O Museu do Mar Aleixo Belov participará da Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô 2022), com atividades especiais, como palestras em homenagens ao escritor Jorge Amado, de 1º a 6 de novembro. No mesmo período, os visitantes também pagarão meia-entrada (R$ 10) para ter acesso ao espaço, localizado no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador.

No primeiro dia (terça, 1º/11), o público poderá participar da Feira de Troca de Livros, que seguirá até domingo (6/11). Na quinta (3/11), às 15h, acontecerá uma atividade de contação de história para crianças do livro “Velas Cheias de Sonhos”, conduzida por Risa Barbosa, do educativo do Museu do Mar. A obra literária, que se baseia na infância do velejador Aleixo Belov, é assinada pelo escritor Bito Teles e tem ilustração de Bua Bruno.

Na sexta (4/11), também às 15h, os visitantes acompanharão a palestra “O Povo de Jorge Amado além dos livros”, que será ministrada pelo historiador Savio Roz. Já no sábado (5/11), será a vez do historiador Rafael Dantas conduzir a palestra “Salvador da Bahia em Suor e Mar Morto”, às 15h. Fechando a programação, haverá uma nova roda de contação de história, no domingo, às 15h, voltada para a criançada sobre o “Velas Cheias de Sonhos”.

O Museu do Mar também estará presente no evento de Sustentabilidade da Flipelô, capitaneado pela equipe do vereador André Fraga, que promoverá uma série de palestras no Largo Terreiro de Jesus (Pelourinho). Na quinta (4/11), o tema da mesa-redonda será a preservação dos oceanos e contará com a participação da museóloga Etiennette Bosetto, responsável pelo acervo do museu.

“Por ser um espaço cultural e educacional, o Museu do Mar Aleixo Belov tem como compromisso levar informações sobre a preservação do mar, da fauna e da flora para a população, especialmente para a nova geração. Não à toa, o projeto Museu Sem Fronteiras proporciona aos estudantes de escolas baianas uma série de atividades que destaca a importância da conservação ambiental”, explica Etiennette, salientando que “a equipe do museu se sente muito feliz em participar da Flipelô 2022, principalmente pelo velejador Aleixo Belov ser um escritor que incentiva a formação de novos leitores e o evento é um instrumento para potencializar este alcance”.

Museu do Mar Aleixo Belov

Localizado em um casarão amarelo de três andares que mistura arquitetura clássica com moderna no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o Museu do Mar Aleixo Belov guarda relíquias adquiridas durante as cinco viagens que o velejador Aleixo Belov, fez ao redor do mundo, sendo três delas em solitário no veleiro “Três Marias”. Essa embarcação é o pilar central do equipamento cultural. Crianças de até 5 anos não pagam. Nas quartas, o acesso é gratuito.

ASCOM