O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou, na manhã desta quinta-feira, dia 07, a renúncia do cargo após escalada de crises. Ele disse que ficará como interino até a escolha de um novo líder.

“É claramente a vontade do Partido Conservador que deve haver um novo líder do partido e, portanto, um novo primeiro-ministro”, disse Boris Johnson, em pronunciamento.

A renúncia ocorre após a revelação de que Boris Johnson sabia desde 2019 das denúncias de abuso sexual contra Chris Pincher, um de seus aliados e que, mesmo assim, o promoveu e disse não saber de nada.

Metro1