A Mesa Diretora da Câmara vai aumentar os valores que os deputados têm direito para custear despesas com o mandato. Além da chamada cota parlamentar, foram reajustados o auxílio-moradia e o valor a que os deputados têm direito para bancar combustível.

Apenas este último passará de R$ 6 mil para R$ 9,3 mil mensais. Os novos valores entram em vigor a partir da próxima legislatura, que começa no dia 1º de fevereiro. O ato é assinado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e pelos demais integrantes da Mesa Diretora.

A decisão acontece a menos de duas semanas da eleição para a nova composição da Mesa Diretora, marcada para o dia 1º de fevereiro.

Bahia.Ba