O prefeito de Candeias (BA), Dr. Pitágoras, não era o alvo pessoal da operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) no município, na manhã desta sexta-feira, dia 11. No entanto, ele foi detido após os agentes encontrarem uma espingarda de colecionador, sem registro, na residência dele, mas já está pagando a fiança para ser liberado.

A casa de Pitágoras e a sede da prefeitura estão entre os oito alvos de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça e cumpridos pela PF. Na Bahia, há ações sendo cumpridas em outras duas cidades – São Sebastião do Passé e Lauro de Freitas.

A operação, batizada de “Estertor”, investiga supostas fraudes em procedimento de dispensa de licitação, realizado pelo município de Candeias para aquisição de oito ventiladores mecânicos pulmonares em valores considerados incompatíveis com os de mercado. Informações obtidas pelo Bahia Notícias apontam que um dos alvos diretos é a esposa de Pitágoras, Soraia Cabral, que foi secretária de saúde do município.

Bahia Noticias