A Semana Nacional do Trânsito 2021 mobiliza a sociedade, órgãos públicos e empresas a respeito da conscientização sobre ações preventivas que podem salvar vidas no relacionamento das pessoas com o trânsito. A campanha deste ano, com o lema “No trânsito, a sua responsabilidade salva vidas”, teve início no último final de semana e se estende até o próximo dia 25 de setembro com foco em ações educativas voltadas a motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas e pedestres.

A VLI, companhia logística que opera ferroviais, portos e terminais, desenvolveu uma campanha digital em suas redes sociais com destaque para cartilha educativa, conteúdos interativos e dicas de segurança para orientar adultos e crianças sobre cuidados simples que podem evitar acidentes no entorno da linha férrea. Todas as iniciativas chamam a atenção da população para o respeito às regras básicas de segurança.

Um dos focos da campanha digital educativa da VLI é a conscientização dos ciclistas, grupo que cresce exponencialmente nas vias públicas do país, impulsionado pela pandemia. “Não se distraia com fones de ouvido ou similares, pois o aviso sonoro é uma sinalização que indica a aproximação do trem. Além disso, esteja atento à sinalização e jamais tente cruzar na frente de uma composição. Uma composição pode precisar de até um quilômetro para parar totalmente. Para sua segurança, transponha a via férrea apenas por meio dos cruzamentos oficiais onde estão posicionadas as placas com a cruz de Santo André”, complementa Mucci. O respeito às leis de trânsito e a postura preventiva são essenciais para evitar ocorrências no dia a dia.

Somente nos últimos anos foram investidos pela VLI mais de R$ 13 milhões para melhorias em segurança e conscientização. Do montante, R$ 2,3 milhões foram usados para a instalação de sinalizações ativas e cancelas. A segurança operacional – campanhas; estudo de tráfego; manutenção, revitalização e sinalização de passagens em nível e alertas no aplicativo Waze – foi contemplada com R$ 3,3 milhões.

5 dicas para agir com segurança ao cruzar a linha ferroviária:

  1. Motoristas e pedestres não devem atravessar em locais não sinalizados. Travessia segura é pelas passagens de nível (PN), ou seja, cruzamentos sinalizados;
  2. Antes de atravessar um cruzamento, pare, olhe as placas e escute;
  3. Não estacione perto da linha férrea;
  4. Não utilizar atalhos, caminhos não sinalizados às margens da ferrovia; e,
  5. Um trem carregado pode levar até um quilômetro para parar totalmente. Se o trem estiver na linha, aguarde sua vez.

Matéria: Daniela Galvao/ BCV Global