O ator Kevin Spacey teve o processo criminal arquivado após o acusador, um massoterapeuta que acusava Spacey de forçá-lo a tocar em seus genitais durante uma sessão privada, morrer.

De acordo com o Departamento de Polícia de Los Angeles, a morte foi devido à causas naturais e, sem a vítima, não é possível dar prosseguimento ao caso.

Spacey ainda é investigado pela polícia britânica, a Scotland Yard, por mais seis alegações de assédio que teriam ocorrido entre 1996 e 2013.

Metro1