O Dia do Trabalho, celebrado em 1º de maio, será marcado por um ato unificado entre dez centrais sindicais. Um fato inédito acontecerá em 2019, a Centra Única dos Trabalhadores (CUT) e a Força Sindical estarão juntas nesta data pela primeira vez. O evento será realizado na Praça da República, no centro de São Paulo, e contará ainda com shows.

O fim da contribuição sindical obrigatória e a oposição ao projeto de reforma da Previdência são temas que têm unido as centrais sindicais em protestos desde o início do ano.

Segundo o secretário-geral da CUT-SP, João Cayres, empregos e salários também serão abordados nos discursos do ato, previsto para ocorrer das 10 às 18 horas. “Estamos unidos contra a destruição do sistema de seguridade social”, diz Cayres.

Reportagem: Estadão | Redação: Bahia Noticias