És por excelência um ser singular!

Persistência e resistência revestem o teu dia a dia.

Batalhas incansavelmente quer no campo ou na cidade.

Viver não basta! Sobrevives com autenticidade.

Fé e esperança sustentam tua cotidiana labuta.

Adversidades e dificuldades não te intimidam.

Driblas os desafios naturais e sociais com determinação.

Procriar e zelar da tua cria é tua especial vocação.

Competes com o sol do nascer ao anoitecer.

Do passado à contemporaneidade és sábia e poderosa.

Vivencias o teu SER MULHER de cabeça erguida onde presente se fizer.

Independente da faixa etária és mulher cidadã.

Resiliência humana e consciência cidadã te impulsiona a jamais desistir de lutar.

És por excelência um ser singular!

O verbete Mulher não te associa a apelido nem a sobrenome.

O verbete Mulher remete a um ser especial: humana, resiliente, guerreira, protagonista da tua história, revestida de empoderamento!

Que o respeito e a valorização do teu ser sejam o teu galardão, merecido reconhecimento!

 

Autoria: Maria do Carmo da Silva Santo/ Colunista do Tribuna do Recôncavo