Foram encontrados na manhã deste domingo, dia 5, os dois corpos que estavam desaparecidos no Rio Paraguaçu, após uma canoa virar na quarta-feira, dia 1º, na altura de Cabaceiras do Paraguaçu (BA). Os corpos localizados neste domingo são de Cauã, que tinha 11 anos e Roque, que tinha 50 anos. Já os corpos de Anatália, 14 anos; Adriele, 9 anos e Luis, 5 anos, foram encontrados na manhã de sábado, dia 4. Todos sem sinais vitais.

As crianças residiam em Tapiaçu, distrito de Cabaceiras do Paraguaçu. Segundo a família, elas estavam na casa da bisavó em Santo Estevão, iam retornar para casa na quinta-feira de carro, mas quiseram voltar na quarta de canoa. As buscas foram feitas pelos bombeiros do 13°GBM/Gmar e 2°GBM, com ajuda de moradores da região.

A canoa, que é motorizada, era conduzida por Paulo Roberto, que durante 7 anos foi condutor da balsa que faz a travessia Cabaceiras – Santo Estevão. Paulo conseguiu nadar até as margens do rio para pedir ajuda. As crianças não sabiam nadar. Roque sabia, mas não há informações se ele tentou ou não nadar até a beira do rio.

Fonte: Tribuna do Recôncavo