As exportações baianas cresceram 29,6% no acumulado entre janeiro e outubro deste ano, frente ao mesmo período de 2020. Em valores, a venda para o exterior totalizou US$ 8,24 bilhões (R$ 45,6 bilhões). Os dados são do Informe Executivo de Comércio Exterior de outubro, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). A publicação da secretaria destaca que a Bahia segue liderando o comércio exterior no Nordeste, representando 47,2% do montante escoado pela região.

O Informe atribuiu o resultado baiano à retomada da atividade econômica no mundo, com o avanço da vacinação contra o coronavírus e o arrefecimento da pandemia. Por setor de atividade, a indústria de transformação contribuiu com 62% do total exportado, seguida da agropecuária (30,6%) e a indústria extrativa (6,6%). “Estamos em constante retomada do crescimento da nossa economia.

O setor mineral e petroquímico continua crescendo”, explicou o secretário da SDE, Nelson Leal. Considerando o mesmo período de comparação, vale destacar o segmento químico e petroquímico que teve incremento de 63,4%, chegando a um total de US$ 1,6 bilhões (R$ 8,86 bilhões) em vendas em 2021, seguido pelo setor mineral com alta de 157,3% total comercializado de US$ 545 milhões R$ 3 bilhões.

Bahia.Ba