Menina de 1 ano e 6 meses cai do 11º andar de cruzeiro

Imagem Ilustrativa | (U.S. Navy photo by Mass Communication Specialist Seaman Daniel Pastor/Released) Fotos Pública

Uma menina de um ano e seis meses de vida morreu ao cair do 11º andar de um cruzeiro em Porto Rico, no final de semana. Ela caiu de uma janela na área de recreação infantil. De acordo com a polícia de Porto Rico, que investiga o caso, Chloe Wiegand teria aparentemente escorregado das mãos do avô enquanto ele a segurava perto da janela.

Uma das versões iniciais indicava de que ele teria colocado a neta sentada na janela, mas o advogado da família, Michael Winkleman, rebate.

“O avô não deixou a criança cair, a criança caiu devido a uma janela de vidro aberta que deveria estar fechada com segurança”, disse à imprensa.

O oficial Nelson Sotelo disse à agência que os pais da menina, que são de Indiana, nos Estados Unidos, aguardam a liberação do corpo da vítima para retornarem aos EUA. (mais…)

Países europeus pedem reunião urgente sobre o Irã

Foto: Tiberio Barchielli/ Palazzo Chigi

Potências europeias acusaram o Irã, na última terça-feira (09), de “perseguir atividades inconsistentes com seus compromissos”, assumidos sob o acordo nuclear de 2015, e pediram uma reunião urgente entre as partes envolvidas no pacto para discutir o cumprimento das regras pelos iranianos. Reino Unido, Alemanha, França, Rússia, China e Irã são as partes remanescentes no acordo, conhecido como Plano de Ação Conjunto Global (JCPoA), na sigla em inglês) e que foi abandonado pelos Estados Unidos no ano passado.

“Essas questões de compliance devem ser lidadas no escopo do JCPoA, e uma comissão conjunta deve ser convocada urgentemente”, disseram os ministros das Relações Exteriores de Reino Unido, França e Alemanha, bem como a chanceler da União Europeia, em um comunicado. As potências europeias ainda não acionaram um processo de resolução de disputas previsto no acordo, disseram diplomatas sob a condição de anonimato.

A comissão conjunta, presidida pela chanceler europeia Federica Mogherini, é formada pelas partes remanescentes no acordo e foi criada para monitorar a implementação e lidar com suspeitas de violações. “O Irã declarou que quer permanecer no JCPoA. Deve agir de acordo para reverter essas atividades e retornar sem demora ao atendimento integral do JCPoA”, disseram os países europeus. O acordo de 2015 abriu ao Irã acesso ao comércio mundial por meio da retirada da maioria das sanções econômicas contra o país, em troca de limitações a seu programa nuclear. (mais…)

Cidades ao redor do mundo declaram estado de emergência climática

Foto: Pixabay

Um número cada vez maior de cidades vem declarando as mudanças climáticas como uma emergência. O movimento chegou ao continente europeu: os Reino Unido, Irlanda, França e Portugal aprovaram recentemente resoluções definindo as mudanças climáticas como ameaças graves.

A cidade de Constança, na Alemanha, foi a primeira a declarar a emergência climática. O exemplo então, foi seguido por mais 45 municípios do país, entre elas Düsseldorf, Münster, Aachen, Bonn, Kiel e Saarbrücken.

De acordo a Aliança Climática Hamm, mais de 100 conselhos municipais da Alemanha pretendem discutir e votar pedidos de emergência climática nas próximas semanas. Além dos países europeus, a Austrália também declarou emergência em 2016, os Estados Unidos em 2017 e Canadá e Reino Unido em 2018.

Metro1

Estados Unidos querem confiscar bens do traficante ‘El Chapo’

Foto: Divulgação/ Casa Branca/ EUA

Nesta sexta-feira (05), o Governo norte-americano pediu a apreensão de bens de Joaquín ‘El Chapo’ Guzmán no valor aproximado de 50 milhões de reais, depois do traficante mexicano ter sido declarado culpado por vários crimes em um tribunal de Nova York.

A proposta, remetida ao juiz responsável pelo caso, Brian M. Cogan, foi apresentada dois dias depois de ter sido negado um novo julgamento a ‘El Chapo’, condenado em fevereiro por dez crimes de narcotráfico. O veredicto será conhecido no próximo dia 17 e pode valer à figura emblemática dos cartéis mexicanos a prisão perpétua. Segundo o Ministério Público, o valor é correspondente a todos os lucros obtidas “direta ou indiretamente” com a venda de drogas.

