Um jogador de vôlei italiano acreditou durante 15 anos que estava em um relacionamento com a modelo brasileira Alessandra Ambrósio. A verdade foi descoberta após a família dele inscrevê-lo em um programa televisivo, que reuniu provas de que o homem estava sendo enganado.

Roberto Cazzaniga se relacionava com uma mulher de 50 anos, que usava o nome de Maya, mas usava fotos da modelo. Cazzaniga chegou a enviar cerca de 700 mil euros para a mulher, para ajudá-la com tratamentos de saúde.

Ainda segundo a imprensa italiana, uma amiga de Cazzaniga havia participado do nome. Ela teria apresentado o homem à golpista. A estelionatária foi identificada pela mídia como Valeria.

Metro1