O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, solicitou nesta quinta-feira, dia 27, o fechamento provisório das escolas públicas do país, a partir da próxima segunda, para evitar a propagação do novo coronavírus. O período de férias começaria no final do mês que vem.

“O governo põe a saúde e a segurança das crianças acima de tudo. Pedimos a todas as escolas públicas infantis, de primário e de secundário que fechem temporariamente a partir de 2 de março e até as férias de primavera”, disse o governante à imprensa.

O Japão confirmou quase 200 casos de contágio e três mortos desde o início da epidemia do novo coronavírus. Outras quatro pessoas morreram no cruzeiro “Diamond Princess”, atracado na costa do Japão e submetido a uma quarentena.

Metro1