A Diocese de Amargosa está sendo representada pelo administrador diocesano Padre Nelson Franca e pelo Padre Roberto Morais (Pároco da Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Anjos, em Nazaré)

Arcebispos, bispos e administradores de 26 arquidioceses e dioceses da Bahia e de Sergipe, que compõem o Regional Nordeste 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), estão reunidos no Centro de Treinamento de Líderes (em Itapuã, Salvador) durante a Assembleia Regional de Pastoral, que teve início no dia 22 e segue até esta quinta, dia 25 de agosto. Como parte da programação, o dia de maior destaque do encontro foi 23 de agosto (terça-feira), quando os prelados analisaram a conjuntura sócio-política e econômica.

Durante a assembleia, os participantes discutiram e analisaram inúmeras questões que competem à Igreja no Regional NE 3, mas, também abordaram assuntos relacionados à Igreja no Brasil, como o Congresso Eucarístico Nacional e a 6ª Semana Social Brasileira. O pedido do Papa Francisco para que todas as dioceses realizassem o Processo de Escuta Sinodal, em preparação ao Sínodo dos Bispos, que acontecerá em outubro de 2023, também foi destacado na terça-feira, dia 23.

Na quarta-feira (24), os preparativos para o Ano Vocacional 2023, que acontecerá em todo o país à luz do tema “Vocação: graça e missão”, foram abordados pelo bispo da Diocese de Caetité, na Bahia, Dom José Roberto Silva Carvalho, que é o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados do Regional NE3. A Visita ad Limina, realizada pelos bispos ao Papa Francisco em maio deste ano, será destacada nesta quinta-feira (25), último dia da Assembleia (25), bem como o Ministério do Catequista, instituído pelo pontífice, e a formação dos animadores de comunidades.

Vale destacar que o Regional Nordeste 3 da CNBB é formado pelas Arquidioceses de São Salvador da Bahia, Aracaju, Feira de Santana e Vitória da Conquista, e pelas dioceses de Amargosa, Itabuna, Camaçari, Ilhéus, Eunápolis, Alagoinhas, Cruz das Almas, Teixeira de Freitas, Propriá, Estância, Jequié, Caetité, Livramento de Nossa Senhora, Bom Jesus da Lapa, Barreiras, Barra, Irecê, Paulo Afonso, Serrinha, Juazeiro, Bonfim e Ruy Barbosa.

Texto adaptado pelo Tribuna do Recôncavo | Crédito: CNBB NE3