Após o surgimento de uma nova variante da Covid-19 altamente mutável, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) classificou como uma “loucura” fechar as fronteiras do Brasil. Ele acrescentou que quem vier ao país “tem que aprender a conviver com o vírus”.

“Não vai vedar, rapaz, que loucura é essa? Fechou aeroporto o vírus não vai entrar? Já está aqui dentro, não existe isso. Tem que aprender a conviver com o vírus”, declarou Bolsonaro, após ser questionado por apoiadores na saída do Palácio da Alvorada nesta sexta-feira, dia 26.

Nesta sexta, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a adoção de restrições para voos e viajantes procedentes de seis países africanos. A variante B.1.1529 foi descoberta com casos na África do Sul, Botsuana e Hong Kong. Também por causa da mutação, os Estados Unidos determinaram medidas semelhantes.

Metro1