Nova variante do coronavírus encontrada na Inglaterra pode ser mais letal, diz Boris Johnson

Nova variante do coronavírus encontrada na Inglaterra pode ser mais letal, diz Boris Johnson - mundoFoto: Andrew Parsons/ No 10 Downing Street/ Fotos Públicas

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta sexta-feira, dia 22, que a variante do coronavírus identificada pela primeira vez na Inglaterra, conhecida por ser mais contagiosa, pode também ser mais mortal do que a versão original: “Há alguma evidência”.

“Fomos informados hoje que, além de se espalhar mais rapidamente, agora também parece que há alguma evidência de que a nova variante —a variante que foi descoberta pela primeira vez em Londres e no sudeste da Inglaterra — pode estar associada a um maior grau de mortalidade”, afirmou o primeiro-ministro, em entrevista coletiva.

Os cientistas do Grupo de Conselho para Novas Ameaça de Vírus Respiratórios, que assessora o governo, ainda estão analisando os estudos, que são preliminares.

Metro1

Câmara deve enviar impeachment de Trump ao Senado na próxima segunda, 25

Câmara deve enviar impeachment de Trump ao Senado na próxima segunda, 25 - politica, mundoFoto oficial da Casa Branca por Andrea Hanks

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos deve entregar o impeachment do ex-presidente Donald Trump ao Senado na próxima segunda-feira (25). O processo contra o republicano foi aberto por incitar insurreição, após estimular extremistas trumpistas a invadir o Capitólio. O julgamento pode impedir o empresário a tentar assumir a presidência dos Estados Unidos mais uma vez. A Câmara aprovou o processo na semana passada, mas o Senado ainda precisa se posicionar a respeito.

“O Senado conduzirá o julgamento do impeachment de Donald Trump. Será um julgamento completo. Será um julgamento justo”, disse Chuck Schumer em pronunciamento no plenário. Esse é o segundo pedido de impeachment aberto contra Trump. Para que haja condenação, é preciso que dois terços dos senadores votem “sim”.

A invasão do Capitólio aconteceu em 6 de janeiro deste ano, quando o Congresso se reunia para oficializar a vitória de Joe Biden e Kamala Harris como presidente e vice-presidente eleitos, respectivamente. A invasão deixou cinco pessoas mortas. Trump deixou a Casa Branca na última quarta-feira (20), quando Biden foi empossado novo presidente do país.

Redação: Bahia.Ba | Informações: G1

Índia vai exportar vacina de Oxford para o Brasil nesta sexta, 22

Índia vai exportar vacina de Oxford para o Brasil nesta sexta, 22 - mundo, brasilImagem Ilustrativa | Fotos: Paulo Lopes/ Especial para o MS/ Fotos Públicas

O secretário de Relações Exteriores da Índia afirmou que o governo do país liberou as exportações comerciais de vacinas contra Covid-19, com as primeiras remessas sendo enviadas para o Brasil e Marrocos na noite desta sexta-feira (22).

As doses da vacina estavam previstas para chegar em solo brasileiro no último domingo (17), mas, devido ao início da vacinação no próprio país, a entrega foi adiada por autoridades indianas.

O imunizante, desenvolvido pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, está sendo fabricado no Serum Institute of India. O Instituto, maior produtor mundial de vacinas, foi atingido por um incêndio nesta quinta-feira (21), mas o setor que produz as vacinas contra o coronavírus não foi danificado.

Metro1

Portugal interrompe as aulas durante 15 dias e sem ensino à distância

Portugal interrompe as aulas durante 15 dias e sem ensino à distância - mundo, educacaoImage by Wokandapix from Pixabay

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, anunciou que as creches, escolas e universidades devem fechar durante 15 dias a partir desta sexta-feira (22). Costa quer que haja um período de férias a ser compensado depois com aulas em outros períodos de descanso que estavam previstos no calendário escolar.

