Uma operação policial desencadeada na manhã nesta quinta-feira, dia 18, em Cruz das Almas, Salvador e outras cidades baianas, cumpre 28 mandados de busca e apreensão contra um grupo investigado por praticar golpes através de sites de compras de imóveis e veículos na internet.

Mais de 130 policiais estão envolvidos na ação que busca membros da quadrilha que já lucrou, por meio do crime, mais de R$ 860 mil. Pelo menos 165 vítimas já foram identificadas pela polícia. Agentes de pelo menos sete departamentos da Polícia Civil, além da Polícia Militar, estão envolvidos na operação. Denominada “Falso Consórcio”.

A operação acontece em Salvador nos bairros Stiep, Rio Vermelho, Sussuarana, Amaralina, Valéria, São Cristóvão, Caminho das Árvores, além das avenidas Carlos Gomes, San Martin e Paralela. Os mandados são cumpridos também em Lauro de Freitas e Vitória da Conquista. Nas primeiras horas da manhã, uma arma foi apreendida no bairro do Engenho Velho da Federação, na capital.

De acordo com o delegado Arthur Gallas, diretor do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e responsável pela operação, os criminosos atraíam as pessoas, com ofertas de vantagens que não existiam. Ainda de acordo com Gallas, depois de receber o pagamento, os estelionatários cortavam a comunicação com os clientes, não entregavam os supostos produtos e deixavam de responder os contatos.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: G1