Um homem da aldeia Tupinambá de Olivença em Ilhéus, no Litoral Sul, é a primeira vítima indígena no estado pelo novo coronavírus. A confirmação da infecção pela covid-19 ocorreu neste domingo. O óbito aconteceu no dia 17 de maio. A vítima tinha cerca de 80 anos.

Em tono de 21 indígenas do sul baiano estão infectados pelo coronavírus, segundo informações do Movimento Unido dos Povos Indígenas da Bahia (Mupoíba) e da Associação Nacional Indigenista (Anai).

Dos 21 que testaram positivo para a covid-19, 13 estão em Olivença e oito na terra Pataxó de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália, na Costa do Descobrimento. Coroa Vermelha é considerada a maior aldeia urbana do país, com mais de cinco mil índios.

Redação: Bahia Notícias | Informações: TV Santa Cruz