divulgação/ Dow Química

A mineradora multinacional americana Dow Química, que é responsável pela região onde uma cratera misteriosa surgiu há quase um ano na Bahia, diminuiu no início deste mês o número de funcionários em atividade em uma área próxima ao buraco. A medida foi tomada por segurança, e deve evoluir até a total suspensão de trabalho fixo no local. Apenas atividades esporádicas devem ser mantidas na área. Contudo, a exploração de salmora na região não foi e nem há previsão de ser suspensa.

A cratera fica na cidade de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, a cerca de 1 km da comunidade de Matarandiba. O buraco foi descoberto no dia 30 de maio do ano passado, e desde então está sob monitoramento. Desde janeiro deste ano o comprimento da cratera aumentou mais de 1 metro. Na época eram 89,5 metros e atualmente o buraco tem 90,7 metros de comprimento, além de 40,9 metros de largura e 36,4 metros de profundidade.

Conforme a mineradora, a comunidade de Matarandiba não corre risco. A última reunião com os moradores da localidade foi feita na semana passada. Um novo encontro deve ocorrer em março. A Dow informou que ainda não há detalhes das causas da formação da cratera e segue com os estudos para a descoberta de como surgiu o sinkhole – fenômeno geológico conhecido como “vazio subterrâneo”, em Matarandiba. A primeira parte dos resultados das avaliações tem prazo previsto de conclusão no segundo trimestre de 2019. (mais…)

Empresas chinesas disputam ponte Salvador-Itaparica

Foto: Reprodução/ Bahia Noticias

Duas gigantes chinesas da infraestrutura estudam entrar juntas na concorrência para construção e operação da ponte Salvador-Itaparica, um traçado de 12,4 quilômetros.

O conglomerado China Communications Construction Company (CCCC) e a construtora China Railway 20 Bureau Group (CR20) devem ser os únicos representantes da China a fazer proposta. O empreendimento é orçado em R$ 5,3 bilhões. O governo da Bahia aportará R$ 1,2 bilhão em duas tranches: R$ 660 milhões e R$ 540 milhões nos quarto e quinto anos de construção, respectivamente.

Na sexta-feira (22), termina a consulta pública aberta em dezembro para os interessados apresentarem contribuições que devem servir de subsídio para a confecção dos documentos finais do leilão. A estimativa é que o edital seja publicado no meio do ano e o leilão ocorra no segundo semestre. Quem vencer o certame terá o direito de explorar a ponte por 35 anos.

Redação: Metro1 | Fonte: Valor Econômico

Empresas chinesas já estão sediadas na Bahia para lançamento da ponte Salvador-Itaparica

Foto: Reprodução/ Bahia Noticias

As empresas chinesas envolvidas no projeto de construção da ponte Salvador-Itaparica já estão instaladas na Bahia para participar do processo de licitação, de acordo com o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), João Leão, nesta segunda-feira (4), na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). O titular da SDE disse ainda que o processo de licitação deve ser divulgado em cerca de 90 dias.

Leão disse ainda que a noca equipe da SDE está fazendo análise dos projetos da pasta, um balanço do que já foi feito e que está em curso. “Nós estamos fazendo um levantamento completo da secretaria, verificamos os protocolos de intenção assinados nos últimos quatro anos, o que consagrado, concretizado e estamos fazendo avaliação agora daqueles que não foram”. (Bahia Noticias)

Vera Cruz: Dow Química diz que cratera não apresenta riscos para a população

Foto: Reprodução/ TV Bahia

A cratera aberta por motivos ainda incertos na Vila de Matarandiba, em Vera Cruz, Região Metropolitana de Salvador, continua sendo motivo de preocupações para os moradores do entorno. Na última aferição, a cratera tinha quase 86 metros de comprimento, 35,6 metros de largura e 39,7 metros de profundidade.

De acordo com a Dow Química, empresa que extrai salgema na região, uma consultora alemã contratada para auxiliar na investigação e solução do problema concluiu que não há riscos para os habitantes da localidade. Em nota enviada nesta segunda-feira (18), a companhia disse que prossegue com estudos adicionais para identificar as causas da erosão no local.