Durante esse período, portanto, não haverá também o ensino à distância, como havia acontecido em março do ano passado, em que o país viveu o lockdown. O primeiro-ministro disse que houve um “esforço extraordinário” das escolas para manterem as aulas presenciais, mas que “manda o princípio da precaução” suspender as atividades letivas durante 15 dias, de acordo com o jornal português Público.

De acordo com o boletim divulgado pelo país nesta quarta-feira (20), Portugal tem 581 mil casos confirmado de coronavírus no total, com 9.465 mortes. Nas últimas 24 horas, 219 portugueses morreram em decorrência da Covid-19.

Bahia.Ba

Mundo passa de 40 milhões de vacinas contra Covid aplicadas

Mundo passa de 40 milhões de vacinas contra Covid aplicadas - mundoFoto: Elói Corrêa/ GOV-BA

Um balanço do projeto “Our World in Data”, ligado à Universidade de Oxford, aponta que mais de 40 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. O Brasil apareceu pela primeira vez no levantamento, com 112 pessoas vacinadas.

O governo de São Paulo iniciou a imunização neste domingo (17), logo após a Anvisa aprovar por unanimidade o uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford/AstraZeneca.

Na manhã desta segunda-feira (18), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que a vacinação vai começar a partir das 17h de hoje em todo o país.

Metro1

China é o único país a avançar na economia em 2020

China é o único país a avançar na economia em 2020 - mundo, economiaImage by moerschy from Pixabay

A economia da China terminou 2020 com uma alta de 2,3% no Produto Interno Bruto (PIB). Foi o único país entre as maiores potências do mundo que conseguiu crescer durante a pandemia do coronavírus.

O aumento do PIB, porém, ficou abaixo do avanço usual da nação chinesa, que foi de 6,1% em 2019. É o menor desde 1976, último ano da Revolução Cultural, que afetou a economia na época. No quarto trimestre, o índice do país asiático aumentou 6,5%, em relação ao ano passado, taxa maior do que a evolução de 4,9% no terceiro.

O governo chinês, com medidas rígidas de restrição, conseguiu conter o surto de Covid-19 mais rapidamente do que a maioria dos outros países. Enquanto isso, os estímulos do governo e a aceleração da produção nas fábricas para fornecer produtos a muitas outras nações continuaram a movimentar a economia local.

Metro1

Estados Unidos vão exigir teste negativo de Covid para entrada no país

Estados Unidos vão exigir teste negativo de Covid para entrada no país - mundoImage by Chokniti Khongchum from Pixabay

A entrada nos Estados Unidos (EUA) só será permitida, a partir de 26 de janeiro, a passageiros que apresentem um teste de Covid-19 negativo. De acordo com o Centro para o Controle de Doenças, o teste só será aceito se tiver sido realizado nos três dias anteriores à partida do voo para os Estados Unidos.

As companhias aéreas serão obrigadas a impedir o embarque de passageiros que não possuam teste negativo ou prova de que tenham se recuperado de uma infeção do novo coronavírus. A determinação vem depois de ter sido detectada no país uma nova cepa de Covid-19, mais infecciosa do que a conhecida.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Agência Brasil

YouTube suspende canal de Donald Trump

YouTube suspende canal de Donald Trump - politica, mundo, internetFoto oficial da Casa Branca por Andrea Hanks

O YouTube anunciou nesta terça-feira (12), que suspendeu o canal do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por violação das políticas da plataforma. Segundo a rede, ele incitou a violência em uma transmissão após a invasão dos seus apoiadores ao Congresso dos EUA.

Trump não poderá mais enviar vídeos ao canal, fazer transmissões ao vivo e receber comentários por ao menos uma semana. Segundo o comunicado, esse prazo poderá ser prorrogado.

Após o ataque ao Capitólio, o presidente já foi banido do Twitter e suspenso de Facebook e Instagram até a posse do democrata eleito, Joe Biden, no dia 20 de janeiro.

