O papa Francisco fez um apelo aos líderes mundiais presentes na cúpula da COP26 da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas neste domingo (31) para que ouçam “o grito da Terra e o grito dos pobres”.

Francisco, que fez da proteção do meio ambiente uma pedra angular de seu pontificado, disse em sua bênção na Praça São Pedro que esperava que a reunião em Glasgow fornecesse “respostas eficientes e oferecesse esperança concreta às gerações futuras”.

Foi a segunda vez em três dias que o papa fez um apelo aos participantes da reunião da ONU para que concordassem com ações e não com meras palavras na cúpula climática, que começa neste domingo.

Fonte: Agência Brasil via Metro1