As cidades de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, e Itabuna, no sul da Bahia, tiveram retorno das aulas 100% presenciais nesta terça-feira, dia 19, um dia após a retomada das atividades em todo o estado. A volta das aulas nas escolas acontece após um ano e sete meses da suspensão, que ocorreu em março de 2020, por causa da pandemia da Covid-19. Assim como na capital e em outras cidades, a volta das atividades foi tranquila e sem aglomerações.

Na segunda-feira, dia 18, o governo do estado anunciou que fará a testagem de até 180 mil funcionários e estudantes, com idade superior a 13 anos, desde que eles estejam assintomáticos e frequentando a escola normalmente. Essa testagem será feita em parceria com os municípios, em toda a rede pública. As coletas já começaram e o objetivo é identificar, monitorar e isolar casos da Covid-19 na comunidade escolar. O projeto terá duração de três meses. A estimativa é que a amostragem aleatória cubra até 20% da comunidade escolar.

O material coletado será analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA). Quem estiver com sintomas da Covid-19 será submetido ao teste rápido de antígeno. Se houverem resultados positivos, protocolos sanitários como medidas de isolamento e monitoramento dos estudantes ou funcionários, rastreamento e quarentena dos contactantes diretos serão feitos.

G1/ Bahia