Na tarde de sexta-feira, dia 23, prepostos da Polícia Rodoviária Federal faziam fiscalização de rotina na altura do Km 466 da BR 242, no Povoado Lagoa do Dionísio em Ibitiara (BA), quando avistaram um motociclista a bordo de uma Honda/CB 300 carregando uma espingarda artesanal. Foi dada ordem de parada, porém o comando não foi atendido e teve início um acompanhamento tático. Durante a fuga o condutor de 28 anos arremessou o armamento e o capacete na rodovia que quase atingiu um ciclista que circulava pelo acostamento. A moto só parou após o condutor perder o controle e se desequilibrar em uma estrada de terra.

Com ele foram apreendidos uma espingarda artesanal calibre 22; 14 espoletas do mesmo calibre e mais uma porção de chumbo e pólvora. Em consulta aos sistemas informatizados da PRF, os policiais descobriram que o condutor é inabilitado. Ao todo foram emitidas 9 multas por irregularidades de trânsito das mais diversas, entre elas licenciamento atrasado, ultrapassagem proibida e conduzir veículo sem capacete. As autuações somaram mais de 6 mil reais.

O condutor que trabalha como borracheiro e reside na zona rural relatou não possuir autorização do Sistema Nacional de Armas para o porte do material bélico. Disse ainda que utilizava a espingarda para caçar. O homem foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de polícia judiciária local para adoção das medidas cabíveis. O mesmo vai responder pelo crime previsto na Lei 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento).

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: PRF