Metro1

Japão passa a exigir exame negativo de covid-19 para entrada no país

Japão passa a exigir exame negativo de covid-19 para entrada no país - mundoFotos: Bruno Concha/ Secom

O Japão começou a solicitar que todos os viajantes vindos do exterior que desembarquem no país mostrem um atestado de que receberam resultado negativo para o coronavírus no período de 72 horas antes de terem deixado o local de origem.

A medida entrou em vigor nesta quarta-feira (13), após declaração de estado de emergência em Tóquio e três províncias vizinhas na semana passada. No Aeroporto de Narita, perto de Tóquio, autoridades já verificavam os resultados de testes de passageiros em desembarque e conduziam exames adicionais.

Os atestados devem, agora, ser apresentados por todos que entram no país, incluindo cidadãos japoneses e certas categorias de estudantes estrangeiros, que haviam sido excluídos da medida anteriormente.

Agência Brasil

Bancada democrata apresenta pedido de impeachment contra Trump

Bancada democrata apresenta pedido de impeachment contra Trump - politica, mundoFoto: Shealah Craighead/ Official White House

Representantes do Partido Democrata dos EUA apresentaram nesta segunda-feira (11), um pedido de impeachment contra o presidente Donald Trump por seu papel no movimento que culminou com a invasão do Capitólio, sede do Congresso.

No documento, além de “incitação à insurreição”, também são mencionadas as denúncias infundadas de Trump sobre fraude eleitoral, a convocação de sua base aliada para protestos no dia 6 de janeiro em Washington e o discurso incentivando os apoiadores antes da invasão do Congresso.

Outra opção de afastamento do presidente é se o próprio gabinete dele o afastasse acionando a 25ª emenda da Constituição dos EUA. No entanto, mais cedo, representantes republicanos na Câmara dos Deputados rejeitaram uma resolução pedindo que o vice-presidente Mike Pence acionasse a emenda.

Metro1

Bolsonaro recebe convite para assistir à abertura de Tóquio 2020

Bolsonaro recebe convite para assistir à abertura de Tóquio 2020 - politica, mundo, esporte, brasilImagem de Michael Wedermann por Pixabay

O presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta sexta-feira (08), do ministro de Negócios Estrangeiros do Japão, Motegi Toshimitsu, o convite para assistir à abertura das Olimpíadas de Tóquio. Bolsonaro fez o anúncio do convite em sua conta no Twitter.

“Encontro com Motegi Toshimitsu, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, nosso parceiro mais tradicional na Ásia com fortes laços culturais”, disse Bolsonaro. “Fui convidado para a abertura das Olimpíadas de Tóquio em julho”.

Os Jogos Olímpicos deveriam ter sido realizados em 2020, mas, em razão da pandemia do novo coronavírus, para este ano e os tem previsão para ocorrerem de 23 de julho a 8 de agosto.

Agência Brasil

Presidente envia carta à Índia pedindo agilidade no envio de vacina

Presidente envia carta à Índia pedindo agilidade no envio de vacina - mundo, brasilFoto: Carolina Antunes/ PR

O presidente Jair Bolsonaro enviou nesta sexta-feira (08), uma carta ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, na qual solicita urgência no envio para o Brasil das doses da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca produzidas na Índia.  “O imunizante está sendo produzido no Serum Institute of India e deverá integrar de forma imediata a implementação do nosso Programa Nacional de Imunização”, informaram em nota conjunta a Secretaria de Comunicação da Presidência e o Ministério da Saúde.

Neste momento, o laboratório indiano fornecerá 2 milhões de doses da vacina. Na carta, Bolsonaro também agradeceu a Índia pela liberação das exportações dos insumos farmacêuticos produzidos naquele país, “de extrema relevância para o abastecimento do mercado brasileiro”, de acordo com a nota. O Ministério da Saúde quer começar a imunização, no cenário mais otimista, a partir de 20 de janeiro. Além da vacina da AstraZeneca, o governo federal também aguarda aprovação da Anvisa da CoronaVac, da chinesa Sinovac.

