Os R$141 mil devidos pela Costa do Descobrimento Investimentos Agrícolas a 39 trabalhadores rurais resgatados de trabalho análogo à escravidão na Fazenda Dois Rios, localizada em Caraíva, em Porto Seguro (BA), já estão disponíveis para saque, segundo informações do Ministério Público do Trabalho (MPT).

O valor é fruto de acordo judicial feito com a empresa pelo MPT para encerrar três ações judiciais. A empresa proprietária da fazenda também já depositou outros R$200 mil para cobrir o dano moral coletivo. O MPT pediu que esse recurso seja destinado ao financiamento do Projeto Vida Pós-Resgate e aguarda o despacho da juíza.

Os 39 trabalhadores rurais beneficiados pelo acordo foram resgatados por uma operação fiscal realizada em 2018. O grupo foi reencaminhado de ônibus para o município alagoano de Mucuri, de onde todos tinham saído sob a promessa de trabalho. Cada trabalhador vai receber R$3.631,91 a título de verbas rescisórias atualizadas, valores que já estão disponíveis em conta judicial. Eles têm até o dia 20 de outubro para sacar o recurso.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Metro1