Acontecerá em Santo Antônio de Jesus nos dias 18 e 19 de agosto a 13ª edição da Conferência Municipal de Assistência Social, realizada pelo Conselho Municipal de Assistência Social em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), que terá como tema: Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social.

Antes do evento principal, serão realizadas as pré-conferências, para estudo dos eixos que serão discutidos na Conferência Municipal. Nesta quarta-feira (21), aconteceu na sala de teatro da Urbis I a apresentação do eixo 4 da pré-conferência com o tema: Gestão e acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais e proteção social. Também aconteceu no Salão do Centro São Francisco de Assis a apresentação do eixo 2 da pré-conferência com a temática: Financiamento e orçamento como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

A pré-conferência continuará no dia 28 de julho com a realização do eixo 5, no Salão Paroquial no Largo do Andaiá das 8 às 12 horas, com o tema: Atuação do suas em situações de calamidade pública e emergências. No dia 28 ocorrerá também, no Auditório da UNIFACS -NIDE das 8:30 às 12 horas, o eixo 3 da pré-conferência, partindo da temática: Controle Social: O Lugar da Sociedade Civil no SUAS e a Importância da Participação dos Usuários.

Para encerrar o pré-evento o eixo 1 será apresentado no dia 04 de agosto, no CREAS da Urbis I, das 8:30 às 12 horas. O tema definido para o encontro foi: A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais no enfrentamento das desigualdades.

Secretaria Municipal de Assistência Social reforça o convite a toda a comunidade para o evento, que é de extrema importância para o direcionamento das políticas de assistência social, e informa que as vagas são limitadas. Os interessados deverão se dirigir aos CRAS para fazer as inscrições e tirar quaisquer dúvidas.

Fonte: Tribuna do Recôncavo