Três policiais militares foram baleados durante o conflito entre uma aldeia indígena e pistoleiros na tarde desta quarta-feira, dia 17. O confronto teria começado por uma disputa de terra entre indígenas e fazendeiros na zona rural de Itamaraju, no Sul da Bahia.

De acordo com as autoridades, equipes do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) e da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (7ª CIPM/Eunápolis) estavam realizando rondas na fazenda São Geraldo, localizada no povoado de Montinho, quando o confronto começou.

Nas redes sociais, circularam informações de que o subtenente Gonçalves, do 8º BPM, teria morrido no confronto. A guarnição, no entanto, negou a informação. De acordo com a PM, nenhuma das vítimas corre risco de morte. A assessoria da PM informou ainda que o local do conflito é de difícil acesso e não possui sinal de celular.

Metro1