A dançarina da banda La Fúria, Elisabeth Gonçalves, a Japinha Negra Japa, comentou sobre a facada que levou após um ataque, em Salvador. Em publicação feita nesta quinta-feira (25), no Instagram, a morena falou que já recebeu alta do Hospital Municipal, onde estava internada, mas que ainda está em repouso.

“Permaneço na banda, sim, porém preciso me recuperar, pois as lesões foram graves e perfuraram o meu pulmão. Então, preciso de repouso para ter uma boa recuperação. Meus sonhos ninguém vai destruir, cada dia ganho mais força e essa força vem do Deus que faz milagres e me livrou da morte”, escreveu.

“Estou cada dia melhor, respirando melhor e os ferimentos com uma ótima cicatrização. Peço que continuem na oração e dando esse apoio, porque vocês estão fazendo uma grande diferença na minha vida e através de cada mensagem linda e oração, que minha força se renova a cada amanhecer”, finalizou.

A dançarina foi esfaqueada no último dia 16 de abril. Segundo informações da assessoria do grupo, o crime teria sido cometido durante um assalto no bairro de Itapuã. Já a polícia afirma em investigação que a facada teria sido dada em uma casa, no Alto do Coqueirinho.

Horas depois do crime, um vídeo circulou nas redes sociais mostrando uma mulher que afirmava ter sido a autora do crime, porque a bailarina teria se envolvido com um homem casado. “Esfaqueei a japa, quero nem saber”, disse suposta agressora. A suspeita já foi identificada, prestou depoimento, mas foi liberada.

Varela Noticias