Um dos nove feridos no acidente com o bimotor que caiu em Maraú, no litoral Sul, é Marcelo Constantino.

O jovem, de 26 anos, é neto de Nenê Constantino, fundador da empresa aérea Gol. Marcelo segue ainda internado neste sábado, dia 16, junto com outras oito pessoas, no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

Ele teve 40% do corpo queimado devido à explosão da aeronave, na última quinta-feira (14). O bimotor tinha decolado por volta das 11h do mesmo dia da cidade de Jundiaí, no interior paulista, e caiu por volta das 14h. O avião, fabricado em 1981, é de propriedade do banqueiro José João Abdalla Filho.

Bahia Noticias