O julgamento do mediático líder do cartel mexicano de Sinaloa começou em novembro  do ano passado e terminou a 1 de fevereiro, depois do Ministério público e a defesa de ‘El Chapo’ terem apresentado os respectivos argumentos finais. Joaquin Guzmán, de 61 anos, é acusado de ter dirigido entre 1989 e 2014 o cartel de Sinaloa, que enviou para os Estados Unidos mais de 154 toneladas de cocaína e grandes quantidades de heroína, metanfetaminas e marijuana.

Ansa

França não assinará acordo com Mercosul se Bolsonaro abandonar o Acordo de Paris, diz Macron

Foto: European Parliament

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse nesta quinta-feira (27), que não assinará nenhum acordo comercial com o Brasil, se o presidente Jair Bolsonaro se retirar do acordo climático de Paris. A decisão ameaça colocar um entrave nos trabalhos das negociações comerciais entre a União Europeia e o Mercosul, bloco formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

“Se o Brasil deixar o acordo de Paris, no que nos diz respeito, não poderemos assinar um acordo comercial com eles”, disse Macron a repórteres antes da reunião do G20, no Japão.  “Por uma simples razão. Estamos pedindo aos nossos agricultores que parem de usar pesticidas, estamos pedindo a nossas empresas que produzam menos carbono, o que tem um custo de competitividade”, continuou.

No início do ano, a França votou contra a abertura das negociações entre a União Europeia e os EUA por causa da decisão de Washington de abandonar o Acordo Climático de Paris. As conversações da União Europeia com o Mercosul, o quarto maior bloco comercial do mundo, se intensificaram, com Bolsonaro afirmando que um acordo poderia ser assinado “em breve”. (mais…)

Pai e filha morreram afogados tentando migrar para os EUA

Imagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Um homem de 25 anos e a sua filha de quase dois anos morreram afogados tentando entrar nos Estados Unidos, atravessando o rio Bravo, que separa Ciudad Juárez, no México, de El Paso, nos Estados Unidos. Óscar Alberto Martínez Ramírez e a filha Valeria perderam a vida ao serem arrastados pela correnteza de um rio quando tentavam ultrapassar aquele que seria o último obstáculo antes de chegarem à terra pretendida.

Óscar, Valeria e a mãe da criança, Tania, decidiram mudar para os Estados Unidos em abril, por não encontrarem emprego no seu país. Procuravam assim uma vida melhor. Para isso saíram do México onde esperavam obter resposta ao pedido de asilo nos EUA, onde o homem já havia arranjado emprego. Como o processo demorou mais do que o esperado, em desespero, a família tentou atravessar o rio para chegar ao seu destino.

Oscar e Valeria não resistiram e acabaram morrendo, enquanto Tania, conseguiu ser resgatada. Os corpos de pai e filha foram encontrados a alguns quilômetros da ponte de Matamoros, abraçados. Uma imagem impressionante e que para muitos representa as consequências trágicas da política de imigração de Donad Trump. A foto está se tornando a imagem que evidencia o drama que vivem os cerca de 500 mil centro-americanos que a cada ano tentam atravessar o México para chegar ao país de Donald Trump, conhecido como a terra dos sonhos.

Redação: Noticias ao Minuto | Fonte: El Salvador

Trump ia atacar o Irã, mas desistiu 10 minutos antes do bombardeio

Foto: White House/ Fotos Publicas

Em uma série de publicações feitas no Twitter, o presidente Donald Trump afirmou que os Estados Unidos estavam prontos para bombardear o Irã, mas ele decidiu interromper a ação 10 minutos antes.

“Na segunda eles (os iranianos) derrubaram um drone não tripulado que sobrevoava águas internacionais. Nós estávamos com o gatilho pronto e carregados para retaliar na última noite, em três pontos diferentes quando eu perguntei quantos morreriam”, de acordo com Trump.

Um general respondeu a ele que seriam 150 e então interrompeu a ação dez minutos antes do horário previsto para o ataque. Trump afirmou que desistiu, pois, as consequências não seriam proporcionais à derrubada de um drone não tripulado.

Metro1

‘Vocês em breve descobrirão’, diz Trump sobre possível retaliação ao Irã

Foto: Divulgação/ Casa Branca/ EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sinalizou uma possível retaliação ao Irã, ao ser questionado se atacaria o país do Oriente Médio após a derrubada de um drone norte-americano.

“Vocês em breve descobrirão”, respondeu o chefe da Casa Branca à imprensa, antes de receber o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. Trump declarou ainda que o avião não-tripulado estava sobre águas internacionais, e não sobre território iraniano.

