A visita do candidato ao governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), foi interrompida, nesta segunda-feira, dia 17, por causa de tiroteio na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul da capital paulista. Tarcísio estava no terceiro andar do prédio quando o tiroteio começou do lado de fora. Ainda não se sabe a origem dos tiros nem contra quem foram disparados. Tarcísio deixou o local cerca de 20 minutos depois, acompanhado de seguranças e escolta em uma van.

No Twitter, o candidato do Republicanos disse que sofreu um ataque: “Em primeiro lugar, estamos todos bem. Durante visita ao 1º Polo Universitário de Paraisópolis, fomos atacados por criminosos. Nossa equipe de segurança foi reforçada rapidamente com atuação brilhante da PMESP. Um bandido foi baleado. Estamos apurando detalhes sobre a situação”.

“Em primeiro lugar, estamos todos bem. Durante visita ao 1o Polo Universitário de Paraisópolis, fomos atacados por criminosos. Nossa equipe de segurança foi reforçada rapidamente com atuação brilhante da @PMESP. Um band*** foi baleado. Estamos apurando detalhes sobre a situação”.

Metro1