Um bezerro nasceu com duas cabeças na Fazenda Boa Esperança, no município de Ubaitaba (BA), na tarde de domingo, dia 27. O bezerro nasceu morto numa propriedade do médico e pecuarista Caio Avelar.

Conforme Caio, sete pessoas trabalharam por mais de 2h e meia para realizar o parto. “A vaca está bem, recebeu soro, cálcio, analgésico, anti inflamatório, antibiótico e alimentação de ração e silagem de milho para se recuperar”, descreveu o médico.

Especialistas afirmam que animais com anomalia genética geralmente nascem mortos, morrem após o parto ou com pouco tempo de vida. O caso chamou a atenção das pessoas que trabalharam no parto do animal.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Ubatã Notícias