Diante de uma alta de casos de Covid-19, a Gestão Municipal de Guanambi, no sudoeste baiano, decidiu pelo retorno da obrigatoriedade do uso de máscara em locais fechados. O decreto de nº 902 foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Município, na noite de segunda-feira, dia 30.

De acordo com nota publicada pela Secretaria de Saúde, nesta terça-feira, dia 31, a decisão levou em conta o “atual cenário epidemiológico, com o retorno de casos ativos na cidade”. Ainda segundo o texto, foram 20 casos ativos em apenas uma semana.

O decreto torna obrigatório o uso de máscara em locais fechados e em eventos com controle de público ou com venda de ingressos, sejam shows musicais, eventos esportivos, religiosos, escolas e faculdades. Nos locais abertos, o uso do equipamento de proteção continua sendo facultativo. A prefeitura também estabeleceu que caso o decreto não seja cumprido, serão adotadas medidas como advertência, suspensão temporária, interdição de estabelecimento ou mesmo cassação de Alvará.

Metro1