“Estudos adicionais estão sendo realizados nas proximidades da erosão e dos poços de extração de salgema desativados na década de 80, para confirmação de outras variáveis geológicas para descobrimento da causa do fenômeno”, afirmou. Ainda segundo a empresa, mesmo com uma possibilidade “extremamente remota” do surgimento de um novo buraco na localidade, medições de satélite de alta precisão e sensores microssísmicos e podem, segundo a Dow Química, ser utilizados para monitorar qualquer atividade anormal.

Redação: Metro1 | Fonte: Jornal Metrópole

Vera Cruz: Cratera chega a quase 90 metros de comprimento

Foto: Reprodução/ TV Bahia

A cratera localizada na cidade de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, cresceu quase quatro metros e agora tem quase 90 metros de comprimento. As informações foram passadas pela Dow Química, multinacional dos Estados Unidos que atua na área onde surgiu o buraco.

Ainda não há informações sobre o que fez a cratera surgir. Em novembro do último ano as medidas dela eram de 86 metros de comprimento e 36 de largura. Os dados mais recentes apontam 89,5m de comprimento, 40,9m de largura. Já a profundidade caiu de 40 para 36,4 metros em razão dos detritos que caem com o crescimento do buraco.

A Dow ainda mantém estudos para descobrir o motivo do surgimento da cratera, localizada perto da vila de Matarandiba. A expectativa é que o comprimento dela continue crescendo até a completa estabilização do terreno. Ainda segundo a empresa, os moradores da região estão seguros. (Bahia Noticias)

Pedágio da Ponte Salvador-Itaparica será mais barato para moradores da Ilha, diz vice

Foto: Reprodução/ Bahia Noticias

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), disse que o pedágio da Ponte Salvador-Itaparica será mais barato para os moradores da Ilha de Itaparica. O progressista já tinha dito que o pedágio ficaria em torno de R$ 40.

“A nossa intenção é que os moradores de Itaparica venham de carro para Salvador. A ideia é que o valor seja menos da metade. Fique entre R$ 10 ou R$ 15. Isso vai depender da empresa que ganhar [a licitação]”, declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Leão estima que a Ilha terá cerca de 300 mil pessoas durante o período da construção da ponte. Segundo ele, o governo vai ajudar os municípios Itaparica e Vera Cruz a implantarem o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU). (Bahia Noticias)

Pedágio da Ponte Salvador-Itaparica será em torno de R$ 40 reais, diz vice-governador

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), disse, nesta quarta-feira (09), que o pedágio da Ponte Salvador-Itaparica ficará em torno de R$ 40.

“Pode ser um pouco mais ou um pouco menos. Esse é valor para o carro comum”, disse o progressista. Segundo ele, o valor dos demais veículos será decidido em função de normas que já definem outros pedágios.

Leão ressaltou que, até o dia 17 de janeiro, o governo receberá as últimas propostas de empresas interessas em erguer a ponte. Segundo ele, a expectativa é lançar até o dia 31 deste mês a licitação definitiva na Ibovespa, em São Paulo. (Bahia Noticias)

Itaparica: Homem é assassinado a tiros

Imagem Ilustrativa | Foto: Ascom / Setur

Um homem cuja identidade não foi divulgada foi assassinado a tiros na Praia de Barra do Gil, município de Vera Cruz, na noite desta quinta-feira (03). Dois motoqueiros armados teriam perseguido e atirado em outras duas pessoas que estavam em uma motocicleta.

Uma das vítimas morreu na hora, após ser atingida por vários disparos. A esposa da vítima estava no local no momento do crime e ficou desesperada. O crime aconteceu em uma avenida movimentada, próximo a um local de grande circulação de moradores e turistas, além de crianças.

O corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica. Os autores do crime ainda não foram identificados e não se sabe o que teria motivado a ação. (Forte na Noticia)

Voltar à página inicial