No Twitter, o presidente dos EUA escreveu que o Irã “cometeu um grande erro”.O Irã informou que o drone foi abatido próximo ao Estreito de Ormuz, uma passagem importante na rota de petroleiros que saem do Oriente Médio. No último mês, navios foram atacados na mesma região.

Bahia.Ba

Irã anuncia que derrubou drone dos Estados Unidos

Imagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Os Guardiões da Revolução do Irã anunciaram nesta quinta-feira (20), que derrubaram um avião não tripulado dos Estados Unidos, que serviria para operações de espionagem perto do Estreito de Ormuz, onde vários incidentes foram registrados no mês passado. Segundo comunicado emitido pelos Guardiões, o drone, do tipo RQ-4 Global Hawk, entrou no espaço aéreo iraniano na madrugada desta quinta, sobrevoando a região de Koohe Mobarak, na província de Hormozgan, no sul do país.

Irã abateu um drone de vigilância dos Estados Unidos segundo informações de autoridades americanas e iranianas. O porta-voz do Ministério do Exterior do Irã, Abbas Mousavi, condenou, segundo a televisão estatal iraniana, o que chamou de violação do espaço aéreo do país e alertou para as consequências de tais “medidas ilegais e provocadoras”. Não houve uma reação oficial imediata dos Estados Unidos.

Entretanto, autoridades americanas citadas anonimamente pela agência de notícias Reuters teriam afirmado que o drone citado por Teerã se encontrava no espaço aéreo internacional. Um porta-voz militar americano declarou que nenhuma espaçonave esteve em atividade dentro daquele país. Os Guardiões, apontados pelos EUA como um grupo terrorista, denunciaram que o drone “violou o espaço aéreo territorial iraniano”.

Agência Brasil

Venezuelanos são o povo que mais solicita refúgio no mundo

Paróquia abriga venezuelanos em Pacaraima | Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Mais de um quinto dos refugiados em países estrangeiros em 2018 vieram da Venezuela, de acordo com relatório da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). Eles representam 341.800 dos 2 milhões de pedidos recebidos pela Agência, que estima que o número real deve ser muito maior devido à escassez de informações a respeito da crise venezuelana.

Somados estes 2 milhões de deslocados em 2018, o número total de refugiados subiu à marca recorde de 70,8 milhões no mundo. Este valor é o maior desde a Segunda Guerra. O relatório classificou a situação da Venezuela como “o maior êxodo da história recente na região e uma das maiores crises de deslocamento do mundo”.

A maioria dos venezuelanos foi para países vizinhos, como a Colômbia, com 1,1 milhão de deslocados, e o Peru, com 428.200. O último se tornou o segundo país no mundo na quantidade de pedidos de refúgio, atrás apenas dos Estados Unidos.

Metro1

Terremoto sacode regiões de Argentina e Chile

Foto: Reprodução/ Internet

Um terremoto de magnitude 5,5 estremeceu a cidade de Mendoza, na Argentina, no final da noite desta quarta-feira (19). O tremor também foi sentido em várias regiões do Chile, mas sem informações de vítimas ou danos materiais, de acordo com informações das autoridades chilenas.

Segundo o Centro Sismológico Nacional da Universidade do Chile, o sismo foi registrado às 21h23 (horário local, 22h23 de Brasília), com um epicentro a 92 km de Mendoza. O hipocentro, por sua vez, foi localizado a 191,8 km de profundidade.

O Escritório Nacional de Emergência do Chile (Onemi), subordinado ao Ministério do Interior, informou que o terremoto abalou as regiões chilenas de Coquimbo, Valparaíso, região metropolitana de Santiago e O’Higgins.

Metro1

Facebook lança sua moeda digital própria, a libra

Foto: APEC PERU 2016/ Fotos Públicas

O Facebook anuncia nesta terça-feira, 17, a criação de uma moeda digital própria. Chamada de libra (sem nenhuma ligação com a moeda britânica), ela chegará ao mercado em 2020, permitindo transações dentro das plataformas da empresa, como WhatsApp e Facebook Messenger. A iniciativa é parte de um projeto ambicioso da rede social, que pode romper fronteiras monetárias, promover inclusão financeira e, de quebra, transformar a companhia de Mark Zuckerberg em uma fintech (startup de serviços financeiros).

Para garantir a implementação do projeto, o Facebook criou a Libra Association, fundação responsável por administrar o tesouro da moeda, criar suas especificações técnicas e promover a iniciativa. A associação será autônoma e terá sede em Genebra, na Suíça. Além do Facebook, haverá ainda outros 27 membros fundadores – todos terão os mesmos poderes da rede social. Entre eles, estão nomes tradicionais do mercado financeiro (Visa, Mastercard e PayPal), empresas de tecnologia (Uber, Lyft, Spotify e eBay) e fundos do Vale do Silício (Ribbit Capital e Thrive Capital). Cada um deles teve de colaborar com uma cota mínima de US$ 10 milhões para desenvolver a tecnologia e compor as reservas da moeda, que viabilizam a operação da libra e evitam volatilidade em sua cotação.