O pedido de urgência para a importação das doses da Índia ocorre após a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ter informado que vai ocorrer um atraso na chegada ao país do insumo necessário para a produção local do imunizante desenvolvida pela AstraZeneca. Até o fim do ano, o governo federal espera contar com mais de 200 milhões de doses do imunizante produzidos pela Fiocruz. A vacina da Sinovac está sendo produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. A expectativa do governo brasileiro é comprar 100 milhões de doses da Coronavac.

Agência Brasil

Avião com 62 pessoas a bordo desaparece na Indonésia

Avião com 62 pessoas a bordo desaparece na Indonésia - mundo, transitoImagem Ilustrativa | Foto: Paula Froes/ GOV-BA

Um Boeing com 62 pessoas a bordo sumiu dos radares neste sábado (09), quatro minutos após decolar de Jacarta, capital da Indonésia. O governo confirmou que enviou um navio de resgate para as operações de busca do 737-500 da companhia aérea Sriwijaya Air.

O avião fazia o voo 182 e perdeu mais de 10 mil pés de altitude em menos de um minuto enquanto rumava à cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu. Por volta das 4h40 (de Brasília; 14h40 em Jacarta), o Boeing desapareceu.

Em nota, a companhia aérea disse que 56 passageiros e seis tripulantes estavam a bordo. Não há qualquer indício que permita determinar as causas do desaparecimento. A aeronave desaparecida voou pela primeira vez em maio de 1994.

Redação: Metro1 | Informações: FlightRadar24

Covid-19: Japão declara estado de emergência sanitária em Tóquio

Covid-19: Japão declara estado de emergência sanitária em Tóquio - mundoImage by Jason Goh from Pixabay

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, declarou nesta quinta-feira (07), um novo estado de emergência em Tóquio e nos seus subúrbios por um mês por causa do aumento de casos da covid-19.

A declaração de emergência implicará novas restrições ao horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, bem como o pedido de permanência dos cidadãos em casa.

O Japão ultrapassou pela primeira vez cinco mil infecções diárias devido ao novo coronavírus, a maioria em Tóquio. Em todo o país foram registrados 5.307 novos casos, o primeiro número acima dos cinco mil desde o início da pandemia.

Agência Brasil

Holanda inicia vacinação contra Covid-19 nesta quarta, 06

Holanda inicia vacinação contra Covid-19 nesta quarta, 06 - mundoFoto: Elói Corrêa/ GOV-BA

A Holanda começou nesta quarta-feira (06), a vacinar sua população contra a Covid-19 e se tornou o último país da União Europeia a iniciar o procedimento. Há quase duas semanas o Reino Unido iniciava a vacinação no país.

Segundo balanço da Universidade Johns Hopkins, Aa Holanda possui mais de 845 mil casos confirmados de Covid e 11,9 mil mortes.

A imunização foi transmitida ao vivo pela televisão, e o ministro da Saúde holandês, Hugo de Jonge, afirmou em cerimônia que “este é o começo do fim desta crise”.

Metro1

Apenas 15 países não registraram casos de covid-19, diz OMS

Apenas 15 países não registraram casos de covid-19, diz OMS - mundoImagem Ilustrativa de Fernando Zhiminaicela por Pixabay

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta quarta-feira (06), que apenas 15 países, em todo o mundo, não registraram nenhum caso de covid-19 até o momento. A maioria é constituída por ilhas remotas e alguns deles são os países menos populosos do mundo.

Tonga, Kiribati, Samoa, Micronésia, Tuvalu, Naurau, Niue, Ilhas Cook e Palau estão entre os 15 países sem nenhum caso ou morte por covid-19.

Por serem remotos e raramente visitados, não chegaram lá casos importados de infeção e, consequentemente, também não houve contágio local.

Agência Brasil

Voltar à página inicial