Um empresário torturou dois homens, com pauladas nas mãos, após suspeitar que eles teriam furtado dinheiro na sua loja, em Salvador. As vítimas seriam funcionárias do estabelecimento. As agressões foram filmadas por outro empresário, que demonstrou concordar com a ação.

No vídeo, o empresário afirma que viu os funcionários furtando dinheiro na loja. As imagens mostram que ele chegou a colocar um pano na boca dos jovens — um deles, de 21 anos — e marcou as suas mãos com ferro quente, com o número “171” (em referência ao crime de estelionato).

O caso, ocorrido no último dia 19, foi denunciado à Polícia Civil nesta sexta-feira, dia 26. Os funcionários alegam que a acusação feita pelos empresários é falsa e acusam os patrões de tortura.

Metro1