A cidade cearense de Juazeiro do Norte, para onde peregrinam milhares de fiéis, motivados para conhecer a história do Padre Cícero Romão que ali viveu pregando o Evangelho, realizando milagres e conduzindo o povo de Deus à vivência da fé, conta atualmente com uma população de aproximadamente 290 mil habitantes, destacando-se com um percentual de 90% católicos, possui muitos atrativos culturais e religiosos que traduzem a história do Pe Cícero: Igrejas, museus, a estátua e o seu túmulo, o que demanda a existência de guias para orientar os romeiros e relatar as histórias deste importante centro de religiosidade  do Nordeste.

Duranta 1ª Romaria da Paróquia de São Roque de Mutuípe a esta cidade, marco da expressão religiosa popular, o Tribuna do Recôncavo ouviu o senhor Francisco de Assis Bezerra dos Santos, popular “Buiú”, natural de Juazeiro do Norte, guia turístico regional, cuja história de determinação e superação é digna de ser partilhada.

“Buiú” exerce o seu trabalho com grande carisma, orientando e informando os turistas com determinação, humor e simplicidade e não se envergonha de contar a sua história de vida, na qual relata ter sido criado por seus avós, ter passado muita privação inclusive fome, chegando a pedir auxílio para sustentar a família, andava 9 km para chegar até a escola, quando criança, cantava para os romeiros, adquirindo assim uns trocados que serviam para o sustento da casa. Cursou até a 7ª série e o seu apelido foi dado em referência ao personagem humorístico “Buiú” do Programa humorístico a Praça é Nossa.

Sobre o exercício da sua profissão, “Buiú” afirma: “Me sinto muito alegre em fazer parte da história da cidade, mostrar o que a cidade tem e a história de Pe. Cícero porque sem Ele a cidade não existiria.

Em relação a importância da fé na sua vida pessoal e profissional, “Buiú” afirma: “A gente sem a fé é difícil vencer na vida. Já passei muitas dificuldades e recorrendo a Deus e ao Pe. Cícero, sempre fui socorrido.”

“Buiú” prossegue buscando avanços na sua profissão, atualmente está fazendo o curso de capacitação para Guia Turístico Nacional.

Matéria: Maria do Carmo/ Tribuna do Recôncavo