O presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou, em publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira, dia 02, o projeto de lei que alterava o nome do Dia do Índio para Dia dos Povos Indígenas, sob a justificativa que “índio” já uma é um termo consagrado na cultura e que não haveria “interesse público” na proposta.

Porém, a proposta argumentava que “povos indígenas” é mais respeitoso e identificado com as comunidades. Especialistas apontam que a palavra “índio” é preconceituosa e estigmatizada.

A data, comemorada em 19 de abril, foi estabelecida em decreto de 1943. O projeto é de autoria da única parlamentar indígena do Congresso, Joênia Wapichana (Rede-RR).

Metro1