O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou, nesta quinta-feira, dia 1°, a criação de um núcleo de inteligência para combater a violência política nas eleições de outubro.

De acordo com portaria publicada pelo tribunal, o núcleo será responsável pela coleta de dados e pelo processamento de informações de segurança pública durante o pleito.

O grupo será composto pelo presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, três representantes do tribunal e três representantes do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares.

Metro1