O cantor e deputado federal Igor Kannário fechou acordo com a policial militar Tainá Gomes, em audiência que aconteceu nesta terça-feira, dia 17, na 8ª Vara Criminal de Salvador.

O juiz Álvaro Marques de Freitas Filho, em razão do êxito na conciliação, arquivou a ação penal. Ficou acertado que o cantor pagará R$ 9 mil, ao longo de 30 meses, e o dinheiro será destinado a instituições filantrópicas de Salvador.

O valor é um acordo fechado no âmbito do processo movido pela PM, que acusa o deputado federal de tê-la agredido verbalmente na Micareta de Feira de Santana, em 2017. A assessoria do deputado não quis comentar.

Bahia.Ba