Até sua estreia, a meta da associação é atingir a marca de 100 membros, levando as reservas para a casa de US$ 1 bilhão, disse ao Estado David Marcus, líder da área de blockchain do Facebook e um dos principais líderes do projeto. (mais…)

Catedral de Notre-Dame tem primeira missa após incêndio

Foto: Pixabay

A Catedral de Notre-Dame de Paris recebeu a primeira missa, neste sábado (15), após o trágico incêndio que a destruiu parcialmente. O padre Michel Aupetit, que é arcebispo da Igreja Católica em Paris, está à frente da celebração e, por razões de segurança, apenas um pequeno grupo de 30 pessoas puderam comparecer.

Todos eles precisaram usar capacetes, já que a catedral ainda tem entulhos dos escombros e áreas descobertas. Os religiosos só puderam retirar o equipamento durante o rito de consagração da hóstia e do vinho.

A igreja e seus arredores continuam fechados para a visitação, enquanto os investigadores ainda continuam a trabalhar na causa do incêndio. Entre as promessas de doações para Notre-Dame, que chegaram a € 850 milhões, apenas 9% foram cumpridas.

Redação: Metro1 | Fonte: Rádio France Info

Trump anuncia saída de Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca

Foto: Departamento de Estado/ Domínio Público

O Presidente norte-americano Donald Trump anunciou hoje a saída de Sarah Sanders, a porta-voz da Casa Branca. “A nossa maravilhosa Sarah Sanders vai deixar a Casa Branca e regressar a sua casa no Arkansas no final do mês”, disse Trump, em uma mensagem no Twitter.

O milionário norte-americano acrescentou esperar que ela venha a ser candidata à função de governadora daquele estado, um posto que já foi ocupado por seu pai, Mike Huckabee.

“Ela seria fantástica”, destacou. Trump não falou sobre qualquer indicação de um sucessor de Sarah Sanders como porta-voz da Casa Branca, um cargo estratégico e muito exposto.

Noticias ao Minuto

Sonda volta a captar imagem hipnotizante de Júpiter

Foto: Divulgação/ NASA

A sonda Juno voltou a captar uma imagem hipnotizante de Júpiter, desta feita de um vórtex negro visível entre as nuvens do planeta.

“A sonda Juno da NASA captou esta visão de uma área a mostrar um vórtex com um centro negro intenso. Nas proximidades é possível ver nuvens brilhantes de alta altitude que emergiram para a luz do Sol”, disse a NASA sobre a imagem.

Desde 2016 que a sonda Juno orbita Júpiter, sendo esta a 20ª aproximação da sonda ao planeta.

Noticias ao Minuto

Após sucesso da HBO, TV russa quer contar própria versão de ‘Chernobyl’

Foto: Pixabay

Depois do sucesso da série produzida pela HBO e pela Sky, “Chernobyl”, a televisão estatal da Rússia anunciou que irá lançar a sua própria versão da história do maior acidente nuclear da história da humanidade. A emissora garantiu que a série será baseada em fatos reais documentados. A produção irá revelar o participação da CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) no desastre que ocorreu em 1986, no norte da então República Socialista Sovética da Ucrância, na cidade de Pripyat.

Pelo menos 31 pessoas morreram na época, com a explosão de um reator nuclear, e os efeitos da radiação são sentidos ainda hoje na região. O diretor da TV russa, Aleksey Muradov, afirmou que deseja mostrar o que “realmente aconteceu na época” e segundo informações da Folha de S. Paulo, Muradov disse em entrevista ao Komsomolskaya Pravda, o jornal mais lido do país, que a proposta é apresentar uma “visão alternativa da tragédia”. “Há uma teoria de que os americanos se infiltraram na central nuclear de Chernobyl”, disse.

“Muitos historiadores não descartam a possibilidade de que no dia da explosão, um agente dos serviços de inteligência do inimigo estava trabalhando na estação.” A revista americana Hollywood Reporter informou que o Ministério da Cultura russo contribuiu com US$ 463.000 para a produção. A minissérie da HBO, no entanto, foi bem avaliada inclusive pelos críticos da Rússia. O Kinopois, semelhante ao site IMDB – que avaliou “CHernobyl” em 9,7 – deu 9,1 para a minissérie americana. (mais…)

Voltar à página inicial