O apoio do presidente do PSD de Amargosa e presidente da Câmara Municipal, Marquinhos da Saúde, à candidatura de Maira Barreto (PP), esposa do deputado estadual Dal (PP), causou racha entre representantes da sigla no Recôncavo baiano.

Segundo a vereadora local, Suzane Andrade, a decisão não foi compartilhada com integrantes do partido. A parlamentar afirmou que esteve na inauguração de uma obra com o prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro, e na oportunidade lembrou que o nome que disputaria a prefeitura pelo grupo ainda era tratado em conversas que envolviam o seu sobrinho e o deputado estadual Rogério Andrade Filho.

A vereadora garante também que o anúncio deixou filiados descontentes e que alguns chegaram a afirmar que deixariam o partido. Além disso, ressaltou que o anúncio de uma possível pré-candidatura deveria ter sido anunciado pelo irmão dela e prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade.

Metro1