O corpo do adolescente de prenome Bruno, de 14 anos, que morreu vítima de acidente na BR-116, na cidade de Milagres-BA, na última quinta-feira, dia 01º, até a tarde deste sábado (03), não tinha sido liberado pelo DPT – Departamento Regional de Polícia Técnica.

Por volta das 14h30 de quinta-feira, o garoto que estava montado em uma bicicleta, pegou ponga na carroceria de uma carreta, quando em um determinado momento ele caiu na pista e teve sua cabeça esmagada pelo veículo.

O corpo foi removido para o DPT de Itaberaba, onde foi feita a coleta de material genético para a realização do exame de DNA, mas o resultado ainda não saiu, por esse motivo o corpo ainda não foi liberado. A mãe de Bruno, Aline, e outros familiares estão em Itaberaba aguardando a liberação. Bruno residia em Milagres.

Fonte: Tribuna do Recôncavo