O Promotor de Justiça do MP (Ministério Público), Dr. João Manoel comentou como é preocupante o aumento no número de casos de violência doméstica em Santo Antônio de Jesus.

“A gente percebe pelas mulheres que procuram a promotoria de justiça um aumento bastante relevante nos casos de violência doméstica que são registrados. Santo Antônio de Jesus faz parte desse cenário de um crescimento bastante preocupante no número de ocorrências nas situações de violência doméstica, o que pode ser confirmado pela Polícia Civil, como também pela Polícia Militar”, disse o promotor.

Ainda segundo Dr. João Manoel, os casos mais frequentes envolvem a violência física, moral e psicológica. Ele também citou o fato de algumas mulheres demorarem para denunciar as agressões por se sentirem inibidas. “Há mulheres que ainda relutam bastante em fazer a denúncia, outras denunciam, mas só na quarta, quinta vez que se submetem a agressão. Há fatores que acabam inibindo algumas mulheres de denunciar, um dos é a vergonha e o medo”, explicou.

O promotor alerta para que às vítimas busquem denunciar os ataques ao Núcleo de Proteção a Mulher, no Complexo Policial de Santo Antônio de Jesus, coordenado pela delegada Drª. Patrícia Jaques.

Informações: Andaiá FM | Redação: Voz da Bahia